.

.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Jarlis Adelino


Quero agradecer a Deus é a todos vocês, que acreditaram em mim, é nos meus projetos de crescimento e desenvolvimento para Açailândia, meu muito obrigado, aos metalúrgicos é aos trabalhadores e família em Geral, quero neste momento desejar a todos que moram em açailândia, um ano novo, cheio de muitas alegrias, saúde é paz em seu coração, são os meus sinceros votos, do
seu amigo Jarlis Adelino.
                                                                                                                                                

STIMA Informa aos seus Associados e Usuários

Amigos,

Que os desafios do próximo ano se transforme em oportunidades de crescimento e realizações. O STIMA Deseja que o Ano Novo seja repleto de vitórias e saúde é que o seu trabalho continue sendo sinônimo de sucesso. esses são os votos de todos os diretores do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia e Região.

Informamos a todos que estamos de RECESSO DE FIM DE ANO no período de 22/12/2012 a 06/01/2013, retornaremos as atividades normais no dia 07/01/2013, a partir das 7h30. Esse período de recesso se faz necessário por se tratar das férias trabalhistas dos colaboradores do STIMA.  
Fonte: Secretaria Juridica do STIMA
Sec. Cideval Brandão

Ministério da Saúde será informado de exames com HIV positivo

O objetivo do governo é começar logo o tratamento com o antiviral. A estimativa é que existam 150 mil com vírus ainda sem saber.

 
Em 2013, médicos e laboratórios que fizerem exames para identificar o vírus HIV vão ser obrigados a informar o resultado, quando positivo, ao Ministério da Saúde. A portaria com a exigência deve sair já em janeiro.
O objetivo do governo é começar logo o tratamento com o antiviral, que já atende mais de 200 mil pessoas. A estimativa é que existam outras 150 mil com vírus ainda sem saber.
 

Mais rigorosa, nova Lei Seca

Nos primeiros dias de regras mais rígidas da Lei Seca, cerca de 350 motoristas foram parados em blitzes na BR-153 em Marília, realizadas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Quatro condutores não passaram pelo teste do bafômetro, segundo informou a PRF e foram multados em R$ 1.915 e tiveram as carteiras apreendidas.

 
As novas regras começaram a vigorar na noite de sexta-feira (21). A nova lei foi aplicada dentro da mega Operação Rodovidas, implantada pela PRF em parceria com a PM (Polícia Militar) e PRE (Polícia Rodoviária Estadual). A operação teve início no dia 15 deste mês e vai até 23 de fevereiro. Dentre os principais objetivos está a intensificação nas abordagens com o teste do bafômetro. De acordo com a PRF, o condutor embriagado está mais vulnerável a se envolver em acidentes.
 
A multa para o motorista que for pego na Lei Seca aumentou de R$ 957 para R$ 1.915. E, agora, a polícia poderá usar testemunhos, exames clínicos e até vídeos para que o condutor responda criminalmente, mesmo que ele não sopre no bafômetro.Até quinta-feira (20), era considerado crime dirigir com mais de 0,6g de álcool por litro de sangue ou 0,3g por litro de ar. Agora é infração dirigir com capacidade psicomotora alterada, segundo a lei.
 
A multa pode ainda chegar a R$ 4 mil, caso o motorista seja pego novamente em menos de um ano na Lei Seca. A Lei Seca foi criada há quatro anos. O percentual de motoristas flagrados alcoolizados caiu de 20% em 2009 para 8,6% neste ano. Nesse período, mais de 40 mil veículos foram rebocados e quase 81 mil motoristas tiveram a carteira de habilitação recolhida em todo o país.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Isso Sim é o Fim do Mundo - Homem troca a mulher pelo sogro em Vila Velha

Homem troca a mulher pelo sogro em Vila Velha 

Oswaldo Nunes Bissoli, 37 anos, comerciante e persona non grata na Família Oliveira Lafaiette. O estopim para o ódio se deu a partir da revelação que genro e sogro mantinham relações íntimas em segredo e desejam tornar público o amor que compartilhavam.

Antonio Novaes Lafaiette, 60 anos, bancário e pai de três filhas surpreendeu amigos e familiares ao abandonar o lar onde viveu por 32 anos para viver com Oswaldo este amor ‘proibido’. Natália Oliveira Lafaiette, 59 anos, aposentada e abandonada está à base de ansiolíticos desde que soube do fato.

As famílias que moram no município de Vila Velha no Espírito Santo nunca suspeitaram que a amizade entre genro e sogro transcendesse os limites fraternais. Ambos durante anos cultuavam o hábito de pescar e por isso viajavam pelos recantos mais belos do Brasil em busca de rios em que pudessem colocar suas varas.

A impactante descoberta se deu quando Oswaldo pediu para seu cunhado A.O.L. 17 anos formatasse seu computador. Curioso o jovem decidiu “conhecer melhor” o computador antes de realizar o serviço. Neste momento ele se depara com uma pasta repleta de fotos íntimas do sigiloso casal.

Karina Oliveira Lafaiette 35 anos, professora e esposa traída, num momento de fúria decidiu enviar as fotos íntimas deles para amigos e familiares do casal e hoje responde a um processo por violação de privacidade. Quem viu as fotos diz que o comerciante possuía uma ‘pequena empresa’ enquanto o seu sogro era detentor de um ‘grande negócio’.

Fonte: Rondônia Infoco Oswaldo Nunes Bissoli, 37 anos, comerciante e persona non grata na Família Oliveira Lafaiette. O estopim para o ódio se deu a partir da revelação que genro e sogro mantinham relações íntimas em segredo e desejam tornar público o amor que compartilhavam.

Antonio Novaes Lafaiette, 60 anos, bancário e pai de três filhas surpreendeu amigos e familiares ao abandonar o lar onde viveu por 32 anos para viver com Oswaldo este amor ‘proibido’. Natália Oliveira Lafaiette, 59 anos, aposentada e abandonada está à base de ansiolíticos desde que soube do fato.
As famílias que moram no município de Vila Velha no Espírito Santo nunca suspeitaram que a amizade entre genro e sogro transcendesse os limites fraternais. Ambos durante anos cultuavam o hábito de pescar e por isso viajavam pelos recantos mais belos do Brasil em busca de rios em que pudessem colocar suas varas.

A impactante descoberta se deu quando Oswaldo pediu para seu cunhado A.O.L. 17 anos formatasse seu computador. Curioso o jovem decidiu “conhecer melhor” o computador antes de realizar o serviço. Neste momento ele se depara com uma pasta repleta de fotos íntimas do sigiloso casal.

Karina Oliveira Lafaiette 35 anos, professora e esposa traída, num momento de fúria decidiu enviar as fotos íntimas deles para amigos e familiares do casal e hoje responde a um processo por violação de privacidade. Quem viu as fotos diz que o comerciante possuía uma ‘pequena empresa’ enquanto o seu sogro era detentor de um ‘grande negócio’.

Fonte: Rondônia Infoco

Atenção Metalúrgicos do Pólo Indústrial de Açailândia

A Direção do SAME - Serviço de Assistência Médica Empresarial Ltda,  comunicou o STIMA que em virtude do Recesso Natalino nos dias 24, 26, 27, 28 e 31 de dezembro de 2012, estará com um Médico Clínico nas dependências da Unidade do SAME atendendo somente os casos de urgência e emergência, e nos demais dias e horários noturnos os atendimentos serão no Hospital São Sebastião, pelo médico plantonista.
 

Voltaremos ao atendimento normal no dia 02/01/2013. 
 
Fonte/SAME

 

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

STIMA / EDITAL Nº. 09/2012.


Assembléia Geral Extraordinária

TAXA ASSISTENCIAL 2013.

 
         O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, SIDERÚRGICAS, MECÂNICAS, AUTOMOBILÍSTICAS, MATERIAL ELÉTRICO E ELETRÔNICO, INFORMÁTICA, DA CONSTRUÇÃO NAVAL, DA FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS, DE REFRIGERAÇÃO, DE BALANÇAS, DE SERVIÇOS E REPAROS, DE MANUTENÇÃO E MONTAGEM INDUSTRIAL, INTERMUNICIPAL DE AÇAILÂNDIA E REGIÃO DO ESTADO DO MARANHÃO – STIMA;

Abrangência nos muniipios de Açailândia, Imperatriz, Itinga, São Francisco do Brejão, Cidelândia, São Pedro da Água Branca, Bom Jesus da Selva, Buriticupu e Vila Nova dos Martírios;

Pelo presente, convoca todos os trabalhadores Sindicalizados e Não Sindicalizados, para participarem da Assembléia Geral Extraordinária que será realizada no dia de 22 de dezembro às 09 horas:

LOCAL

ESCOLA MUNICIPAL ROSEANA SARNEY, LOCALIZADA NA RUA MARLY SARNEY PROXIMO A QUADRA DA SEDEL, CENTRO DE AÇAILANDIA-MA. 
        

         A Assembléia será realizada em 1º convocação, é 10 minutos após em segunda convocação, com qualquer numero de trabalhadores presentes na forma da Lei.

 
         Para tratarmos do seguinte assunto: Taxa Assistencial 2013.
 

Açailândia - MA, 16 de novembro 2012.

 

JARLIS ADELINO

PRESIDENTE

Hoje dia 18 foi a DIPLOMAÇÃO DOS VEREADORES E PREFEITA DE AÇALANDIA sou o 2º Suplente da Coligação PT, PSDB e PTdoB, foi minha 1ª experiência, que venhão outras eleições agradeço os 575 que obtive nesse pleito, Amigos Obrigado de CORAÇÃO.





Beneficiários do Bolsa Família têm até 31/12 para revisar dados cadastrais

As famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família devem ficar atentas ao prazo de revisão dos dados registrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Os titulares do programa têm até o dia 31 de dezembro para fazer a atualização sem que haja alteração no recebimento dos benefícios.

Após 24 meses sem renovação do cadastro, os beneficiários têm um ano para apresentação dos documentos solicitados a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município onde vive.

Um dos principais requisitos para ser um beneficiário do Programa Bolsa Família é a renda mensal máxima de R$ 140 por pessoa, que pode ser modificada na revisão dos dados contidos no Cadastro Único para até meio salário mínimo sem perda do benefício.

De acordo com a secretária adjunta da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania, Letícia Bartholo, as famílias que não cumprirem o prazo de 31 de dezembro, podem fazer a atualização das informações até o fim de março, com a bolsa retida na conta familiar até fazer o procedimento.

Fonte: Agência Brasil

CUT e Confederação propõem sistema de proteção ao emprego em períodos de crise

A proposta foi apresentada nesta quarta (12) pelas entidades na segunda etapa do workshop da Coordenação Sistêmica de Condições e Relações de Trabalho do Plano Brasil Maior.

divulgação

A partir da esquerda, Sérgio Nobre (CUT), Clemente Ganz (dieese), Paulão (CNM/CUT) e Manoel Messias (MTE)
O presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), Paulo Cayres, o Paulão, e o secretário geral da CUT Nacional, Sérgio Nobre, propuseram ao governo e aos empresários, nesta quarta-feira (12), a criação de um sistema de proteção ao emprego em períodos de crise econômica. A proposta foi feita durante a continuação do workshop sobre Mercado de Trabalho promovido pela Coordenação Sistêmica de Condições e Relações de Trabalho do Plano Brasil Maior. Paulão é um dos representantes da CUT nesta Coordenação.

De acordo com Sérgio Nobre, a proposta que a CUT está levando é a de que o Brasil adote um modelo de proteção ao emprego semelhante ao existente na Alemanha. “Em períodos de crise, os trabalhadores alemães têm assegurado o seu trabalho, às vezes com redução de jornada, e os salários são subsidiados pelo governo por um período de até 48 meses”, explicou o secretário geral da CUT, dizendo que as crises econômicas são cíclicas no mundo e duram no máximo dois anos. E, quando elas acontecem, o trabalhador acaba sendo o maior prejudicado, com o desemprego.

Ele avalia que a criação de um sistema no Brasil interessa também aos empresários e ao governo. No primeiro caso, porque, em momentos de crise, as empresas optam por conceder férias coletivas, licença remunerada e utilização do banco de horas para os seus fiuncionários. “Mas, depois disso, se a crise persistir, a demissão sempre acaba acontecendo”, prosseguiu Nobre, lembrando que a dispensa significa custos para as empresas, com as verbas indenizatórias.

Ainda segundo ele, para o governo as demissões também custam, com o pagamento do FGTS e do seguro desemprego e com os reflexos na economia, porque o consumo diminui e a crise pode se aprofundar. “Demissão não é bom para ninguém. Para as empresas, além dos custos ao demitir, elas também terão custos ao contratar novamente, porque terão de investir na qualificação dos trabalhadores. Para elas, é interessante segurar a mão de obra qualificada. Já para o governo, desemprego gera pessimismo na economia e tem um custo político alto, porque a popularidade dos governos caem”, destacou o dirigente da CUT.

O presidente da CNM/CUT disse que esta proposta será detalhada a partir de conversas com as duas outras centrais sindicais presentes no workshop, a NCST (Nova Central Sindical dos Trabalhadores) e a CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil). “Entendemos que há maturidade suficiente nas relações entre trabalhadores, governo e empresários para viabilizar este sistema de proteção. E ele não será impostivo ao trabalhador ou ao seu sindicato representativo. O sistema poderá ser aceito ou não por eles nos períodos de crise”, afirmou Paulo Cayres.

O trabalho na Coordenação Sistêmica
A primeira etapa do workshop aconteceu no dia 21 de novembro e três temas estão sendo debatidos nesse processo: geração de empregos, formalização e rotatividade. Em cada um dos temas, são avaliadas polícas e programas do governo, estudos de organismos como o Dieese e propostas das bancadas dos trabalhadores e dos empresários. “A intenção é a de se criar consensos sobre os temas para que eles sejam incorporados no Plano Brasil Maior”, explicou Paulão.

A Coordenação Sistêmica de Condições e Relações de Trabalho é a única tripartite no âmbito do Plano Brasil Maior. Além dela, há mais oito coordenações sistêmicas, todas com representação governamental e de instituições estatais, como o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

O que é o PlanoO Plano Brasil Maior é a política industrial, tecnológica e de comércio exterior do governo Dilma Rousseff. Ele foi lançado em agosto de 2011 num momento conturbado da economia mundial, com o objetivo de sustentar o crescimento econômico inclusivo num contexto econômico adverso e sair da crise internacional em melhor posição do que entrou. O principal foco é buscar a inovação e o adensamento produtivo do parque industrial brasileiro, objetivando ganhos sustentados da produtividade do trabalho.

“A estabilidade monetária, a retomada do investimento e crescimento, a recuperação do emprego, os ganhos reais dos salários e a drástica redução da pobreza criaram condições favoráveis para o país dar passos mais ousados em sua trajetória rumo a um estágio superior de desenvolvimento”, avalia o documento de criação do Plano.

Desde o seu anúncio, o Plano tem adotado medidas de desoneração dos investimentos e das exportações para iniciar o enfrentamento da apreciação cambial, de avanço do crédito e aperfeiçoamento do marco regulatório da inovação, de fortalecimento da defesa comercial e ampliação de incentivos fiscais e facilitação de financiamentos para agregação de valor nacional e competitividade das cadeias produtivas.

A princípio, o Plano foi criado para durar três anos. Mas, para a Confederação, o país já está preparado para traçar políticas duradouras. “Se conseguirmos estruturar o Plano e construirmos denominadores comuns, é possível transformá-lo numa política de Estado e não apenas de governo, que acabe ao fim de cada mandato”, destacou Paulo Cayres.

Fonte: Solange do Espírito Santo – CNM/CUT

Trabalhadores na presidência e na mesa diretora do Conselho Nacional de Saúde

Eleição aconteceu na última quinta-feira (13) e pela primeira vez na história do CNS uma mulher é eleita presidente. Maria do Socorro de Souza é assessora da Contag e terá a seu lado no Conselho o dirigente da CNM/CUT, Geordeci de Souza, eleito para a mesa diretora.
Rafael Bicalho - CNS
A 50ª reunião do Conselho que elegeu a nova direção para o triênio 2012-2015
Pela primeira vez, em 75 anos de história, o Conselho Nacional de Saúde, maior instância de controle social na área da saúde pública, terá em sua presidência uma representante dos usuários e mulher. Maria do Socorro de Souza, assessora de Políticas Sociais da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), foi eleita presidente do CNS, na última quinta-feira (13), durante a 50ª reunião extraordinária do Conselho.

Rafael Bicalho - CNS

Maria do Socorro fala ao Conselho, logo depois da eleição. A seu lado, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha
"Sou mulher, negra, mãe, avó trabalhadora rural e usuária do Sistema Único de Saúde. Estamos vivendo um intenso e histórico momento no CNS. Sinto-me autorizada para fazer dessa esfera um espaço autônomo e participativo e criar outros pontos de diálogo para enfrentar os desafios do SUS”, afirmou Maria do Socorro.

O secretário de Saúde do Trabalhador da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT, Geordeci de Souza, foi eleito para a Mesa Diretora do CNS, juntamente com mais seis conselheiros. Entre as atribuições da Mesa, prevista no regimento do colegiado, está promover articulações políticas com órgãos e instituições, internos e externos, com vistas a garantir a intersetorialidade do controle social e a articulação com outros conselhos de políticas públicas com o propósito de cooperação mútua e de estabelecimento de estratégias comuns para o fortalecimento da participação da sociedade na formulação, implementação e no controle das políticas públicas, entre outros aspectos.

Para o dirigente da CNM/CUT, a eleição de uma representante do movimento sindical para a presidência do Conselho é importantíssima, porque permitirá avanços no controle social do CNS. “Além disso, avalio como extremamente positivo o fato de que a Mesa Diretora tenha tido 100% de renovação. Isso é raro de ocorrer em qualquer colegiado. Estou muito otimista porque acredito que o CNS terá uma atuação ainda mais dinâmica”, destacou Geordeci, que no Conselho representa a CUT.

A nova composição ficará à frente do Conselho Nacional de Saúde no triênio 2012-2015.

Fonte: Solange do Espírito Santo - assessoria de imprensa da CNM/CUT, com informações da CUT Nacional

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Diplomação dos Eleitos em Açailândia


AÇAILÂNDIA: Prefeita eleita Gleide Santos será diplomada nesta terça-feira (18). Vice-prefeito e dois suplentes de cada coligação também serão diplomados na mesma audiência.


GEDC1598 Açailândia – Prefeita e vice-prefeito, Gleide Santos e Juscelino Oliveira, respectivamente, serão diplomados na manhã desta terça-feira, dia 18 de dezembro, em uma solenidade a ser realizada na câmara municipal de Açailândia.
A Justiça Eleitoral convocou através de edital, partidos políticos, coligações, Ministério Público e demais interessados, para audiência de diplomação dos candidatos eleitos ao cargo de prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições de 2012, bem como, dois suplentes de cada coligação, no município de Açailândia. Ficando os mesmos convocados para aludida audiência, devendo os candidatos do sexo masculino apresentar até 24 horas antes da diplomação prova de que estejam em dias com o serviço militar ( Artigo 167. Resolução TSE 23.372/2011).
Veja abaixo a relação de vereadores eleitos e suplentes que serão diplomados:

COLIGAÇÃO PPS/PSDC/PCDOB
ELEITOS: 03
ANCELMO/PPS – 1.334 votos
FÁBIO PEREIRA/PSDC – 1.244 votos
MARQUINHOS/PCdoB – 1.205 votos
SUPLENTES: 02
IRMÃO JORGE/PSDC – 1.092 VOTOS
JOÍLSON DO NOVO BACABAL – 1.050 VOTOS
COLIGAÇÃO PSL/PSD/PSB/PRB
ELEITOS: 02
FÂNIO MANIA/PRB – 929 votos
CANELA/PSB – 908 votos
SUPLENTES: 02
ARLETE CUTRIM/PSD – 863 VOTOS
ANTONIO DO TREVA/PSL – 751 VOTOS
COLIGAÇÃO PRTB/PHS/PRP/PR
ELEITOS: 02
SARNEY/PRP – 1.024 votos
DIOMAR/PRTB – 913 votos
SUPLENTES: 02
BEBEZÃO/PHS – 843 VOTOS
CAIBIM/PRP – 756 VOTOS
COLIGAÇÃO PT/PSDB/PTdoB
ELEITOS: 04
ALUÍSIO SOUSA/PSDB – 2.175 votos
SERGIOMAR/PSDB – 2.103 votos
JOSELÍ/PSDB – 1.173 votos
FÁTIMA CAMELO/PSDB – 901 votos
SUPLENTES: 02
PAULO CANARANA/PSDB – 657 VOTOS
JARLIS ADELINO/PT – 575 VOTOS
COLIGAÇÃO PP/PMDB/PTN/DEM/PV
ELEITOS: 02 BENTO CAMARÃO/PMDB – 1.561 votos
MÁRCIO ANÍBAL/DEM – 1.216 votos
SUPLENTES: 02
HELIOMAR DA CEIMA/PV – 697 VOTOS
JOSANE/PMDB - 592 Votos
PDT/PTB/PSC/PR/PMN/PTC
ELEITOS: 04
LENILDA COSTA/PMN – 1.256 votos
CARLINHOS DO FÓRUM/PR – 1.115 votos
PR. VAGNALDO/PSC – 877 votos
PROF. PEDRO/PDT – 835 votos
SUPLENTES: 02
PROF. JOSIVALDO/PR – 651 VOTOS
CÉSAR COSTA/PDT – 626 VOTOS

Rapidinhas do Presidente

Zagueiro Lúcio rescinde seu contrato com a Juventus

O zagueiro Lúcio resindiu nesta segunda-feira o seu contrato com a Juventus. O jogador não vinha sendo aproveitado como titular da equipe italiana e estava desanimado com a situação.
Jogador e diretoria já estavam em negociações para o rompimento amigável do vínculo. Lúcio chegou a Juve na metade deste ano, depois de três anos defendendo a Internazionale.
O São Paulo aparece como o principal interessado em contratar o defensor de 34 anos. A imprensa italiana afirma que o futebol brasileiro deverá ser o destino provável do jogador.

Dilma dá pontapé inicial e inaugura 1º estádio da Copa de 2014

Fortaleza - Com uma queima de fogos que mais lembrava Ano Novo e pontapé inicial da presidente Dilma Rousseff, o primeiro estádio do Brasil para a Copa do Mundo de 2014 foi inaugurado neste domingo: o Castelão. Apesar de a arena estar com as obras 100% concluídas, o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, admitiu que alguns ajustes ainda devem ser feitos.
 

Receita paga nesta segunda último lote do Imposto de Renda 2012

A Receita Federal paga, nesta segunda-feira, 17, os valores referentes ao sétimo e último lote de restituições do Imposto de Renda 2012. Serão pagas ainda restituições referentes aos anos de 2011, 2010, 2009 e 2008.
Para saber se foi contemplado, o contribuinte deve acessar o site da Receita ou ligar para o telefone 146.
Ao todo, 120.524 contribuintes receberão 362,3 milhões de reais. O valor referente à restituição será pago na conta informada pelo contribuinte no envio da declaração.
 

Confira o valor da segunda parcela do seu 13º salário

Os trabalhadores recebem até quinta-feira a segunda parcela do 13º salário deste ano.
Neste pagamento, serão descontados o Imposto de Renda e a contribuição para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).
Por isso, é necessário ficar atento ao valor.
Os trabalhadores receberam a primeira parcela --que é metade do abono-- com as férias ou até o dia 30 de novembro.
Nesta semana, deve cair a segunda metade do dinheiro, com os descontos.
O valor total do 13º salário deve ser igual à remuneração de dezembro.
Os adicionais, como o de insalubridade, devem ser considerados no cálculo do abono

Flamengo envia empresário à Itália e inicia negociação por Robinho

Robinho e mais dez. Esse é o planejamento ousado da nova diretoria do Flamengo para o início da próxima temporada. A diretoria elaborou uma estratégia para tentar a contratação do atacante do Milan e indicou o empresário Eduardo Uram para tratar do negócio.
O agente Fifa viajou para a Itália e teve uma reunião inicial com os representantes do clube de Milão neste fim de semana. Uram ainda está na cidade italiana e não repassou à diretoria o resultado do encontro e as condições para a transferência se concretizar.

Milan libera, conversa avança e Timão aposta em Pato como estrela para 2013

O Corinthians não fala oficialmente e trata o assunto como um sonho distante, mas usará os últimos dias de 2012 para investir pesado novamente na contratação do atacante Alexandre Pato. O jogador manifestou interesse em voltar ao Brasil, e o Milan deu o aval para que a negociação seja realizada. Resta decidir os termos do acordo.
O Timão tenta dois caminhos para viabilizar a transação. No meio da temporada, o clube chegou a oferecer um contrato de empréstimo sob o argumento de ajudar o centroavante a se recuperar fisicamente. Pato vem sofrendo com seguidas lesões na Itália e não consegue engrenar uma sequência de partidas sem passar pelo departamento médico.

Cássio para jogador 28 vezes mais caro e assegura aumento salarial

Cássio não passará a ganhar os cerca de 833 mil euros (ou R$ 2,29 milhões) que Fernando Torres recebe mensalmente no Chelsea, mas, depois de parar o ataque azul com pelo menos cinco grandes defesas na decisão do Mundial de Clubes, duas delas em chutes à queima-roupa do próprio espanhol, o corintiano será recompensado com devido aumento salarial.
Os vencimentos do goleiro não passam de R$ 80 mil, o que significa que, se quisesse Torres no elenco, o Corinthians teria que pagar 28,6 vezes mais do que oferece hoje ao camisa 12, baseado em levantamento da Futebol Finance. Valor muito além do teto do clube, que no meio do ano apostou certo no peruano Guerrero, autor do gol da vitória simples sobre os ingleses.
Simples para o placar do Estádio Internacional de Yokohama, não para Cássio. Antes e depois de ver o centroavante cabecear bola na rede adversária, o camisa 12 alvinegro justificou o prêmio individual - que receberia mais tarde - de melhor da final e do torneio. Não fosse ele, no primeiro tempo principalmente, o Corinthians poderia sair até goleado. Nem vazado foi."Ele ganha entre 70 e 80 mil reais. Está muito longe da média do time titular", contou à Rádio Jovem Pan o ex-presidente Andrés Sanchez, que foi ao Japão como torcedor, mas tem acesso fácil à gestão atual. "Alguma coisa, o Mário Gobbi (atual mandatário) vai rever", antecipou, ao lembrar, por outro lado, que, se quiser, a diretoria tem força para rejeitar cobrança de valorização financeira.
O goleiro poderia mesmo cobrar. Não foi só no domingo que ele agradou. Também passou por suas mãos, mais precisamente pela esquerda, a classificação para o Mundial. Com um tapa preciso na bola, ele espalmou chute do então vascaíno Diego Souza, na semifinal da Libertadores, e desde então caiu nas graças da Fiel. O "gol feito" defendido é apontado por muita gente como o mais marcante do título sul-americano.
Já na no título mundial, fica difícil eleger a melhor intervenção de Cássio. Na primeira, aos nove minutos, caiu com a coxa sobre a bola após chute de Cahill da pequena área. Ainda na etapa inicial, agarrou conclusão de Torres e, de mão trocada, evitou que arremate de Moses fosse parar no ângulo esquerdo. A essa altura, já era o nome do jogo. Para não passar batido após o intervalo, ainda cresceu diante de Hazard e, mais uma vez, de Torres.
"Corinthians é assim mesmo. Valeu nosso empenho. Todo mundo se dedicou, correu, e a gente saiu vitorioso. Tínhamos que jogar um pelo outro para ganhar esse título", comemorou o goleiro, dividindo as glórias entre os colegas de salário maior.

sábado, 15 de dezembro de 2012

STIMA - Assembleia Geral dos Metalúrgicos Aprova Pauta de Negociação 2013 dos Trabalhadores

 Assembleia Geral Aprova Pauta de Negociação 2013 dos Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia e Região Sul do Maranhão



 
Assembléia dos Metalúrgicos aconteceu em dois períodos nesse sábado (15) pela Manhã os trabalhadores participaram das discussões na Escola Municipal Joviana Extensão, na Vila Ildemar em 2ª convocação 09h30min, à tarde a Assembléia foi realizada na Escola Eduardo Pereira Duarte também em 2ª convocação às 17 horas, veja as principais propostas aprovadas nas assembléias.      
PISO SALARIAL
 
Mês de março de 2013, o piso salarial da categoria beneficiária terá o valor de R$ 720,00 (setecentos e vinte reais).
 O valor do piso salarial previsto no item “1” supra, é assegurado a todos os trabalhadores das empresas representadas pelo sindicato patronal, do âmbito da base sindical do sindicato profissional.
 Piso salarial, entendido como salário adimensional, deverá ser remunerado com a remuneração final mínima, podendo ser constituída salário fixo, ou parte fixa e parte variável, ou exclusivamente comissões, gratificações ou prêmio de produção.
CORREÇÃO DOS SALÁRIOS
Os salários dos beneficiários resultantes do reajuste decorrente da Convenção Coletiva de Trabalho celebrada na data-base de 2013 serão reajustados, a partir de 1º de março de 2013, mediante o percentual de 10,00% (dez por cento), resultando, assim, compensados todos os aumentos, reajustes ou antecipações espontâneas ou compulsórias que tenham sido concedidos a partir do referido evento, salvo aqueles resultantes de implemento de idade, promoção e equiparação salarial judicialmente determinada.
Os salários dos admitidos após 1º de março de 2013 serão corrigidos pelos mesmos critérios e percentuais previstos nesta cláusula, sendo que o salário do empregado mais novo não poderá resultar superior ao do empregado mais antigo da mesma função.
 
HORÁRIO ADMINISTRATIVO:
Manter o texto atual da CCT vigente com a seguinte observação:
A jornada de trabalho para quem trabalha na escala de 220 horas será da seguinte forma.
De segunda a quinta-feira das 08h00min as 18h00min horas, com 01 hora de repouso para almoço e descanso.
As sexta-feira das 08h00min às 17h00min horas com 01 hora de repouso para almoço e descanso.
Nos Sábados, domingos e feriados civis e religiosos, as horas normais e extraordinárias serão remuneradas com o adicional de 100 % (cem por cento), em relação à hora normal, exceto se for concedido 02 (dois dias) de folga, no prazo máximo estipulado por esta convenção.
EQUIPARAÇÃO
Será igual todo o salário na mesma “FUNÇÃO” existente nas empresas da base dos sindicatos convenientes.

A equiparação salarial dar-se-á pelo salário mais alto na função, pago por uma das empresas da base dos sindicatos convenientes.
ADICIONAL NOTURNO
 
 As empresas pagarão adicional noturno com acréscimo de 45% (quarenta e cinco por cento), sobre à hora normal diurna e as horas noturnas serão consideradas como 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos a partir das 22:00 horas de um dia até as 05:00 horas do dia seguinte, avigorar a partir de 01 de março de 2013.   
 
HORA EXTRA
Só será permitida a denominada dobra de jornada em dias alternados. Proibido a dobra da jornada de trabalho em dias subseqüentes.
 
INCENTIVO À PRODUÇÃO
Manter o texto atual com as seguintes mudanças:

Os empregados afastados em licenças legais ou pela previdência social (maternidade, paternidade, doenças atestadas e benefício previdenciário) permanecerão recebendo a cesta básica fornecida pela empresa, desde que o afastamento não ultrapasse de 06 (seis) meses.
Todos os trabalhadores e trabalhadoras das Empresas Siderúrgicas e da Aciaria, representadas pelo SIFEMA, terão direito a esse beneficio, o mesmo será entregue até o 5º (quinto) dia útil de cada mês.
PROFISSIONAL QUALIFICADO
Manter o texto atual com a seguinte mudança.

Entende-se como profissional qualificado todo aquele que exercer uma função preparada em curso do SENAI, nas ESCOLAS PROFISSIONALIZANTES, reconhecidas POR CERTIFICADO e anotação na CTPS, e que esteja exercendo a pelo menos 01 (um) ano de atividade permanente na profissão correspondente a sua formação.
 
Jarlis Adelino
Para o presidente do sindicato Jarlis Adelino, a assembléia não correspondeu com as expectativas do STIMA, esperávamos mais trabalhadores presente nesse que é o momento mais democrático entre os trabalhadores e sindicato;
A cultura dos trabalhadores em Açailândia sempre foi assim, não costumam participar de assembléia, essa cultura foi gerada ao longo dos anos por trabalhadores que cultivaram esse modelo de sindicalismo;
Mesmo assim a participação dos companheiros foi suficiente para um bom debate e entendimento na classe sobre o nosso pedido para 2013;
Essa negociação de 2013 é apenas um termo aditivo da CCT vigente que vai até 28 de fevereiro de 2014. Agradecemos a todos os trabalhadores que estiveram presentes e que participaram conosco desse ato disse Jarlis Adelino.
O Diretor Jurídico do STIMA Cideval Brandão, disse que o termo aditivo aprovado nessa Assembléia será protocolado na próxima segunda-feira (17) no Sindicato Patronal SIFEMA em São Luís, os sindicatos irão negociar até o dia 28 de fevereiro de 2013, as clausulas aprovadas nesse termo entram em vigor á partir do dia 01 de março de 2013.
 

 
 


Rapidinhas do Presidente


Centrais se reúnem em SP segunda

Segunda (17), as Centrais Sindicais voltam a se reunir, em São Paulo, para retomar a agenda unificada de ação. A ideia é definir uma agenda até o 1º de Maio, com fortes mobilizações, inclusive um grande ato em Brasília, em fevereiro.

Mais informações: www.cut.org.br
Comissão aprova fim do IR sobre hora extra

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados aprovou quarta (12) proposta que reduz a zero as alíquotas da contribuição previdenciária do empregado e do Imposto de Renda pagos sobre as horas extras do trabalhador. Atualmente, os empregados pagam o Imposto de Renda sobre as horas extras recebidas.
Tramitação - A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Trabalho; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça.

Mais informações: www.camara.gov.br

Dilma anuncia construção de 800 aeroportos

A presidente Dilma Rousseff anunciou dia (13) que o governo irá construir cerca de 800  aeroportos regionais no País. Pelo projeto, cada cidade com até 100 mil habitantes deverá ter um aeroporto a, no máximo, 60 quilômetros de distância.

Leilão de energia tem pouca demanda

 
O primeiro leilão de energia após a Medida Provisória n.º 579 - de renovação das concessões - foi morno. Dos 525 empreendimentos habilitados pela Empresa de Planejamento Energético (EPE), só 12 foram contratados, num total de 574,3 megawatts (MW) de capacidade. Mas o motivo do baixo volume de contratação não pode ser entendido como uma retração do investidor. O que houve foi uma demanda menor das distribuidoras, que estão sobrecontratadas.
O volume de energia negociado somou R$ 6,04 bilhões e o preço médio ficou em R$ 91,25 o MWh, com deságio de 18,52%. "Tivemos usinas eólicas, termoelétricas a gás e usinas a biomassa disputando até o final do leilão", afirmou o presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, destacando que esse fato gera uma tranquilidade ao governo federal de realizar novas licitações já no começo de 2013. Na disputa de ontem, foram contratadas duas hidrelétricas (292,4 MW) e 10 centrais eólicas (281,9 MW) - todos os negócios foram fechados com empresas privadas.
O preço médio de venda da fonte hidrelétrica foi de R$ 87,94 o MWh. Mas o destaque do leilão novamente foram as usinas eólicas, cujo preço de venda da energia surpreendeu mais uma vez: variou entre R$ 87,77 e R$ 89,20 o MWh. O recorde anterior era de R$ 99,54 o MWh do leilão de energia de reserva de 2009. A presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), Elbia Melo, ficou preocupada com o resultado. "Qualquer expectativa pessimista não conseguiria prever uma demanda tão baixa."
Três fatores explicam essa procura menor que o previsto. Primeiro porque as concessionárias têm energia contratada acima do que está sendo consumido pelo mercado nacional. O segundo ponto está associado ao baixo crescimento econômico - o que afeta as projeções de demanda das distribuidoras. Por último, tem o efeito da MP 579. Cada concessionária vai receber uma cota, mas elas ainda não sabem qual é, explica Elbia.
"A oferta foi 28 vezes superior à demanda. Isso só poderia levar a um preço muito baixo." Na avaliação dela, é difícil imaginar que uma parque eólico a R$ 87,87 o MWh consiga remunerar os investimentos. O preço praticado no leilão de dezembro, de R$ 105 o MWh, corrigido pela inflação e com a nova taxa de câmbio, hoje representa R$ 121 o MWh, diz ela. "Isso nos leva a uma preocupação muito grande." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Petrobras, Vale e Gol lideram ganhos do Ibovespa; veja mais destaques

Ações da Usiminas caem forte e fecham como pior ação do Ibovespa na semana; Fibria, Rossi, Eletropaulo e SLC Agrícola também se destacaram

 
Em um mais um dia volátil na BM&F Bovespa, o Ibovespa fechou em alta de 0,49%, aos 59.604 pontos - amparado pela movimentação positiva das ações de maior peso no índice - as preferenciais de Petrobras (PETR4) e Vale (VALE5), que subiram 3,27% e 3,17%, respectivamente. Além da volatilidade trazida pelo vencimento de opções na segunda-feira, ambas empresas tiveram notícias positivas que impulsionaram as cotações nessa sexta-feira (14).
A ponta positiva do índice, porém, ficou com a Gol (GOLL4), que acentuou os ganhos no final e fechou em alta de 8,33%, para R$ 10,79. Contudo, os analistas consultados pela InfoMoney ressaltaram que nada sobre a empresa foi posto a público. Já a ponta negativa ficou com a Rossi Residencial (RSID3), que caiu 6,67%, aos R$ 4,48. "Não tem nada que foi divulgado publicamente que possa estar causando essa movimentação na Rossi, então pode ser apenas uma realização nessa sessão", avalia Wesley Bernabé, analista do BBInvestimentos. Mesmo com essa forte queda, os papéis da construtora terminaram a semana com ganhos de 2,75%.
Movimentação de Petrobras e Vale foi fundamental para alta do Ibovespa nesta sessão (Getty Images)
Movimentação de Petrobras e Vale foi fundamental para alta do Ibovespa nesta sessão (Getty Images)
Venda de ativos da Petrobras na ArgentinaA Petrobras seguiu o desempenho de sua controlada Petrobras Argentina, que tiveram alta de 4,06% na Merval, a bolsa de lá, com especulações de que a empresa anunciará uma venda de ativos. Juntamente com os ADRs (Argentinian Depositary Receipts) da controladora, a Petrobras representam 10% do índice argentino, que impulsionado por isso, subiu 3,21% nessa sexta.
Com isso, as ações da petrolífera subiram forte na BM&FBovespa. Além dos preferenciais, os papéis ordinários da empresa (PETR3) avançaram 3,95%, aos R$ 20,55. Segundo o jornal argentino La Nacion, as propostas para a compra dos ativos devem ser apresentadas ainda nesta sexta, no Rio de Janeiro.
Há quatro interessados, todos argentinos, sendo a YPF um deles. O jornal diz que seis executivos envolvidos na operação confirmaram a informação. Procurada pelo InfoMoney, a Petrobras disse que não comenta o assunto. A publicação não fala em valores.
Vale impulsionada pela ChinaAlém de VALE5, as ações ordinárias da Vale (VALE3) também dispararam, alçando a segunda maior alta do Ibovespa, com alta de 3,99%, atingindo os R$ 41,20. O movimento das blue chips foi um dos fatores principais para o Ibovespa ficar no positivo nesta sessão. A Vale e a Petro representam cerca de 20% do índice.
"Eu diria que dois fatores estão levando a mineradora a subir", avisa Carlos Müller, analista-chefe da Geral Investimentos: a aprovação de um projeto no Ceará e os números chineses divulgados nesta segunda.
O HSBC divulgou que o PMI (Purchasing Manager's Index) industrial chinês passou de 50,5 em novembro para 50,9 em dezembro, segundo dados prévios. Números acima de 50 indicam expansão da atividade industrial. Além disso, um centro de estudos do governo chinês indicou crescimento de 8% na China em 2013.
A Vale exporta grande quantidade de sua produção à China e uma melhora da economia do gigante asiático traz maior demanda por minério de ferro - sua principal commodity. "Números bons chineses sempre impulsionam a Vale", destaca o analista.
O projeto aprovado em Pecém, no Ceará, também é importante para a alta. "É um projeto voltado para exportação em uma zona com regime tributário diferenciado", diz Müller, salientando que é proveitoso para a a Vale ter menos encargos governamentais. Pecém é uma ZPE (Zona de Processamento de Exportação).
O investimento - aprovado ontem pelo conselho interministerial de ZPEs - será de US$ 98 milhões. A expectativa é que a empresa forneça e beneficie o minério de ferro para a CSP (Companhia Siderúrgica do Pecém), na qual a Vale possui 50% do capital.
Usiminas sobe forteApesar da entrada da Ternium ter trazido à Usiminas (USIM3, USIM5) uma equipe de nível mundial, com competência para entregar uma impressionante revolução na empresa nos próximos anos, a equipe do Credit Suisse cortou a recomendação dos papéis para underperform, isso é, desempenho abaixo da média do mercado.
As ações responderam com forte queda. O papel USIM3 recuou 3,24%, aos R$ 12,56, enquanto o USIM5 caiu 5,29%, para R$ 11,46. Segundo escrevem em relatório os analistas Ivano Westin, Marina Melemendjian e Viccenzo Paternostro, a recente alta das ações é excessiva e o mercado parece estar superestimando os benefícios trazidos pela Ternium. A equipe do banco elevou o preço-alvo de R$ 8,60 para R$ 9,00, mas que indica um potencial teórico de desvalorização de 24,5% sobre o fechamento de USIM5.
Segundo cálculos do Credit Suisse, desde agosto a Usiminas superou o Ibovespa em cerca de 68%, assim como têm mostrado uma valorização 67% mais forte que os preços de aços planos e 63% acima de seus pares no Brasil.
Os analistas lembram que desde aquele mês as ações têm sido favorecidas por diversos incentivos do governo - redução no custo da energia, elevação nas tarifas de importação e desvalorização cambial -, ao mesmo tempo em que a empresa tem empreendido esforços para cortar custos e aumentar a eficiência.
Eletropaulo chega a cair quase 10%, mas se recuperaCondenada a pagar um empréstimo bilionário à Eletrobras (ELET3, ELET6), que estava em disputa na justiça, as ações da Eletropaulo (ELPL4) despencaram 9,29% na manhã desta sexta, aos R$ 12,70. O papel conseguiu recobrar um pouco de forças mas fechou em forte queda: 5,50%, aos R$ 13,23.
Segundo comunicado enviado ao mercado, esse valor vem desde outubro de 1986, quando a Eletropaulo ainda era controlada pelo estado de São Paulo. A disputa envolve o pagamento de saldo de empréstimo contratado entre as duas elétricas. A Cteep (TRPL4) também estava envolvida na disputa.
No entanto, a 5ª Vara da Comarca do Rio de Janeiro determinou que a Eletropaulo é integralmente responsável pelo pagamento, cujo valor atualizado equivale a R$ 1,3 bilhão. O valor de mercado da empresa é de R$ 3 bilhões, segundo cotação do último fechamento. As ações ELET3 avançaram 0,61%, enquanto as ELET6 subiram 1,46%, para R$ 6,64 e R$ 9,74, nesta ordem.
Fibria: chega a cair 6% zera perdas
A Fibria (FIBR3) iniciou negociações entre as maiores quedas do Ibovespa, depois que a Receita Federal autuou a companhia em R$ 1,6 bilhão por operação com IP (International Paper). Os papéis chegaram a registrar perdas de 6,22%, antes de se recuperarem e fechar em leve queda de 0,36%, aos R$ 22,09.
Apesar desse movimento dos papéis, a empresa informou em comunicado que a multa não gera nenhum impacto financeiro para a companhia no curto e médio prazo. O valor de R$ 1,6 bilhão consiste em: R$ 556 milhões de principal e R$ 1,110 bilhão de multa e juros.
Em 1° de janeiro de 2007, a companhia, que naquela época era VCP (Votorantim Celulose Papel), celebrou um acordo com a IP, cuja intenção era a permuta de ativos industriais e florestais de ambas.
Em consequência, a VCP transferiu à IP a unidade de produção de celulose e papel localizada no município de Luiz Antonio (SP), assim como a correspondente base florestal. Por sua vez, a International Paper transferiu ativos relativos a uma unidade de celulose em construção, além de terras e florestas plantadas localizadas no entorno de Três Lagoas (MS).
SLC sobe após inclusão em carteira do HSBCEm um dia atípico, com volume financeiro acima da média, as ações da SLC Agrícola (SLCE3) marcam alta considerável. Os papéis da companhia registraram avanço de 3,26%, cotados a R$ 18,69. Os ativos SLCE3 movimentaram R$ 5,1 milhões, bem acima da média diária dos últimos 21 pregões - cerca de R$ 3 milhões.
Um dos motivos para a alta pode estar associado à melhor percepção da equipe de análise do HSBC para os próximos resultados da empresa. Diante da expectativa de que a taxa de câmbio fique em R$ 2,30 no ano que vem, o banco inclui os papéis da SLC em sua carteira recomendada.
"Acreditamos que a empresa está em posição para ser favorecida pela desvalorização do real e que o recente enfraquecimento da ação propicia um ponto de entrada interessante", escreveram os analistas em relatório. Eles ainda ressaltam o preço das terras, que são baseados em dólares, favorecendo a receita da companhia em relação aos custos. Os analistas ainda apontam para um balanço sólido, com baixa alavancagem, sendo apenas metade em dólares.

