.

.

sábado, 23 de março de 2019

Palavra do Vereador Jarlis Adelino

Sempre na Luta!!! Não baixarei a cabeça, sou de briga! Sou Metalúrgico com muito orgulho, levo para o parlamento a mesma garra e determinação que minha profissão exige. 
Enquanto haver Guerra! Haverá Luta.
Jarlis Adelino

quinta-feira, 21 de março de 2019

Vereadores Visitam as Escolas Municipais Kiola Sarney e Monteiro Lobato na Vila Maaranhão e Bairro do Jacu

O Parlamento Municipal Representado:
Os Vereadores Jarlis Adelino, Erivelton Trindade, Fanio Mania e Inacinho, estiveram na manhã desta quinta-feira 21, visitando as Escolas Municipais Kiola Sarney na Vila Maranhão e a Escola Monteiro Lobato, ambas reformadas pela Prefeitura Municipal de Açailândia, a visita foi para vistoriar as condições atuais que se encontram as escolas.

Na Escola Municipal Kiola Sarney os parlamentares acompanharam a limpeza do lixo que foi solicitada pelos pais de alunos, também foi vistoriado toda a estrutura física da escola, outra reivindicação dos pais de alunos era a ventilação das salas de aulas, o Kiola Sarney tem 07 salas de aulas pelo menos 10 novos ventiladores estavam sendo instalados hoje, agora são 22 ventiladores distribuídos na escola.
antes 



Depois 


Os Parlamentares também realizaram uma reunião com a direção da escola e professores, ouviram novas reivindicações que serão cobradas pelos parlamentares, ao poder executivo bem como a secretaria de educação do município, os pedidos foram à colocação de mantas térmicas para serem colocadas no telhado da escola e colocação de central de ar-condicionado nas salas de aulas, bem como a construção de espaço cultural.

Na Escola Monteiro Lobato no Bairro do Jacu foi outra visita realizada pelos parlamentares, falamos com a supervisora Anastácia e professores. Observamos que a obra já está 100% concluída e a escola está em pleno funcionamento, conversamos com os alunos e presenciamos a felicidade das crianças com a nova escola.  

Tivemos a oportunidade de ver todas as reformas nas escolas, conversamos com o responsável da construtora que realizou os trabalhos de recuperação da escola (Construtora Campos), conversamos com a direção e professores, na oportunidade também falamos com os alunos, a avaliação que fizemos foi positiva disse o Vereador Jarlis Adelino .

Fonte: Assessoria Vereador Jarlis Adelino

Açailândia! Futebol Amador SEMI FINAL COPA AERCA


Açailândia: Vereador Jarlis Adelino Cobra o Retorno da Linha Itinerária do Transporte Coletivo Para o Bairro Juscelino Oliveira


REQUERIMENTO Nº 62/2019                                              Açailândia, 21 de março de 2019
DO: Vereador Jarlis Adelino


O Vereador Jarlis Adelino (PMN) Solicitou do Poder Executivo em caráter de urgência o retorno da Linha itinerária do Transporte Coletivo urbano do Município de Açailândia para que retome sua rota no Bairro Juscelino Oliveira.

Para que empresa de ônibus LINUX TRANSPORTE LTDA, para que volte de imediato a fazer a rota itinerária dos ônibus coletivos no Bairro Juscelino Oliveira, devido o grande numero de pessoas que precisam desse meio de transporte.


JUSTIFICATIVA

A referida reivindicação é pertinente, visto que nem todos os moradores possuem carro, e quando precisam vir ao centro da cidade, têm de caminhar até aos bairros próximos para pegar o ônibus. Por isso, alguns moradores do bairro vieram até este vereador para reivindicar a volta do circular em seu bairro, e deram a sugestão que circule pelo menos 03 (três) horários por dia, ou seja, de manhã, ao meio dia e a tarde, pois se assim for, já ajudará os moradores daquele bairro.

