.

.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Veja o Novo Onix e Prisma 2017 que passaram pela 1ª reestilização; veja detalhes

Modelo mais vendido do Brasil ganha versão 'aventureira' na linha 2017.
Além do visual, atualização nos motores promete mais economia.

A Chevrolet revelou nesta segunda-feira (25) a linha 2017 do Onix, carro mais vendido do Brasil, e do Prisma, sua versão sedã. Eles passam pela primeira mudança visual desde o lançamento, em 2012. Além disso, o Onix ganha uma versão "aventureira", chamada Activ.
Preços só serão divulgados nesta terça (26). A montadora enxugou o número de versões dos modelos. Sai a LS, de entrada, e ficam LT e LTZ, além da Activ, do Onix. Todas as versões passam a ter direção elétrica, em vez da hidráulica. E o câmbio manual agora é de 6 marchas - antes eram 5. Continua em linha a opção de câmbio automático.
Os modelos mais vendidos da marca no Brasil ganham equipamentos inéditos e motores com melhorias na eficiência, que devem resultar em economia de até 18% no consumo de combustível do Onix, segundo a General Motors.
Assim, o modelo deverá melhorar a nota no ranking do Inmetro: no começo do ano, o Onix levou nota B no geral e o 1.4 chegou a ter nota C em algumas versões (veja o ranking).
A economia no Prisma deverá ser ainda maior, de 22%, também segundo a fabricante.
Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1) 
Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1)
Comparativo Chevrolet Prisma contra Fiat Grand Siena (Foto: Flavio Moraes/G1)Frente do Prisma antes da mudança (Foto: Flavio Moraes/G1)
Visual
Diversos flagras já haviam adiantado que, por fora, a frente redesenhada acompanha a nova identidade global da Chevrolet.
Também revelados em um teaser pela montadora, os faróis estão mais compridos e agora se juntam à grade frontal bipartida, que ficou mais horizontal, guardando boas semelhanças com o Cruze, lançado recentemente e muito mais caro.
Na traseira, o para-choque foi remodelado, mas o que chama mais atenção é o logotipo “Eco” na tampa do porta-malas, o que aponta para a promessa de mais economia dos motores 1.0 e 1.4 da família de compactos.
O Prisma ganhou aerofólio integrado à tampa do porta-malas.
A versão Activ segue a receita das "aventureiras" e é Onix com apliques de plástico e rack no teto. Ela vai concorrer com edições semelhantes dos concorrentes: Hyundai HB20X, Renault Sandero Stepway e Volkswagen CrossFox.
Chevrolet Onix Activ (Foto: Peter Fussy/G1)Chevrolet Onix Activ (Foto: Peter Fussy/G1)

Chevrolet Onix como é atualmente (Foto: Divulgação) 
Traseira do Onix antes da reestilização (Foto: Divulgação)
Mais tecnologia
A conectividade, que foi um grande atrativo do Onix e do Prisma desde a estreia, foi melhorada com a adoção da segunda geração do sistema multimídia MyLink, que se integra com smartphones por meio do Apple CarPlay ou Android Auto.
Outra novidade é a chegada à categoria do sistema OnStar, que funciona como um “mordomo” disponível 24 horas por dia, e antes aparecia só em modelos mais caros, como Cruze e Cobalt.
Ele é gratuito por 1 ano e a montadora ainda não divulgou quanto cobrará pelo serviço depois desse período.
'Guerra' dos compactos
As mudanças servirão para renovar o fôlego no mercado, o que a Hyundai já fez, no ano passado, no principal rival, o HB20, que é o segundo modelo mais vendido do país em 2016, atrás apenas do Onix, conforme dados da federação dos concessionários, a Fenabrave.
Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1)Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1)
Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1) 
Chevrolet Prisma 2017 (Foto: Peter Fussy/G1)
Chevrolet Onix Activ (Foto: Peter Fussy/G1) 
Chevrolet Onix (Foto: Peter Fussy/G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário