.

.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

“O Maranhão se tornará um hub de distribuição de combustíveis”, afirma Simplício Araújo

Durante visita técnica às obras do terminal de combustíveis da Raízen, na retroárea do Porto do Itaqui, na terça-feira (27), o secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, afirmou que a gestão estadual vai transformar o Maranhão em um hub de distribuição de combustíveis.
A Raízen, que está com as obras do terminal em ritmo acelerado, está investindo R$ 200 milhões no empreendimento, que logo na sua primeira fase, irá distribuir combustível para vários estados.
Durante a visita, Simplício Araújo percorreu os locais onde estão sendo erguidos os oito tanques de armazenamento de combustíveis, com capacidade para 10 milhões de metros cúbicos cada. Segundo ele, além da Raízen, outras empresas devem em breve seguir por esse caminho, na construção de mais terminais no estado.
“Em 2015, assinamos e garantimos a implantação da Raízen no Maranhão. Além da empresa, outros terminais devem se instalar no estado”, sublinhou Simplício Araújo.
Atualmente, 160 pessoas trabalham nas obras, 90% mão de obra maranhense, atendendo uma das contrapartidas firmadas com o Governo. Em 2019, serão iniciadas as obras civis, que devem empregar mais 600 pessoas.
O terminal de combustíveis terá suas obras finalizadas em 2020. Quando estiver em pleno funcionamento, o local terá capacidade para armazenar 160 milhões de metros cúbicos de combustíveis, que serão distribuídos para várias regiões do país.
Contrapartidas sociais
Para que a implantação da Raízen no Maranhão fosse possível, a gestão estadual requereu o compromisso da empresa com contrapartidas sociais – como tem feito com todos os empreendimentos e empresas que desejam se instalar e se expandir no estado. Dessa maneira, a Raízen se comprometeu com a entrega de ambulâncias, os veículos já estão sendo entregues.
Além disso, a distribuidora também assumiu a contratação de mão de obra local durante as obras e operação da sua base no Porto do Itaqui e já garantiu a entrega de equipamentos modernos e um caminhão ao Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial (Inmeq).

Secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) Simplício Araújo Fala Sobre a 2ª Conferencia de Desenvolvimento Portuário do Maranhão

Durante Conferência, Simplicio Araújo destaca Plano de Desenvolvimento da Área Portuária do Maranhão
Simplicio Araújo
Com uma localização estratégica, que atende os principais mercados do mundo, o complexo portuário maranhense foi destacado pelo secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) Simplício Araújo, que participou, nesta quarta-feira (28), da II Conferência sobre Desenvolvimento Portuário do Maranhão.
O evento reuniu diversos representantes do setor para o debate de estratégias que fortaleçam a atividade portuária no Maranhão.
Durante o painel Benefícios Socioeconômicos da Atividade Portuária, Simplício Araújo frisou o Plano de Desenvolvimento da Área Portuária do Maranhão ( PDAP), que será comandado pela Seinc. Segundo ele, é preciso compreender que o complexo portuário envolve os portos do Itaqui, Vale , Alumar e os novos projetos, juntos, movimentaram no ano passado 206 milhões de toneladas de cargas.
“ No Maranhão, temos a maior movimentação de cargas portuárias no Brasil. Em 2017, foram 206 milhões de toneladas de cargas e esse ano chegaremos a 256. O intercâmbio de informações, a fim do desenvolvimento da dinâmica portuária na Baía de São Marcos é condutora de importantes conquistas socioeconômicas para o Maranhão”, explicou.
A conferência, abrangeu a troca de experiências e conhecimento que permita o fomento do setor a curto, médio e longo prazo. Além de gargalos e soluções, foram debatidas área de gestão; aplicação de tecnologias; segurança da navegação; e a pesquisa e viabilidade ao potencial de escoamento logístico da região.
Saiba mais visitando a página da Seinc : http://www.seinc.ma.gov.br

sábado, 24 de novembro de 2018

Efeito zero suplementos de vitamina D e de ômega-3 mostra que eles não protegem nem de câncer nem de infarto