Rodrigo Maia critica Sérgio Moro e diz que ministro da Justiça 'conhece pouco a política'

Deputado afirmou que Moro copiou e colou projeto do ministro do STF Alexandre de Moraes sobre combate ao crime organizado. Moro diz esperar que o projeto seja tratado com a 'urgência que o caso requer'.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez críticas ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, nesta quarta-feira (20). O parlamentar afirmou que Moro "conhece pouco a política" e está "passando" daquilo que é sua responsabilidade como ministro.
Sobre as declarações do presidente da Câmara, Moro afirmou que apresentou, em nome do governo, "um projeto de lei inovador e amplo contra crime organizado, contra crimes violentos e corrupção, flagelos contra o povo brasileiro". 
"A única expectativa que tenho, atendendo aos anseios da sociedade contra o crime, é que o projeto tramite regularmente e seja debatido e aprimorado pelo Congresso Nacional com a urgência que o caso requer. Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais", afirmou Moro. 
Maia acrescentou que a Câmara vai analisar o pacote de Moro e a proposta da comissão de juristas de maneira conjunta. Mas que isso vai acontecer, “no momento adequado”, depois de os deputados votarem a reforma da Previdência
“O projeto é importante. Aliás ele tá copiando o projeto do ministro Alexandre de Moraes. Copia e cola. Então, não tem nenhuma novidade. Poucas novidades no projeto dele. Nós vamos apensar um ao outro. O projeto prioritário é o do ministro Alexandre de Moraes”, declarou o presidente da Câmara.
Na última sexta-feira (15), Rodrigo Maia determinou a criação de um Grupo de Trabalho para analisar os projetos em um prazo de 90 dias.
Maia deu as declarações ao ser questionado sobre a postura de Sérgio Moro em relação ao andamento do pacote que enviou à Câmara com propostas de combate à corrupção, ao crime organizado, e a crimes violentos. A proposta de Moro, que contém três projetos, foi encaminhada ao Congresso em fevereiro
“Eu acho que ele conhece pouco a política. Eu sou presidente da Câmara, ele é ministro, funcionário do presidente Bolsonaro. O presidente Bolsonaro é que tem que dialogar comigo. Ele está confundindo as bolas. Ele não é presidente da República. Ele não foi eleito para isso. Está ficando uma situação ruim para ele, porque ele tá passando daquilo que é a responsabilidade dele”, disse Rodrigo Maia.
Em outro momento da entrevista, Maia afirmou que o pacote de Sérgio Moro é uma cópia da proposta encaminhada à Câmara, no ano passado, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O magistrado liderou uma comissão de juristas, que elaborou projeto para combater crime organizado e tráfico de armas e drogas.

Pacote anticrime e Previdência

Mais cedo, nesta quarta, Sérgio Moro disse que o pacote anticrime pode "tramitar em conjunto" com a proposta da reforma da Previdência e afirmou que mantém conversas com Rodrigo Maia.
"Nós estamos conversando muito respeitosamente com o presidente deputado Rodrigo Maia, expondo as nossas razões. E, na minha avaliação, isso pode tramitar em conjunto [sobre reforma da previdência]. Não haveria maiores problemas, mas nós vamos conversar. Estamos abertos ao diálogo evidentemente e as decisões relativas ao Congresso pertencem ao Congresso", disse.
Questionado sobre se a criação do grupo de trabalho atrapalha o projeto, Moro disse "que o desejo do governo é que isso [projeto] fosse desde logo encaminhado às comissões".
"Olha, o desejo do governo é que isso fosse desde logo encaminhado às comissões para debate, mas isso vai ser conversado respeitosamente com o deputado Rodrigo Maia", afirmou Moro.
Em outra entrevista concedida nesta quarta, Rodrigo Maia disse que Sérgio Moro "não é deputado" ao ser questionado sobre as declarações do ministro da Justiça.
"O Moro está desrespeitando um acordo meu com o governo. O nosso acordo é priorizar a Previdência, né? Eu espero que ele entenda que hoje ele é ministro de Estado, ele está abaixo do presidente. Eu já disse a ele que esse projeto vai ser posterior à previdência, é só isso", disse o deputado do Rio de Janeiro.
No início de fevereiro, na mesma semana em que o projeto de Moro foi apresentado ao Congresso, Rodrigo Maia afirmou que o pacote anticrime tramitaria paralelamente à Reforma da Previdência.
"Vai tramitar [projeto anticrime] em paralelo pra ele não ficar parado. Tem que tramitar, Não pode tramitar junto, são temas distintos. Mas ele vai tramitar na velocidade que atende aos interesses da sociedade em ter uma lei que endureça a pena contra o crime organizado no Brasil. É um projeto que vem em um bom momento, é importante o governo federal avance e modernize a legislação e contra a corrupção e o crime organizado. Nós vamos tramitar sem nenhum obstáculo", disse.

Frente da Segurança Pública

De acordo com o deputado Capitão Augusto (PR-SP), coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, a intenção é terminar o relatório do Grupo de Trabalho em até três semanas, em vez dos 90 dias previstos.
"Durante a solenidade aqui eu recebi uma mensagem do presidente da Casa, Rodrigo Maia, ele acabou de me nomear relator dessa comissão especial de estudo, então é algo que depende agora de mim, para estar apresentando de uma forma muito célere e não utilizar os 90 dias. Minha intenção, até falei para o ministro Sergio Moro, pode ter certeza que eu vou me debruçar sobre esse pacote que eu quero apresentar em três semanas esse relatório, e não em 90 dias", explicou.

Açailândia: Vereador Jarlis Adelino Solicita Restauração da Rede de Iluminação Pública da Vila Ipiranga


Indicação Nº 62/2019                                                                            Açailândia 21 de março de 2019
Vereador Jarlis Adelino


Ver. Jarlis Adelino (PMN)
O Vereador  Jarlis Adelino (PMN) apresentou na Câmara Municipal de Vereadores de Açailândia, indicação para que seja realizada a manutenção e restauração da rede  de
ILUMINAÇÃO PÚBLICA DA VILA IPIRANGA, com substituição de lâmpadas queimadas, retiradas de postes que estão colocados no meio da rua e manutenção dos postes que se encontram em posição prestes  a cair (desalinhados) para que a comunidade tenha mais segurança no período noturno.
Em caráter de urgência.



JUSTIFICATIVA

            A iluminação pública assume papel fundamental na qualidade de vida e segurança para as cidades, em virtude do crescimento da urbanização e dos problemas gerados por esse crescimento. Atualmente, a falta de iluminação pública nas ruas da Vila Ipiranga contribui bastante para a prática de crimes.

ENTENDIMENTO

A escuridão e a falta de iluminação prejudicam os cidadãos, que, geralmente, em razão do trabalho ou estudo, acabam transitando à noite nas ruas. A falta de iluminação contribui significativamente para a falta de segurança da população da Vila Ipiranga e Bairros vizinhos.

Em Tramitação...

Assessoria Ver. Jarlis Adelino

quarta-feira, 20 de março de 2019

C O N V I T E ! A Secretaria Municipal de Saúde Convida Voçê Para a 13ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE AÇAILÂNDIA

C O N V I T E

13ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE AÇAILÂNDIA 

A Secretaria Municipal de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde convidam representantes de Entidades e Associações, Movimentos Sociais e Populares, Sociedade Civil Organizada e Comunidade em geral para participarem da 13ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE AÇAILÂNDIA.


Prefeitura Municipal de Açailândia - Unindo forças para transformar

Marta é aplaudida de pé na ONU após discurso por igualdade de gênero

Jogadora brasileira é uma das quatro embaixadoras do esporte na ONU em defesa da igualdade de gênero

Embaixadora das Nações Unidas (ONU) da Boa Vontade de Mulheres e Meninas no esporte, a brasileira Marta, seis vezes eleita pela Fifa como a melhor jogadora de futebol do mundo, participou na noite de terça-feira de uma premiação organizada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), em Nova York, nos Estados Unidos, destinada a atletas femininas que se destacam neste universo. Ela ressaltou que o esporte é uma ferramenta eficiente para conquistar a igualdade de gênero.
“O esporte é uma ferramenta muito poderosa para alcançar a igualdade de gênero”, disse a brasileira. “No Brasil, meninas que passaram pelo programa One Win Leads Another, um programa conjunto entre a Organização das Nações Unidas (ONU) Mulheres e o COI, transformaram suas vidas e mudaram a realidade em torno delas. Temos histórias de meninas que completaram o programa e agora estão jogando em equipes profissionais”.
Marta é uma das quatro embaixadoras do esporte na ONU em defesa da igualdade de gênero. Após um discurso emocionado como convidada de honra da organização, ela foi aplaudida pelos presentes (cerca de 250 pessoas) na cerimônia de premiação. “Estamos globalmente comprometidos em alcançar a igualdade de gênero até 2030. Há muito a ser feito em tão pouco tempo”, afirmou a atleta.
Emocionada, Marta lembrou no seu discurso de sua origem humilde em uma cidade (Dois Riachos) com 11 mil habitantes, no interior de Alagoas, e as dificuldades pelas quais passou. Ela ressaltou que a discriminação e a ausência de chances a incomodaram. “Preconceito e falta de oportunidades me magoaram muitas vezes ao longo do caminho. Doeu quando os meninos não me deixaram jogar, doeu quando treinadores adultos de times adversários me tiraram de campeonatos porque eu era uma menina”, revelou.
Anualmente, o COI promove na sede da ONU o COI Women and Sport Trophy, que premia instituições e pessoas que contribuem na luta das mulheres por igualdade de gênero no esporte. Seis troféus foram dados a confederações e personalidades anônimas do grande público internacional, mas que possuem grande importância na caminhada para o equilíbrio entre homens e mulheres no esporte.

