.

.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

STIMA Realiza hoje prestação de contas da entidade período 2014


Nessa sexta-feira 28, o Conselho Fiscal do STIMA estarão reunidos para realização da prestação de contas da entidade sindical.
Conselho Fiscal :
  1. Zilmar Vieira Oliveira - Fergumar Ferro Gusa do Maranhão
  2. Sanzio Antonio Pereira da Silva Sousa- Gusa Nordeste S/A
  3. Francisco de Assis dos Santos - Fundimar 
  4. José Francisco de Barros Sousa - Viena Siderúrgica
  5. Antonio José Gonçalves Alves Pereira - Gusa Nordeste -S/A
  6. Antonio Reinaldo Barbosa da Silva - Fergumar 

A Prestação de contas é uma atividade estatutária, previsto no estatuto da entidade com datas pré definidas em assembleia da diretoria plena. Essa será a primeira assembleia de prestação de contas da entidade em 2014, essa assembleia é coordenada pelo secretario de administração e finanças Sr.Pedro Neto, desde quando assumimos a diretoria do STIMA em 2009 realizamos as prestações de contas dentro do prazo estipulado, lembramos a todos os associados que as prestações de contas estão a disposição na sede da entidade para apreciação.

Fonte: Secretaria de Administração e Finanças do STIMA  


quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

STIMA Visita Trabalhadores da Viena Siderúrgica

Nessa quinta-feira 27, O STIMA esteve presente na porta de fabrica da  Viena Siderúrgica para atualizar as atividades do sindicato com os Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia.
Falamos Sobre a CCT/ 2014 falamos sobre o andamento da negociação salarial 2014 disse Jarlis Adelino Presidente do STIMA.




ATENÇÃO Temos Vagas de Emprego Para Açailândia-MA Confira Aqui

RECRUTAMENTO & SELEÇÃO

 A empresa PINDARÉ (Grupo Queiroz Galvão) está recrutando candidatos para as vagas, conforme pré-requisitos abaixo.

Título do cargo: Torneiro Mecânico
Quantidade de vagas: 2 (duas)
Setor de trabalho: Manutenção Mecânica
Horário de trabalho: administrativo
Experiência: mínima de 6 meses
Pré-requisitos: Ensino Fundamental completo, certificação na área, habilidade no manuseio de ferramentas.
  
Os interessados, favor encaminhar currículos ao Setor Gestão de Pessoas ou enviar para o seguinte e-mail:

Recrutamento & Seleção | Gestão de Pessoas
Queiroz Galvão Siderurgia

(99)3592 1716

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Homem tenta pagar restaurante com nota de US$ 1 trilhão, "Eu sou um homem trilionário. Pode chamar o gerente", disse antes de ir preso


Um sujeito não muito bem das ideias foi preso por mostrar que não bate bem da cabeça mesmo. Michael Williams, de 53 anos, foi até um restaurante na sua cidade, em Sumter, na Carolina Do Sul (EUA), com a namorada. Na hora de pagar a conta, quando o garçom já ia perguntar se o homem iria pagar com cartão de crédito ou débito, recebeu a seguinte resposta: "Tenho uma nota de US$ 1 trilhão (o equivalente a R$ 2,4 trilhões)".


Como não existe nem nunca existiu uma cédula nesse valor, o garçom respondeu, com calma, que isso estava fora de questão.

Anta irreversível, imbecil sem cura, o zé ruela insistiu:

- Mas eu sou um homem trilionário. Pode chamar o gerente.

Diante de uma situação tão insólita, o garçom acionou a polícia. Não sem antes consultar o gerente se não seria mais apropriado chamar um hospício. Williams aguardava na mesa pela resolução do problema quando a polícia chegou. 