O mais importante estudo feito até hoje sobre os suplementos de vitamina D e de ômega-3 mostra que eles não protegem nem de câncer nem de infarto

Em uma mesma tarde, durante o Congresso da Associação Americana do Coração, nos EUA, realizado recentemente em Chicago, foram derrubadas duas grandes teses que, nos últimos anos, integraram a lista das recomendações médicas para a prevenção do câncer e das doenças cardiovasculares. Diante de um auditório lotado, pesquisadores americanos anunciaram a conclusão de um estudo que analisou o impacto protetor do consumo de suplementos de vitamina D e de omega-3 contra as enfermidades. Para a surpresa de todos, nenhum dos dois tem o efeito esperado. Nem a vitamina D protege contra o câncer nem o ômega-3 reduz o risco de infarto e de acidente vascular cerebral . “Ficamos perplexos com os resultados negativos”, afirmou à ISTOÉ o médico Clifford Rosen. do Maine Medical Center Research Institute e co-autor do editorial sobre o tema publicado na última edição do The New England Journal of Medicine. “Não há repercussão alguma. Esta é a mensagem que as pessoas devem guardar.”
É compreensível a perplexidade da comunidade médica. Há anos, os suplementos tornaram-se uma febre cujo consumo era embasado em trabalhos científicos, é verdade, mas nenhum com a dimensão do que acaba de ser divulgado. Pela solidez de sua metodologia, o estudo alcança o padrão ouro da medicina. Patrocinado pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA – onde se desenvolvem algumas das pesquisas mais importantes do mundo -, o levantamento envolveu 25,8 mil adultos, acompanhados durante cinco anos e divididos de forma a testar com precisão a eficácia das cápsulas.
Vendas em alta
A vitamina D é fundamental para a absorção do cálcio, importante para o desenvolvimento ósseo, e tem funções que interferem, por exemplo, na liberação da insulina, o hormônio que permite a entrada, nas células, do açúcar circulante no sangue. Ela é encontrada em alimentos como leite e ovos e tem sua absorção facilitada por meio da exposição ao sol durante cerca de quinze minutos por dia. Há cerca de dez anos, uma forte onda de pesquisas apontava déficits do nutriente na maioria das populações e sugeria a suplementação como forma de solucionar as eventuais complicações que isso poderia trazer. Entre elas, uma maior vulnerabilidade à formação de tumores. Ao mesmo tempo em que cresciam as prescrições e as vendas dos complementos, começaram a surgir as críticas ao que muitos especialistas entendiam como super valorização do nutriente. Um dos pontos colocados seria o de que o nível estabelecido como ideal seria desnecessariamente alto. Portanto, não haveria deficiência na sua concentração.
A associação do ômega-3 com a proteção cardiovascular é ainda mais antiga. Encontrado em peixes como sardinha e salmão, o nutriente foi rapidamente isolado e transformado em produtos sucesso de vendas no mundo inteiro. No estudo recém-divulgado, feito no Brigham and Women´s Hospital, nos EUA, ficou claro que eles não previnem doenças cardiovasculares. A exceção foi um pequeno benefício aferido entre os negros, mas mesmo assim insuficiente para dar a questão como fechada. “Isso precisa ser provado em outros estudos. Se fosse uma droga com essa finalidade em processo de aprovação, provavelmente não seria liberada”, disse Rosen.
Não é a primeira vez na ciência que ocorrem casos assim, de certezas caírem por terra depois de análises mais profundas. E talvez outras surpresas apareçam nos próximos meses, quando os pesquisadores esperam divulgar as conclusões do mesmo estudo, mas com foco em diabetes, depressão, função cognitiva e doenças auto-imunes (quando o sistema de defesa ataca estruturas do próprio corpo).

Aécio causou prejuízo de 11 milhões por usar aviões públicos sem motivo, diz MP

O Ministério Público de Minas Gerais entrou na Justiça com ação civil pública em que acusa o ex-governador, hoje senador Aécio Neves (PSDB), de realizar 1.337 voos em aeronaves do Estado sem comprovação de interesse público no período em que ocupou o Palácio da Liberdade.
Segundo a Promotoria, o prejuízo causado aos cofres públicos por Aécio foi de R$ 11.521.983,26. Na ação, o MP pede o ressarcimento do valor e quer a indisponibilidade de bens do tucano.


Em despacho publicado na sexta-feira, a juíza Claudia Costa Cruz Teixeira Fontes, da 5.ª Vara da Fazenda Pública Estadual e Autarquias de Belo Horizonte, afirma que o pedido de indisponibilidade de bens será analisado “após manifestação do político e do Estado” na ação.
Eleito deputado federal nas eleições de outubro, Aécio foi governador de Minas Gerais por dois mandatos. De 2003 a 2006 e de 2007 a março de 2010.
A Promotoria contabilizou neste período voos sem a comprovação de interesse público para cidades como Rio de Janeiro, onde o ex-governador mantinha apartamento, e Claudio, cidade do centro-oeste de Minas onde a família do tucano possui fazenda.
Segundo o MP foram 138 voos para o Rio e 116 para Claudio. “Grande parte desses deslocamentos aéreos foram realizados para transporte de passageiros não identificados no momento dos voos.”
Decreto
Para justificar os voos, a assessoria do senador citou decreto assinado pelo próprio tucano, quando governador, em 19 de maio de 2005, que prevê “para o chefe Executivo estadual as mesmas normas previstas para o chefe do Executivo federal!”.
“O senador Aécio Neves considera incompreensível a relação de voos questionados pelo Ministério Público, que contém praticamente todos os voos realizados ao longo de oito anos”, diz a nota da assessoria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Em 3 municípios, eleitores vão escolher novos prefeitos neste domingo

Os eleitores de Água Nova e Pendências, no Rio Grande do Norte, e Caarapó, em Mato Grosso do Sul, irão às urnas, neste domingo (25), para escolher os prefeitos. Nos três municípios, os prefeitos eleitos em 2016 tiveram os mandatos cassados, por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a realização de novos pleitos.
Seguindo as regras da legislação eleitoral, a eleição ocorrerá das 8h às 17h, conforme o horário local. Segundo o TSE, as chamadas eleições suplementares são convocadas de acordo com dispositivo do Código Eleitoral, incluído pela reforma aprovada pelo Congresso em 2015.
A legislação prevê a realização de novas eleições, independentemente do número de votos anulados, quando a decisão da Justiça Eleitoral, transitada em julgado, significar “o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”.

Cassação

Em Caarapó (MS), 20,4 mil eleitores estão aptos a escolher entre os candidatos André Luís Nezzi de Carvalho (PDT) e Elzo Cassaro (Avante). Em agosto deste ano, o TSE cassou a chapa eleita em 2016, por crimes de compra de votos, abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.
Os 10,2 mil eleitores de Pendências (RN) vão decidir entre três candidatos: Maria Zilda da Costa Silva (PRB), Flaudivan Martins Cabral (MDB) e Gustavo Adolpho dos Santos Queiroz (PSD). O TSE cassou o mandato do prefeito eleito em 2016: Fernando Antônio Bezerra de Medeiros (MDB) e de seu vice. A chapa foi declarada inelegível por compra de votos e por abuso de poder econômico e político.
Em Água Nova (RN), que tem 2,5 mil eleitores, concorrem à prefeitura Francisco Fábio de Araújo (MDB) e Francisco Ronaldo de Souza (DEM). Em setembro deste ano, a prefeita eleita em 2016, Iomara Rafaela Lima de Souza Carvalho (MDB) e seu vice tiveram os mandatos cassados e foram declarados inelegíveis pelo TSE, por abuso de poder político e econômico e por compra de votos.

Tocantins 

Segundo dados disponíveis no portal do TSE, de 2007 a 2017 foram realizadas no país 396 eleições suplementares para escolha de prefeitos e vices, além de duas para governadores e vices. Nesse período, o TSE destinou R$ 68,3 milhões para os pleitos extras, majoritariamente realizados porque os eleitos no período normal tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Neste ano, a verba para eleição extra é R$ 14 milhões.
No segundo turno, ocorrido no último dia 28 de outubro, além da eleição para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal, os eleitores de 19 municípios escolheram novos prefeitos em eleições suplementares. O governador reeleito do Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), chegou ao comando do estado em junho deste ano, substituindo Marcelo Miranda (MDB), que teve o mandato cassado por abuso de poder econômico no pleito de 2014.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Senado aprova texto-base de projeto que aumenta multa para quem desiste de imóvel na planta

Atualmente, construtoras ficam com 10% a 25% do valor pago por quem desistiu do negócio; pelo projeto, multa pode chegar a até 50%. Senadores devem analisar emendas nesta quarta.


O Senado aprovou nesta terça-feira (20) o texto-base do projeto que permite a aplicação de uma multa maior para quem desiste da compra de um imóvel na planta, o chamado "distrato".
Em julho, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado rejeitou a proposta. O texto foi enviado ao plenário e recebeu emendas (sugestões de alteração) ao projeto. 
O texto-base aprovado pelos senadores nesta terça tem o mesmo conteúdo da versão aprovada pela Câmara em junho deste ano
Os senadores ainda precisam analisar as emendas ao projeto, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (21). Se as modificações forem aprovadas, o texto retorna à Câmara. Caso contrário, seguirá à sanção presidencial. 
Defensores da proposta dizem que o texto dará maior "segurança" ao setor de construção de imóveis, que tem enfrentado crise e fechamento de postos de emprego.

O projeto

Atualmente, as construtoras ficam com 10% a 25% do valor pago por quem desistiu da compra do imóvel da planta.
O projeto permite uma multa maior. Se o comprador desistir do negócio ou parar de pagar as prestações do imóvel, a construtora ou empresa responsável pela obra, vai ficar com até 50% do dinheiro pago pelo comprador. 
Essa mudança vale para os imóveis do chamado regime do patrimônio de afetação. Ou seja, aqueles imóveis que não estão registrados como patrimônio da construtora, que abre uma empresa com CNPJ e contabilidade próprios para administrar o empreendimento. 
A maioria dos contratos no país, hoje, é nessa modalidade. 
Quando os imóveis estiverem no nome da construtora, a multa terá um limite menor: de até 25%.
O projeto também legaliza a tolerância de seis meses de atraso para as construtoras entregarem os imóveis sem pagar multa para o comprador.
Transparência 
Uma das emendas que deve ser analisada nesta quarta-feira tem o objetivo de estabelecer que os contratos de compra de imóveis apresentem um quadro-resumo com as principais informações da aquisição. O objetivo é dar mais clareza a esses documentos.

Vereador morre em acidente de trânsito em Parnaíba

A vítima, Elson Nascimento Coutinho (PSC), de 24 anos, era vereador da cidade de Araioses, a 70 km de Parnaíba. Carro derrubou poste da rede elétrica e deixou parte da cidade sem energia.O vereador Elson Nascimento Coutinho, da cidade de Araioses, no Maranhão, faleceu após perder o controle do carro que dirigia e colidir violentamente contra um poste nesta desta terça-feira (20) em Parnaíba. 


Com a colisão, um poste foi derrubado e vários bairros da cidade ficaram sem energia elétrica.A vítima, Elson Nascimento Coutinho (PSC), de 24 anos, era vereador da cidade de Araioses, a 70 km de Parnaíba. Ele era presidente da Câmara dos Vereadores.O acidente aconteceu durante a madrugada de terça-feira (20), na Avenida Princesa Isabel, no bairro Guarita. O vereador teria perdido o controle do veículo e atingiu lateralmente um poste de energia elétrica. O poste foi derrubado e o vereador foi jogado para o banco traseiro do veículo, tendo morte imediata.

Por conta do acidente, vários bairros da região, inclusive parte do Centro de Parnaíba, ficaram sem energia elétrica. O serviço foi reestabelecido horas depois, e a Eletrobrás continua trabalhando para substituir o poste e fazer a manutenção da rede elétrica da região.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

CORINTHIANS RECUSOU CONTRATAÇÕES E CONTAS NO AZUL POR PEDRINHO ANTES DE PROCURA DO REAL MADRID

Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho
Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho
Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Principal revelação do Corinthians nos últimos anos e alvo atual do Real Madrid, Pedrinho recebeu sondagem de 25 milhões de euros em julho, cerca de R$ 110 milhões na cotação da época. As cifras, embora não tenham se transformado em proposta oficial, dão margem ao clube sonhar com dias melhores em relação às finanças – prestes a ser divulgado, o balanço do período de janeiro a setembro de 2018 deve trazer déficit superior a R$ 26 milhões.
Em entrevista ao Meu Timão, o diretor financeiro do Corinthians, Matias Romano Ávila, deu detalhes acerca das primeiras conversas por Pedrinho com o tal clube interessado, cujo nome não foi revelado. Sabe-se apenas se tratar de um time da Europa.
Cinco equipes sondaram Pedrinho na atual temporada: uma chinesa, em janeiro, conforme revelou o Meu TimãoAjax, da Holanda; Paris Saint-Germain, da França; Borussia Dortmund, da Alemanha; e mais recentemente, com participação direta de Andrés SanchezReal Madrid, da Espanha.
O Timão, de acordo com Matias, ganharia dinheiro suficiente para dar fim ao déficit de pelo menos 12 meses e ainda fechar a contratação de até três reforços de peso para 2019.
“Imagina se tivesse vendido (o Pedrinho) e o Corinthians está onde está hoje (próximo da zona de rebaixamento). 25 milhões de euros compram três, dois jogadores bons, e ainda resolve o problema do nosso déficit por um ano. Isso com um jogador. Mas precisamos jogar”, pontuou Romano Ávila, que recebeu a reportagem em seu escritório ao lado do gerente financeiro Roberto Gavioli.
O Corinthians detém 70% dos direitos econômicos do meia-atacante. O contrato expira em dezembro de 2020, com cláusula rescisória de 50 milhões de euros – montante exigido por Andrés Sanchez diante da sondagem de 25 milhões de euros. Na ocasião, Matias teria sugerido um meio-termo de 35 milhões de euros com liberação do atleta a partir de julho de 2019.
Caso Pedrinho fosse negociado por qualquer dos valores mencionados por Matias, o Corinthians selaria sua maior venda da história. A transferência superaria os 20 milhões de euros (R$ 59 milhões à época) firmados junto ao Tottenham, da Inglaterra, em 2013, pela transferência do volante Paulinho.
A reportagem também procurou o departamento de futebol corinthiano a fim de confirmar as quantias citadas por Matias Romano. Via assessoria de imprensa, o presidente Andrés Sanchez limitou-se a dizer que as conversas a respeito de uma possível saída de Pedrinho não passaram de sondagem. Já o empresário do jogador, Will Dantas, disse não poder entrar em detalhes devido a uma cláusula de confiabilidade com os dirigentes europeus.
“Proposta oficial o Corinthians não recebeu até agora nenhuma. Apenas teve uma sondagem. Proposta na mesa, não existiu”, respondeu Sanchez.
Titular sob o comando do técnico Jair Ventura, Pedrinho soma 74 partidas e cinco gols desde que foi alçado ao elenco profissional do Corinthians, em janeiro de 2017. Já são três títulos conquistados de lá para cá: Brasileirão (2017) e o bicampeonato paulista (2017-18).
Em tempo: você confere outros trechos da entrevista exclusiva do diretor financeiro ao Meu Timãonos próximos dias. Fique ligado!

Programa Mais medico Como Fica? Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira

Vagas atenderão 2.824 municípios e 34 distritos indígenas
Durante entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (19), em Brasília, o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, detalhou o novo edital do Programa Mais Médicos e informou que as inscrições de médicos brasileiros e estrangeiros que tenham registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) começam na próxima quarta-feira (21), às 8h. As inscrições no programa poderão ser feitas até o dia 25 de novembro às 23h59.
O edital será publicado amanhã (20) no Diário Oficial da União e vai ofertar 8.517 vagas em 2.824 municípios e 34 distritos indígenas, maior parte delas ocupadas atualmente por médicos cubanos que atuavam no país por meio da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).
O ministro também informou que caso as vagas disponíveis não sejam preenchidas elas serão oferecidas, por meio de um novo edital a ser lançado no próximo dia 27, a médicos brasileiros e estrangeiros que não possuem registro no CRM e nem foram aprovados no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida).
“Estamos disponibilizando um sistema que o médico poderá acessar, fazer seu cadastro e escolher o estado e cidade que quer atuar. Se houver vaga, poderá acessar. Vamos dizer que numa cidade há 10 vagas. Os 10 primeiros médicos que acessarem e atenderem aos requisitos vão consumir essas vagas e elas serão retiradas do sistema”, explicou o ministro.
Prazo curto
O prazo para que os médicos assumam os novos postos de trabalho é curto, segundo o ministro, para evitar que a população fique desassistida após o anúncio do governo cubano de sair do programa no Brasil, por discordar de exigências feitas pelo governo eleito de Jair Bolsonaro. Com isso, mais de 8 mil médicos cubanos que atuavam no programa vão deixar o país.

Os médicos aprovados deverão se apresentar nos municípios escolhidos a partir do dia 3 de dezembro para homologar a contratação e começar a trabalhar. O prazo final para que os médicos aprovados se apresentem é dia 7 de dezembro, às 18h, ou serão eliminados do processo e a vaga será disponibilizada novamente no sistema de inscrição do Ministério da Saúde.
O ministro informou que na próxima segunda-feira (26) o Ministério vai divulgar um relatório consolidando o interesse dos médicos no programa. “Ao final do dia 26, nós iremos publicar esse resultado com todos os inscritos e as respectivas lotações”, disse Occhi.
Médicos sem registro
O ministro da Saúde informou ainda que no dia 27 de novembro será lançado um novo edital do Mais Médicos para preencher as vagas não ocupadas por médicos brasileiros e estrangeiros que têm CRM no Brasil. As vagas serão então ofertadas também a médicos que não têm registro no CRM e que não passaram pelo Revalida.

“Vamos tratar do Revalida para que médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior possam começar sua atividade mediante comprovação de capacidade por meio de outros documentos. Eles vão poder iniciar as atividades mesmo sem ter o CRM e o Revalida. E, junto com o MEC, queremos oferecer certificação a esses médicos”, disse o ministro.
Segundo ele, os médicos que se inscreverem no segundo edital também terão que fazer o Revalida, mas poderão trabalhar enquanto isso não acontece mediante a apresentação de cerca de 17 documentos exigidos pelo governo. “O profissional brasileiro formado no exterior que não tenha CRM nem Revalida só poderá exercer sua atividade legalmente no Brasil por meio do Mais Médicos”, explicou Occhi.

Zumbi dos Palmares, Dia Nacional da Consciência Negra! Dia 20 de novembro é feriado no Estado do Maranhão e mais 06 Estados Brasileiros

FERIADO 20 DE NOVEMBRO 2018 – DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro, dia que foi atribuido à morte de Zumbi dos Palmares, importante negro que lutava contra a escravidão (veja mais). 