Gilmar Mendes pede providências a Toffoli sobre declarações de Kajuru à imprensa

Senador Jorge Kajuru PSB
No mesmo dia em que foi protocolado no Senado o requerimento para criação da CPI da Lava Toga, nessa terça-feira (19), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu ao presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, para que sejam tomadas providências sobre uma entrevista concedida pelo senador Jorge Kajuru (PSB/GO) a uma rádio, na qual o parlamentar afirma que Gilmar será o "primeiro a ser questionado" pela CPI, que tenta emplacar uma investigação contra o "ativismo judicial" dos tribunais superiores. Cabe ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), determinar se a comissão será criada.
O ofício enviado ao ministro Dias Toffoli descreve que a entrevista foi concedida no último domingo (17). Nele, há trechos com a transcrição das falas de Kajuru, em que diz que Gilmar "vende sentenças". "De onde você tirou esse patrimônio? Da Mega Sena? De herança, de quem você tirou, Gilmar Mendes? Foram das sentenças que você vendeu, seu canalha!", diz parte da entrevista do senador.
Kajuru afirma ainda que Gilmar "tentou tirar o Lula da cadeia", e que, sendo relator, presidente ou apenas membro da CPI, o "primeiro alvo" da comissão será o ministro. "Depois vamos nos Lewandowskis da vida", completou. O senador comenta também que as redes sociais têm atualmente grande audiência e "poder", e que brasileiros precisam ir às ruas para colocarem "a cara nas câmeras das redes sociais", na figura de "heróis da resistência".
"Então, é preciso que vocês mantenham essa postura. Nos dias da CPI da Toga, eu vou estar sempre avisando vocês. De Goiânia a Brasília não custa nada, gastamos 1h50 de viagem. Se vocês forem lá, porque lá vão ter presença absolutamente livre, não serão proibidos de entrar (nos plenários)", disse o senador. O pedido de providências de Gilmar sobre as declarações de Kajuru é feito na esteira de uma forte reação da Corte contra ataques feitos aos ministro do STF, inclusive com a abertura de um inquérito por Toffoli para apurar ameaças e notícias falsas que ofendam integrantes do tribunal.
Na entrevista, Kajuru afirma haver "pressão" durante a eventual tramitação da CPI - que até o momento não foi aberta. "Eles vão ter medo. Eles vão sentir o que é a nação brasileira", disse ainda. "Ser processado dessa forma por um homem da estatura mínima moral de Gilmar Mendes é, para mim, aos 58 anos de idade, um atestado de idoneidade. Vou colocar no gabinete 16 essa cópia num quadro como se fosse de Van Gogh ou de Picasso", falou no plenário em resposta ao ofício.
"Considerando o teor das palavras declaradas pelo senador no bojo dessa entrevista, encaminha-se o seu conteúdo a vossa excelência para adoção das providências que entender cabíveis", pediu o ministro Gilmar Mendes.

terça-feira, 19 de março de 2019

Família registra queixa após jovem voltar de missão no Exército em surto psicótico no AC

Felipe Carvalho foi para missão no 7º BEC e uma semana depois voltou para casa agitado, sem falar nem responder estímulos. Exército diz que ele apresentou 'alteração comportamental' e recebeu atendimento.

A família do soldado Felipe da Silva Carvalho, de 19 anos, tenta entender o que aconteceu com o rapaz durante os dias em que ficou sob os cuidados do Exército Brasileiro. 
O rapaz foi levado para uma missão após se alistar no início deste mês e, em menos de dez dias, voltou para casa em surto psicótico. Agora, não fala, não anda e nem responde a estímulos.
O pai do soldado, o funcionário público Gilson Rocha, registrou um boletim de ocorrência e exige explicações do 7° Batalhão de Engenharia de Construção (7° BEC), em Rio Branco. Em foto tirada no dia em que ele foi para a missão, o rapaz estava feliz e saudável.
Ao G1, o comandante do 7° Batalhão de Engenharia de Construção, Flávio do Prado, explicou, por meio de nota, que o soldado entrou no Exército no dia 1º de março de 2019 e, com menos de uma semana de atividades, os colegas perceberam que ele passou a apresentar "algumas alterações em seu padrão comportamental”.
Ainda segundo a nota, o soldado foi encaminhado para acompanhamento com o médico do batalhão, onde recebeu toda assistência e depois foi encaminhado "para um hospital especializado e recomendando a convalescença domiciliar”.
O pai contou que o rapaz foi para missão na Quarta-feira de Cinzas (6), no domingo (10) a mãe foi visitá-lo e estava tudo normal. Na sexta (15), a família diz que um tenente do 7º BEC deixou o rapaz no trabalho da mãe dele afirmando que foram feitos testes e Carvalho não estava apto para o exercício militar.
“Parece uma criança, está travado, foi hospitalizado na UPA [Unidade de Pronto Atendimento] do Segundo Distrito, no domingo [16], esteve no Hosmac [Hospital de Saúde Mental do Acre] , agora estamos retornando. Meu filho está em estado lastimável e o 7º BEC simplesmente entregou ele”, lamentou o pai.

Possível surto

Ainda segundo Rocha, os médicos não sabem informar ao certo o que o jovem tem, mas suspeitam de um quadro de esquizofrenia. Um psiquiatra pediu um tempo para estudar o quadro do rapaz e dar um posicionamento para a família.
“Não sei o que houve com ele, não sei o que acontece com esses recrutas. Meu filho estava normal antes de ir para lá. Na semana inicial estava bem e foi para esse chamado na Quarta-feira de Cinzas e na sexta aconteceu isso”, lamentou.
O recruta esteve no Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) nos dias 14, 17 e 18. Segundo a direção, ele apresentava um quadro de surto psicótico nos atendimentos emergenciais em que compareceu à unidade. Ainda segundo o hospital, inúmeras possibilidades podem desencadear um quadro como esse, como uso e abuso de álcool ou drogas e herança familiar.
O hospital informou que só pode passar as informações de atendimento emergencial durante o período em que ele foi atendido. Já a família diz que vai procurar atendimento para o jovem.
O funcionário público criticou também a forma como o rapaz foi devolvido para a família e como o assunto tem sido tratado pelo Exército. A família contratou uma advogada para exigir explicações oficiais do 7º BEC. 
“Meu contato tem sido com dois oficiais, um tenente médico que foi na UPA me afrontar e intimidar e outro, o tenente Matos, que falou desse quadro e o levou no Hosmac. Disse que o médico plantonista não receitou nada e tiveram que dar algo no alojamento para ele se acalmar e não se acalmou”, complementou.

Sonho

O pai diz também que foi avisado que em 30 dias a família e o rapaz serão chamados para receber o certificado de dispensa. O Exército afirmou aos pais que abriu uma sindicância para apurar o que aconteceu ao jovem. 
“Entregamos nosso filho para o Exército Brasileiro, era o sonho dele, estava animado e agora está assim. Não responde estímulos, não anda, parece um robô. Repetia que me ama e ama a mãe dele, mas agora não fala mais nada. Meu filho não é um coturno que foi jogado lá e devolvido”, criticou.
Emocionado, Gilson Rocha contou que o filho estava no segundo período do curso de educação física, mas decidiu trancar o curso para se alistar. O pai acrescentou que Felipe nunca teve um surto assim, é um rapaz normal, tem vários amigos e é caseiro.
"Alegam que pode estar desenvolvendo um quadro esquizofrênico, mas estava a cargo do Exército e não poderia ter sido devolvido dessa forma. Foram no trabalho da mãe dele, exposto a todos e, inclusive, ela é vigilante e teve até problemas no trabalho. Condenamos a forma que deixaram, forma desumana", desabafou.

Vereador Jarlis Adelino Participa da Solenidade de início dos trabalhos da ALCVA - Associação de Locutores de Carros de Som de Açailândia-MA

Na noite desta segunda-feira 18, a ALCVA - Associação de Locutores de Carros de Som de Açailândia realizou a solenidade dos trabalhos 2019.
Após ter sido constituído sua primeira diretoria, ALCVA convidou o vereador Jarlis Adelino (PMN), e o Advogado Dr. Luís James, procurador da Câmara municipal de Vereadores, para participar da solenidade que marca o inicio dos trabalhos da associação em 2019.
  
O Evento foi realizado no Clube G8 Eventos em Açailândia, com a participação da nova diretoria e de vários associados e famílias. O vereador Jarlis Adelino em seu discurso, parabenizou os associados por terem conquistado uma grande vitória, um marco para a categoria, agradeceu o convite da associação em nome do presidente eleito Erisvaldo Araújo e do vice-presidente Francisco Saldanha. 
A fundação da associação já é uma grande vitoria da categoria, uma classe ligada de forma direta ao comercio local. 
O Vereador Jarlis Adelino, se disponibilizou a tomar todas as medidas cabíveis no parlamento municipal para que a categoria hoje constituída, seja reconhecida pelos poderes: executivo e legislativo municipal por meio de criação de lei.
A ALCVA foi fundada em 11 de março de 2019, por tanto sua primeira formação administrativa.
O Sr. Erisvaldo Araújo, foi eleito o primeiro presidente da entidade, que tem como vice-presidente o Sr. Francisco Saldanha. Participaram da fundação os proprietários de carros de som e publicidade de Açailândia, a mesa diretora da associação foi eleita  por unanimidade para um mandato de 02 anos.
Erisvaldo Araújo, disse em seu discurso na noite desta segunda-feira 18, que fará o melhor para os associados, que lutará para defender a classe, pediu ainda ajuda para que a classe permaneça sempre unida, ALCVA será bem representada perante a sociedade, solicitou a colaboração de todos os profissionais de carros de som associados para que os trabalhos da associação sejam desenvolvidas da melhor forma possível.

Parabéns a ALCVA! Parabéns a todos os associados, associação que já nasce grande!
Vereador Jarlis Adelino



Fundador do WhatsApp aconselha: ‘deletem o Facebook!’

Quando uma plataforma gigante anuncia que seus serviços serão gratuitos para sempre e mesmo assim consegue faturar bilhões, pode ter certeza de que há algo por trás disso. É o que o Facebook faz desde o seu lançamento. Agora, o fundador do WhatsApp dá um conselho para quem ainda é usuário da rede: chegou a hora de deletá-la.
Brian Acton fundou o WhatsApp junto com Jan Koum. Em 2014, ambos venderam o aplicativo para Mark Zuckerberg por US$ 19 bilhões. Três anos depois, Brian pediria demissão da empresa devido às crescentes divergências sobre a política de monetização do Facebook.
Quando ocorreu o escândalo de vazamento de dados envolvendo a empresa de consultoria política Cambridge Analytica, o fundador do WhatsApp se manifestou através do Twitter. A publicação, de março de 2018, dizia apenas: “Está na hora. #deletefacebook
No início deste mês, Brian voltou a falar sobre o assunto em uma conferência na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, onde estudou. Ele justificou ter tentado pressionar a empresa a assumir um modelo de negócios que garantisse a privacidade e segurança dos usuários, o que foi deixado de lado pelas apostas do Facebook de monetizar a plataforma através de anúncios.
Mesmo controlado pela gigante tecnológica, a criptografia de ponta a ponta do WhatsApp faz com que seja impossível monitorar o que os usuários dizem na rede.
Para Brian, a tentativa de validar os conteúdos em redes abertas, como o Facebook, também é um grande erro. “Para ser brutalmente honesto, as redes com curadoria – aquelas que são abertas – se esforçam para decidir o que é discurso de ódio e o que não é“, disse, concluindo que acredita que estas redes não estão preparadas para tomar este tipo de decisão.
E nós damos poder a eles. Essa é a parte ruim. Nós compramos seus produtos. Nos inscrevemos em seus sites. Delete o Facebook, certo?

'Toy Story 4' ganha primeiro trailer; ASSISTA

Link: https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2019/03/19/toy-story-4-ganha-primeiro-trailer-assista.ghtml 

00:00/02:27
Assista ao trailer de 'Toy Story 4'
"Toy Story 4" ganhou seu primeiro trailer nesta terça (19). Woody, Buzz, Jessie e o Sr. Cabeça de Batata tentam recuperar Forky, novo brinquedo da pequena Bonnie que insiste em fugir.
Na estrada, os bonecos vão descobrir um paraíso dos brinquedos e um mundo muito maior do que as quatros paredes do quarto de sua dona.
A animação chega aos cinemas em 21 de junho. O longa tem direção de Josh Cooley ("O primeiro encontro de Riley") e produção de Jonas Rivera ("Divertida mente" e "Up").