Algemado, ele ainda gritou com os policiais que era um magnata. Levado à delegacia, Williams continuou insistindo que era um dos homens mais ricos do mundo.
O delegado prendeu o sujeito, que aguarda agora decisão de um juiz sobre o caso. A conta do restaurante ainda não foi paga — o valor só não foi divulgado. Parece que o troco de Williams será pago com algumas semanas na prisão

Nota de Esclarecimento sobre o Cartão Vale Card

Desde dezembro estamos implantando na base sindical do STIMA em Açailândia-MA, os Cartões Alimentação e Convênio, os cartões visam melhorar é beneficiar a família metalúrgica, estamos trabalhando intensamente para que o mais rápido possível os cartões estejam todos em pleno funcionamento, estamos no inicio dos trabalhos ainda estamos aprendendo a manusear e gerenciar essa nova ferramenta. Estamos ajustando tudo para que os trabalhadores possam ter comodidade e confiança em utiliza-lo, portanto pedimos a compreensão de todos nesse momento inicial.

Jarlis Adelino

Presidente do STIMA     

Duvida do Trabalhador! O CARNAVAL É OU NÃO FERIADO?


Por: Jarlis Adelino

As controvérsias geradas em torno do “feriado de carnaval" em função da tradição em vários municípios de não haver expediente laboral nas empresas, bancos ou repartições públicas, nas terças-feiras de carnaval e até nas quartas-feiras de cinzas, até meio dia, ainda são motivos de discussões entre os trabalhadores e empresas.

Esta tradição induz muitas pessoas a acreditar que é feriado e que, portanto, não precisam exercer suas atividades nos seus locais de trabalho.

Esta confusão ocorre principalmente porque a maioria dos calendários aponta em vermelho a terça-feira de carnaval indicando, genericamente, que se trata de feriado nacional.

O carnaval em 2014 será dia 04/03/2014 (terça-feira), mas como se pode verificar abaixo, nem todo município ou estado considera esta data como feriado.

LEGISLAÇÃO

A Lei nº 9.093/95 que dispõe sobre feriados civis estabelece que sejam feriados somente aqueles declarados em Lei Federal ou Estadual, quando se tratar da data magna do Estado.

São considerados também feriados religiosos os dias de guarda conforme o costume ou tradição local declarados em Lei Municipal, os quais não poderão ser em número maior do que 4 (quatro) dias no ano, já incluso neste, a Sexta-Feira da Paixão de acordo com o art. 2º da referida lei.

Não obstante, a Lei nº 10.607/2002, que dispõe sobre os feriados nacionais, alterou o art. 1º da Lei nº 662/49, concomitante com a Lei 6.802/80, estabelecendo que sejam feriados nacionais os dias:


  • 1º de janeiro → (Confraternização Universal - Ano Novo);
  • 21 de abril → (Tiradentes);
  • 01º de maio → (Dia do Trabalho);
  • 07 de setembro → (Independência do Brasil);
  • 12 de outubro → (Nossa Senhora Aparecida);
  • 2 de novembro → (Finados);
  • 15 de novembro → (Proclamação da República); e
  • 25 de dezembro → (Natal).
 ENTENDIMENTO

Com base na legislação não há dúvidas quanto aos feriados nacionais uma vez que estão expressos em Lei Federal.

Quanto aos demais feriados que a Lei Federal outorga aos municípios, há que se verificar quais os feriados municipais estão expressos em lei, limitados ao total de 4 (quatro) feriados no ano.

Partindo desse pressuposto, se não houver uma lei municipal (câmara de vereadores e prefeitura municipal de Açailândia) estabelecendo que o carnaval seja feriado, o trabalho neste dia será normal e o não comparecimento ao trabalho, acarretará prejuízos salariais ao empregado. Haverá prejuízo da mesma forma no caso da quarta-feira de cinzas. As empresas pode dar folga aos trabalhadores de forma parcial ou total mais não é obrigada a fazer ou a pagar encargos de horas extras.

Normalmente temos os possíveis feriados determinados por lei municipal, observado o limite acima, os quais podem variar dependendo dos respectivos costumes ou tradições de cada região:

Sexta-Feira da Paixão → Data móvel

Corpus Christi → Data móvel

Aniversário da Cidade → Açailândia 06 de junho

Carnaval → Data móvel

Padroeiro (São Francisco de Assis)  → Açailândia 04 de outubro

Outros → Data determinada pelo município

Melhores informações 99 3538-3786


Jarlis Adelino
                                                                             Presidente

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Uganda aprova lei que prevê prisão perpétua para homossexuais. Jornal publica lista com nomes dos ‘200 principais’ gays do país. Veja mais

O jornal Red Pepper, da Uganda, publicou nesta terça-feira, 25, uma lista do que chamou de "os 200 principais" homossexuais do país, expondo alguns ugandenses que não haviam dito publicamente ser gays, um dia depois de o presidente do país, Yoweri Museveni, ter sancionado uma severa lei contra homossexuais.
O tabloide publicou os nomes e algumas imagens de pessoas que seriam gays em uma matéria de capa sob a manchete "Expostos!". A lista inclui ativistas gays como Pepe Julian Onziema, que já havia alertado que a nova lei antigay do país despertaria violência contra homossexuais. Um popular astro de hip hop ugandense e um padre da Igreja Católica também estavam na lista.
Poucos ugandenses se identificam como gays publicamente. A matéria faz lembrar outra lista similar publicada em 2011 por um tabloide que não existe mais e que pedia a execução de homossexuais.   Um proeminente ativista dos direitos dos gays, David Kato, foi morto depois que a lista de 2011 foi divulgada. Na época, ativistas disseram acreditar que ele havia sido alvo de violência por seu trabalho na promoção dos direitos de homossexuais no país. Um juiz condenou a exposição em um país onde gays enfrentam descriminação, dizendo que isso significava uma invasão de privacidade.
"A caça às bruxas da mídia está de volta", escreveu em sua conta no Twitter Jacqueline Kasha, conhecida ativista lésbica da Uganda, que está entre os listados na matéria publicada no tabloide.
A nova lei antigay de Uganda pune as relações homossexuais com sentenças que vão até prisão perpétua. Réus primários podem ser condenados a 14 anos de prisão.   O porta-voz da polícia de Uganda Patrick Onyango disse nesta terça-feira que nenhum homossexual foi preso desde que Museveni assinou a lei, mas que pelo menos duas pessoas haviam sido detidas desde que legisladores aprovaram a lei em dezembro passado. O ativista Pepe Onziema disse que havia contabilizado até seis prisões e que mais de uma dezena de homossexuais ugandenses fugiram do país desde dezembro por preocupações com a própria segurança.
A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, advertiu que a lei institucionaliza a discriminação e poderia incentivar assédio e violência. O Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, afirmou, em comunicado, que a assinatura da lei pelo presidente na segunda-feira marcava "um dia trágico para Uganda e para todos os que se preocupam com a causa dos direitos humanos" e alertou que Washington poderia cortar a ajuda ao governo à nação africana. "Agora que esta lei foi promulgada, estamos começando uma revisão interna de nossa relação com o governo do Uganda para garantir que todas as dimensões do nosso envolvimento, incluindo programas de assistência, sustentem nossas políticas e princípios de não discriminação e reflitam nossos valores."/AP 

ATENÇÃO Metalúrgicos de Açailândia vem ai novos parceiros dos Trabalhadores

O STIMA está trabalhando para atrair mais empresas parceiras, onde ofertarão descontos e ofertas exclusivas para os Associados do Sindicato Aguardem!!!

Fonte: Secretaria de Imprensa do STIMA

STIMA Visita Trabalhadores na Gusa Nordeste para Falar Sobre a Convenção Coletiva do Trabalho 2014

Nessa Segunda-feira 24, O STIMA esteve presente na porta de fabrica da GUSA NORDESTE para atualizar as atividades do sindicato com os Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia.
Falamos Sobre o CARTÃO CONVENIO e ALIMENTAÇÃO da VALE CARD, é seus benefícios a classe trabalhadora, também falamos sobre o andamento da negociação salarial 2014 disse Jarlis Adelino Presidente do STIMA.









segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Rapidinhas do Presidente

Presidente do Codefat não admite
prejuízos ao trabalhador
O presidente do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), Quintino Severo, diretor da CUT, não admite que o déficit do órgão prejudique trabalhadores.
Ele explica: “Este déficit não é um problema de despesa, mas tem origem na receita, dado que o Tesouro Nacional não está repassando ao FAT os recursos da DRU (Desvinculação das Receitas da União), muito menos das desonerações“, ressalta Quintino.
Desonerações - O suposto déficit é de R$ 13 bilhões. O cutista reivindica aos ministérios da Fazenda e do Planejamento que os recursos da DRU e das desonerações sejam repassados ao FAT. “Somente com essas medidas seriam gerados R$ 22 bilhões em receitas”, calcula.

Walmart é condenado por acúmulo de funções
O Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul condenou a rede norte-americana Walmart a pagar acréscimo salarial de 20% a uma operadora de caixa. Ela entrou com ação por ser obrigada a realizar atividades não previstas no seu contrato de trabalho.
Abuso - A funcionária denunciou que, além das suas atividades, fazia reposição e abastecimento de mercadorias nas prateleiras, distribuição de tickets no estacionamento do supermercado, limpeza, empacotamento e manutenção do estoque, entre outras.
Mais informações: www.trt4.jus.br

Banheiro era buraco no chão”, lembra Ramalho
O sindicalismo busca melhorar as condições de trabalho. Na construção civil, essa luta é contínua e apresenta resultados efetivos. “Estamos longe do ideal, porque tem muita empresa que descuida da segurança. Mas a evolução é real”, avalia Antonio de Sousa Ramalho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de São Paulo.
Canteiros - Ramalho lembra a época em que os canteiros de obras amontoavam trabalhadores: “As peruas ficavam na rodoviária e dali levavam o peão direto pro alojamento. Em muitos locais, o banheiro era um buraco cavado no chão, onde jogavam cal virgem pra reduzir o mau cheiro”.
A Convenção Coletiva da categoria, hoje, tem cerca de 200 cláusulas. Muitas voltadas para a saúde e segurança dos trabalhadores.
Mais informações: www.sintraconsp.org.br

Vigilantes cruzam os braços contra atraso no pagamento
Os cerca de 25 vigilantes da empresa Focus, em Campinas, que prestam serviço no posto do CPQD do Santander, realizaram paralisação na manhã desta segunda (24) contra o atraso nos pagamentos.
A pressão deu resultado, pois representantes da empresa procuraram o Sindicato para negociar. Foi agendada mesa-redonda para o dia 27 de fevereiro, às 14 horas.

Protesto - O ato, coordenado pelo Sindicato da categoria, começou às 6 da manhã e foi contra o não pagamento dos vales-refeição, alimentação e transporte, além do retroativo referente ao adicional de periculosidade de 30%, conforme a Lei 12.740, regulamentada em dezembro.

Mais informações: www.sindivigilancia.org.br

Sampaio Corrêa F.C. É CAMPEÃO, É CAMPEÃO

Mais uma vez, a máxima do futebol prevaleceu: ''Clássico se decide em detalhes”. E, dessa vez, não foi diferente. Sampaio e Moto fizeram um grande jogo no Castelão, eletrizante, digno dos áureos tempos do futebol maranhense, que, aos poucos, vai ressurgindo a todo vapor.

O Sampaio começou estudando mais o time do Moto, que, por sua vez, foi pra cima e logo no inicio da partida levou perigo ao gol de Rodrigo Ramos. Em uma dividida entre o zagueiro Paulo Sérgio, do Sampaio, e o atacante Henrique, do Moto, a bola passou raspando a trave tricolor. O lance resultou na contusão do defensor boliviano, que foi obrigado a deixar a partida com uma entorse no tornozelo, momentos depois.