Esse dia comemorativo foi oficialmente instituído em todo país através a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, mas NÃO é Feriado Nacional. Apesar disto, foi decretado com Feriado Municipal em milhares de cidades e Feriado Estadual nos seguintes estados (clique no estado para mais detalhes): AlagoasAmapá, Amazonas, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Roraima
Zumbi (Serra da Barriga1655 — Serra Dois Irmãos20 de novembro de 1695), também conhecido como Zumbi dos Palmares,foi uma importante figura guerreira na história brasileira, sendo reconhecido como um dos pioneiros na resistência contra a escravidão. Foi o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior dos quilombos do período colonial. Zumbi nasceu na então Capitania de Pernambuco, na Serra da Barriga, região hoje pertencente ao município de União dos Palmares, no estado de Alagoas.

No Maranhão é fereador desde 12 de dezembro de 2017, atraves da Lei 10.747 

sábado, 17 de novembro de 2018

“O universo de Rocky não existe mais”, diz Stallone sobre o personagem em Creed II

Creed II é um filme de transição para Sylvester Stallone. O ator está interpretando Rocky Balboa há 42 anos e vê este filme como a passagem de manto para uma nova geração. Ele diz que esse é fim do universo de Rocky e que agora o personagem apenas integra o universo de Creed. Em entrevista ao Toronto Sun, ele fala sobre a jornada do personagem e o caminho para o desfecho do personagem. Ele diz:
No último filme ele enfrentou a morte e sua mortalidade. Nesse filme, ele está completamente sozinho. Tudo que ele tem é esse cara jovem. Ele agora é parte do universo Creed. O universo Rocky acabou. Foi deixado no cemitério.
O ator vem interpretando o boxeador desde 1976. Além disso, Stallone sempre esteve envolvido com a criação dos filmes, seja escrevendo ou dirigindo as produções. Já neste sétimo filme, ele vê um distanciamento de Rocky com relação ao resto da narrativa. “É como se eu estivesse passando o manto, tanto atrás das câmeras como nas próprias cenas”, disse o brucutu.
Inicialmente, Stallone foi anunciado como diretor de Creed II, mas em um certo momento da produção ele decidiu ficar apenas como ator e Steven Caple Jr.sentou na cadeira de diretor. Stallone justifica a decisão dizendo que queria manter a direção com alguém jovem, novamente colocando a questão de passar o bastão.
  • 1 de 17
  •  
  • 2 de 17
  •  
  • 3 de 17
  •  
  • 4 de 17
  •  
  • 5 de 17
  •  
  • 6 de 17
  •  
  • 7 de 17
  •  
  • 8 de 17
  •  
  • 9 de 17
  •  
  • 10 de 17
  •  
  • 11 de 17
  •  
  • 12 de 17
  •  
  • 13 de 17
  •  
  • 14 de 17
  •  
  • 15 de 17
  •  
  • 16 de 17
  •  
  • 17 de 17
Sylvester Stallone e Michael B. Jordan retornam para o elenco da sequência. Dolph Lundgren reprisa seu papel como Ivan Drago e Florian Munteanu vive seu filho, Viktor Drago.
Steven Caple Jr., de The Land, dirigiu o longa, que conta com roteiro de Cheo Hodari Coker (Luke Cage).
No novo filme, Adonis Creed continua sua carreira como boxeador rumo ao campeonato mundial. Ele segue a sombra do seu pai e precisará enfrentar o filho de Ivan Drago em uma grande luta. No meio de tudo isso, Adonis precisará lidar com sentimentos de perdão ou vingança pelo filho daquele que matou seu pai.
Creed II tem a estreia prevista no Brasil para 24 de janeiro de 2019. Confira aqui o primeiro trailer oficial do filme!