Eike Batista doou R$ 500 mil a partidos políticos, diz Veja

A MMX, empresa de mineração de Eike Batista, fez doações que somam meio milhão de reais aos partidos PMDB, PSD, DEM, PP, PSDB, PTC e PSB, diz a revista Veja

 
Em sua edição desta semana, a revista Veja noticia que a MMX, empresa de mineração de Eike Batista, fez doações que somam meio milhão de reais aos partidos PMDB, PSD, DEM, PP, PSDB, PTC e PSB neste ano.
O valor é menor que o doado por Eike nas eleições de 2008. A própria Veja divulgou que, naquele ano, o empresário fez doações de 1 bilhão de reais a candidatos do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Mesmo assim, há certa surpresa na notícia, já que Eike chegou a dizer, há alguns meses, que não faria doações a partidos neste ano.
Nesta semana, Eike perdeu novamente o posto de pessoa mais rica do Brasil (isso já havia acontecido, temporariamente, no mês passado), caindo para o terceiro lugar. A estimativa do patrimônio do bilionário reduziu-se em 6,8 bilhões de dólares por causa da divulgação de detalhes da venda de uma participação dele no grupo EBX, por um valor desfavorável.
Agora, Eike é o terceiro no ranking, atrás de Jorge Paulo Lemann, investidor da Anheuser-Busch InBev, e de Dirce Camargo, herdeira do setor de construção civil.

Corinthians rejeita colete verde e recebe "solidariedade" do Chelsea

Edenílson e demais jogadores do Corinthians treinaram de roxo Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Edenílson e demais jogadores do Corinthians treinaram de roxo
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

O Corinthians teve mais um problema com a cor verde durante a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, no Japão. Após um logotipo com a coloração do arquirrival Palmeiras ter sido colocado na camisa alvinegra contra a vontade do clube, agora foi a vez dos coletes destinados aos reservas da equipe paulista terem a mesma tonalidade. Os corintianos bateram o pé e tiveram a "solidariedade" do Chelsea, que topou trocar com o adversário.
 "Antes da decisão nós recebemos da Fifa uma lista dos nossos equipamentos, e lá apontava que teríamos que utilizar coletes de treino e de reservas na cor verde. Nós reclamamos e explicamos a situação. O Chelsea ouviu e entendeu, disse que se fosse vermelho também não ia querer por causa do Manchester, e toparam trocar pelo deles, que era roxo", disse o gerente de futebol, Edu Gaspar.
Assim, a equipe alvinegra atuou em treino de reconhecimento do gramado do Estádio Nissan, em Yokohama, com coletes na cor roxa, que seria do Chelsea. "Nós até colocamos os uniformes na mesa e vimos que a camisa reserva deles é verde, que não teria problema nenhum para eles", continuou Edu Gaspar, explicando que o Corinthians não gostaria de utilizar a cor do arquirrival.
Antes do incidente com os coletes, o Corinthians havia solicitado à Fifa para não atuar com o logotipo Football for Hope, que foi colocado na manga do uniforme de todos os times do Mundial. O motivo é que a inscrição possui a cor verde, que faz referência ao arquirrival Palmeiras. A entidade, contudo, rejeitou o pedido dos corintianos, e a equipe teve que utilizar a tonalidade em sua camisa pela primeira vez na história.
Corinthians e Chelsea decidem o Mundial de Clubes da Fifa neste domingo, em duelo marcado para o Estádio Nissan, em Yokohama. O confronto começa a partir das 8h30 (de Brasília) - e a equipe brasileira não precisará entrar em campo com seus reservas utilizando coletes verdes.

Mundial de Clubes da FIFA 2012


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Renato Augusto já estaria acertado com o Corinthians


Ao que parece, Renato Augusto vai mesmo voltar a jogar no Brasil. No entanto, não será no Flamengo, clube que o revelou, mas no Corinthians. Segundo noticiou o site "LANCE!Net" nesta sexta-feira, o Timão comprará 50% dos direitos econômicos do meia e já tem um acordo com o Bayer Leverkusen para que Renato Augusto reforce o elenco alvinegro no próximo ano. 

Salário, tempo de contrato e luvas também já estariam acordados. Entretanto, a proximidade da final do Mundial de Clubes da Fifa, na qual o Corinthians enfrenta o Chelsea neste domingo, adiou a conclusão do negócio.
Esta semana, o novo diretor-executivo de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, revelou que o meia voltaria mesmo ao Brasil, mas não ao Rubro-Negro, pois já estava acertado com outro clube, cujo nome não foi revelado.
Renato Augusto, de 24 anos, foi revelado pelo Flamengo em meados dos anos 2000 e se transferiu ao Bayer Leverkusen em 2008. O apoiador se destacou no time alemão e foi considerado um dos melhores da equipe nos últimos anos, chegando a ser convocado para a seleção brasileira pelo técnico Mano Menezes, mas vem tendo uma temporada 2012/2013 apagada.

ATENÇÃO CATEGORIA METALÚRGICA DE AÇAILÂNDIA E REGIÃO

O SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, SIDERÚRGICAS, MECÂNICAS, AUTOMOBILÍSTICAS, MATERIAL ELÉTRICO E ELETRÔNICO, INFORMÁTICA, DA CONSTRUÇÃO NAVAL, DA FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS, DE REFRIGERAÇÃO, DE BALANÇAS, DE SERVIÇOS E REPAROS, DE MANUTENÇÃO E MONTAGEM INDUSTRIAL, INTERMUNICIPAL DE AÇAILÂNDIA E REGIÃO DO ESTADO DO MARANHÃO – STIMA.

Convida Todos os Trabalhadores sócios e não sócios para participar da Assembleia Geral Ordinária com a categoria, para aprovação da Pauta de Negociação Salarial 2013 nesse sábado dia 15 de dezembro de 2012.

Assembleia será realizada em dois períodos:  

09:00 hora Local: Escola Joviana Extensão na Vila Ildemar próximo a praça Patizal enfrente ao BOX da POLICIA MILITAR.

16h30 minutos Local: Escola Municipal Eduardo Pereira Duarte no Pequiá na Avenida Castelo Branco BR 222.

A Diretoria , desde já agradece.


Açailândia - MA, 14 de dezembro de 2012.  


Jarlis Adelino
Presidente

Cideval do Nascimento Brandão
                                                                    Departamento jurídico 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Crise abala emprego de mulheres em todo o mundo

 
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revela que a crise econômica internacional deixou 13 milhões de mulheres sem emprego. Os dados são do relatório Tendências Mundiais de Emprego das Mulheres 2012, divulgado ontem (11).
A OIT identificou que a taxa de desemprego entre as mulheres era 0,7 ponto percentual maior que a dos homens, depois de 2009, ano da crise: 6,4% das mulheres no mundo estão desempregadas, contra 5,7% dos homens. Entre 2002 e 2007, a diferença era de 0,5 ponto percentual.