Aos poucos, o Sampaio foi equilibrando a partida e começou a levar perigo ao gol do Moto. Quase no fim do primeiro tempo, William teve uma boa chance, mas chutou fraco. As equipes foram para o vestiário com igualdade no marcador.

Na volta para o segundo tempo, o Sampaio se postou melhor em campo e seguiu pressionando. Mas em um contra-ataque perigoso, o Moto teve um pênalti a seu favor. O lance gerou muitas reclamações dos jogadores tricolores, que alegaram falta fora da área. Mas o jogador motense desperdiçou a cobrança, batendo pra fora. Na sequência, Eloir recebeu a bola e tocou para o lateral Totti, que arriscou de fora da área e fez um bonito Gol.

Após abrir o placar, o Sampaio continuou na pressão e Edgar, em jogada inspirada, tocou para William, e o estreante não desperdiçou: 2x0. Euforia da torcida boliviana nas arquibancadas.

O Moto, nos minutos finais da partida, pressionou e ainda diminui e chegou ao empate, mas não houve mais tempo e os gritos de “É campeão” ecoaram pelo Castelão. A torcida do Sampaio festejou muito a conquista do primeiro turno do Campeonato Maranhense.

Além do título, o Sampaio garantiu vaga direta na final do campeonato, além de carimbar o passaporte para a Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2015.

O próximo jogo do Sampaio, já pelo segundo turno do Maranhense, será contra o Imperatriz, quarta-feira, às 18h, fora de casa.
É CAMPEÃO, É CAMPEÃO

Mais uma vez, a máxima do futebol prevaleceu: ''Clássico se decide em detalhes”. E, dessa vez, não foi diferente. Sampaio e Moto fizeram um grande jogo no Castelão, eletrizante, digno dos áureos tempos do futebol maranhense, que, aos poucos, vai ressurgindo a todo vapor.

O Sampaio começou estudando mais o time do Moto, que, por sua vez, foi pra cima e logo no inicio da partida levou perigo ao gol de Rodrigo Ramos. Em uma dividida entre o zagueiro Paulo Sérgio, do Sampaio, e o atacante Henrique, do Moto, a bola passou raspando a trave tricolor. O lance resultou na contusão do defensor boliviano, que foi obrigado a deixar a partida com uma entorse no tornozelo, momentos depois.

Aos poucos, o Sampaio foi equilibrando a partida e começou a levar perigo ao gol do Moto. Quase no fim do primeiro tempo, William teve uma boa chance, mas chutou fraco. As equipes foram para o vestiário com igualdade no marcador.

Na volta para o segundo tempo, o Sampaio se postou melhor em campo e seguiu pressionando. Mas em um contra-ataque perigoso, o Moto teve um pênalti a seu favor. O lance gerou muitas reclamações dos jogadores tricolores, que alegaram falta fora da área. Mas o jogador motense desperdiçou a cobrança, batendo pra fora. Na sequência, Eloir recebeu a bola e tocou para o lateral Totti, que arriscou de fora da área e fez um bonito Gol.

Após abrir o placar, o Sampaio continuou na pressão e Edgar, em jogada inspirada, tocou para William, e o estreante não desperdiçou: 2x0. Euforia da torcida boliviana nas arquibancadas.

O Moto, nos minutos finais da partida, pressionou e ainda diminui e chegou ao empate, mas não houve mais tempo e os gritos de “É campeão” ecoaram pelo Castelão.  A torcida do Sampaio festejou muito a conquista do primeiro turno do Campeonato Maranhense.

Além do título, o Sampaio garantiu vaga direta na final do campeonato, além de carimbar o passaporte para a Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2015.

O próximo jogo do Sampaio, já pelo segundo turno do Maranhense, será contra o Imperatriz, quarta-feira, às 18h, fora de casa.

Gatinho que não possui patas dianteiras mostra superação ao aprender a andar como humanos

Animal sofreu acidente e foi salvo por veterinário.


Um gatinho que não possui as patas dianteiras vem fazendo sucesso no Facebook por sua história de superação. O jovem felino já possui até mesmo uma página na rede social, que pode ser vista aqui.

Depois de um acidente, ele foi salvo por um veterinário, e desde então começou a desenvolver seus movimentos para conseguir lhe dar com a situação que se encontrou.

Segundo os donos, Raising Mercury é um gato que faz tudo que os outros de sua espécie fazem. Eles relatam que no futuro o animal possa ganhar uma cadeira de rodas para conseguir se locomover, mas por enquanto ele está feliz com suas duas patas que restaram.

Gatinho que não possui patas dianteiras mostra superação ao aprender a andar como humanos

Avião da TAM com 251 passageiros faz pouso não previsto nas Ilhas Canárias

Um avião da TAM, que fazia uma viagem de Frankfurt, na Alemanha, com destino a São Paulo, teve que fazer um pouso não previsto nas Ilhas Canárias na tarde deste sábado (22). O voo JJ9374, que transportava 251 passageiros, apresentou problemas operacionais.
Por meio de nota, a TAM Linhas Aéreas informou que a medida foi necessária para uma inspeção no equipamento chamado recirculation fan, sistema localizado em um dos banheiros do fundo da aeronave que tem como função auxiliar a circulação do ar na cabine.
Ainda de acordo com a companhia, o procedimento não colocou em risco a segurança do voo, "porém se fez necessário para garantir o conforto dos passageiros, já que a falha ocasionou cheiro desagradável a bordo".
A previsão é de que o avião chegue ao País às 2h09 desta segunda-feira (24).

HSBC alerta sobre mercados emergentes; lucro fica abaixo de previsões

O HSBC anunciou nesta segunda-feira um crescimento de 9 por cento no lucro anual antes de impostos, o que ficou abaixo das expectativas do mercado, e alertou para uma maior volatilidade nos mercados emergentes neste ano, acarretando uma forte queda no preço de seus papéis.
O maior banco da Europa já cortou dezenas de milhares de empregos e vendeu ou fechou 60 negócios durante os últimos três anos para cortar custos, mas está sendo pressionado para mostrar como poderá impulsionar as receitas frente a um crescimento em desaceleração.
O alerta do presidente-executivo Stuart Gulliver sobre mercados instáveis este ano causaram uma queda de mais de 4 por cento nos papéis do HSBC.
O banco anunciou ter registrado um lucro antes de impostos de 22,6 bilhões de dólares em 2013, uma alta ante os 20,6 bilhões de dólares em 2012 mas abaixo da estimativa média de 24,3 bilhões de dólares em uma pesquisa da Thomson Reuters. As receitas caíram 5 por cento, refletindo parcialmente a alienação de alguns negócios.

As despesas operacionais diminuíram em 4,3 bilhões de dólares no ano passado, abaixo da queda de 5 bilhões de dólares esperada por analistas.

Com Netinho, Bloco da Preta Gil anima 300 mil pessoas

Preta Gil estava acompanhada de estrelas como a madrinha do bloco, a atriz Carolina Dieckmann, vestida de Mulher Maravilha

O Bloco da Preta, comandado pela cantora carioca Preta Gil, reuniu cerca de 300 mil pessoas, de acordo com estimativa de policiais militares, no centro do Rio de Janeiro, no seu quinto ano de desfile. A concentração teve início na tarde de ontem, na esquina das avenidas Presidente Vargas com a Rio Branco e saiu às 15h. 

Antes, a cantora ameaçara não sair com o bloco, após um grupo criar uma confusão. Preta convocou os súditos a festejarem a diversidade: "Este bloco é de quem ama o próximo e aceita a diversidade. Este é o momento de nós reafirmarmos o respeito ao próximo e dizer não à homofobia". Muito aplaudida, acenou para todos e mandou beijos. 

Preta Gil estava acompanhada de estrelas como a madrinha do bloco, a atriz Carolina Dieckmann, vestida de Mulher Maravilha. No time de celebridades, quem também marcou presença foi a rainha do bloco, Lia Khey, além da atriz Sheron Menezes e a musa do bloco, Fernanda Paes. O bloco foi puxado por dois trios elétricos. 

Preta Gil veio no primeiro, acompanhada de mais de 50 ritmistas. O desfile contou com a participação especial do cantor baiano Netinho. O bloco também celebrou os 10 anos de carreira da cantora e anima os foliões com um repertório de músicas do seu novo DVD Bloco da Preta, além de sucessos deste Verão como Lepo Lepo, do grupo de pagode baiano Psirico. Preta Gil é amiga do cantor e percussionista Márcio Victor, líder do Psirico.

A cada 100 índios mortos no Brasil, 40 são crianças

Cerca de 40% de todas as mortes entre índios brasileiros registradas desde 2007 foram de crianças com até 4 anos. O índice é quase nove vezes maior que o percentual de mortes de crianças da mesma idade (4,5%) em relação ao total de óbitos no Brasil no mesmo período.
Um levantamento da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) obtido pela BBC Brasil por meio da Lei de Acesso à Informação revela que indicadores da qualidade do serviço de saúde prestado aos índios estão em patamar muito inferior aos do resto da população.
Os dados detalham todas as mortes de índios registradas desde 2007 em cada um dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que englobam uma população de cerca de 700 mil índios. As informações de 2013 estão incompletas.
O levantamento mostra que nos últimos sete anos 2.365 índios morreram por causas externas (acidentes ou violência), dos quais 833 foram vítimas de homicídio. Outras 228 mortes por lesões não tiveram sua intenção determinada. Não há informações sobre a autoria dos crimes.
O DSEI Mato Grosso do Sul responde pelo maior número de assassinatos de índios: 137 nos últimos sete anos. Na reserva de Dourados, área indígena visitada pela BBC Brasil, moradores evitam circular à noite por medo de ataques.
Delmira Cláudio, índia guarani kaiowá, teve três filhos assassinados dentro da reserva, todos com menos de 30 anos. Líderes da comunidade atribuem a violência à inoperância policial, ao aumento de moradores não índios e à venda de álcool dentro da reserva.
Os suicídios, por sua vez, foram a causa de 351 mortes de indígenas desde 2007. A região do Alto Solimões, no oeste do Amazonas, registrou mais casos, 104.
Um artigo recente da pesquisadora Regina Erthal apontou como principal causa para o fenômeno, comum entre o povo ticuna, o acirramento de conflitos que têm como base "o abandono a que tal população tem sido submetida pelos órgãos responsáveis pela definição e implementação das políticas públicas".
Caso fosse um país e levando em conta os dados de 2012, o DSEI Alto Solimões teria a segunda maior taxa de suicídios por habitante do mundo, 32,1 por 100 mil, atrás apenas da Groelândia. O índice entre os índios brasileiros é de 9 suicídios por 100 mil e, no país, 4,9.
Comparações entre os padrões de morte dos índios e dos demais brasileiros em 2011, último ano em que há dados gerais disponíveis, revelam outras grandes discrepâncias.
Enquanto entre os índios as mortes se concentram na infância e só 27,4% dos mortos têm mais de 60 anos, na população geral os com mais de 60 respondem por 62,8% dos óbitos.
Nas últimas décadas, avanços no sistema de saúde reduziram as mortes por doenças infecciosas e parasitárias entre os brasileiros para 4,5% do total. Entre os índios, o índice é de 8,2%.
Hoje quase a metade das mortes no Brasil se deve a doenças mais complexas e difíceis de tratar: problemas no aparelho circulatório (30,7%) e câncer (16,9%).
Já entre os índios doenças respiratórias, como gripes que evoluem para pneumonia, ainda são a principal causa de morte (15,3%). Cânceres respondem por apenas 2,9% dos óbitos entre indígenas.
Índia xavante

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Rapidinhas do Presidente

Ministério prorroga prazo para
debater Norma de insalubridade
A Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego prorrogou o prazo das Consultas Públicas do texto técnico de revisão dos Anexos 3 e 8 da Norma Regulamentadora NR-15. A NR trata da exposição de trabalhadores a calor e vibrações.
A prorrogação consta das Portarias 421 e 422, publicadas no Diário Oficial da União na terça (18), seção I, página 68.
Mais informações: www.mte.gov.br

Hope pagará multa por obrigar
funcionária a mostrar roupa íntima
A fábrica de roupas íntimas Hope do Nordeste perdeu, em todas as instâncias, recursos para contrapor ação de operadora de telemarketing por danos morais. A empresa foi condenada a pagar R$ 27.283,20 por obrigar a funcionária a mostrar as roupas íntimas. O objetivo era conferir se as trabalhadoras saíam com peças da indústria.
Mais informações: www.tst.jus.br

Trabalhadores da Ambev elaboram pauta nacional

O Encontro Nacional dos Trabalhadores da Ambev aprovou pauta de reivindicações que inclui proposta de Piso salarial de R$ 1.500,00 e unificação de datas-bases. O grupo tem mais de 51 mil trabalhadores no continente americano; cerca de 32 mil só no Brasil.
Realizado quarta (19), em São Paulo, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Alimentação (CNTA), o evento reuniu 50 dirigentes de Sindicatos e Federações do setor. A CNTA é presidida por Artur Bueno de Camargo.
Mais informações: www.cntaafins.org.br

Petrobras inicia produção no campo de Sapinhoá, no pré-sal
A estatal informou quinta (20) que iniciou a produção de um novo poço no campo de Sapinhoá, com vazão de 33 mil barris por dia, um elevado nível de extração. O poço, localizado a uma profundidade de 2.118 metros, está interligado à plataforma FPSO Cidade de São Paulo.

Desemprego cai em relação a janeiro de 2013

O Brasil vem conseguindo manter alto o nível de emprego. Janeiro registra desemprego de 4,8%, ou seja, 0,6% abaixo dos 5,4% do janeiro anterior. A renda (rendimento habitual) média mostra leve melhora. Sobe 3,6% em relação a janeiro de 2013 e chega a R$ 1.983,80.
Os dados constam da Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE. No que diz respeito ao emprego, é o melhor desempenho para janeiro, em 11 anos de apuração. Nos últimos 12 meses, o País criou 1.045.848 postos de trabalho: aumento de 2,64% nos celetistas.
Caged - Janeiro registra saldo positivo de 29.595 vagas formais. Expansão de 0,07% em relação a dezembro de 2013, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego. O comércio fechou mais de 78 mil empregos, devido à sazonalidade do setor, que contrata muito para os meses finais do ano e efetiva apenas parte dos contratados.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Manaus receberá próximo encontro estadual do Macrossetor da Indústria da CUT

Em reunião nesta sexta (14), coordenação do MSI avaliou ações desenvolvidas e traçou novas estratégias. Secretário geral da CUT destacou importância da indústria para desenvolvimento do país.

Crédito: CNM/CUT
Reunião aconteceu na sede da CNM/CUT
Reunião aconteceu na sede da CNM/CUT
Em reunião nesta sexta-feira (14), a coordenação do Macrossetor da Indústria da CUT (MSI) acertou a realização do próximo encontro estadual: será nos dias 24 e 25 de abril, no Amazonas. O evento em Manaus será o quinto promovido pelo MSI (os anteriores foram no Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco e Paraíba).
Na reunião desta sexta, que aconteceu na sede da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), em São Bernardo do Campo (SP), a coordenação também fez uma avaliação dos encontros anteriores e traçou novas metas visando a construção da pauta dos trabalhadores cutistas dos cinco setores do MSI para a plataforma da classe trabalhadora e para a política industrial do país. A pauta será entregue aos candidatos às eleições deste ano.
O Macrossetor da Indústria é composto por metalúrgicos (CNM), químicos (CNQ), trabalhadores na construção e mobiliário (Conticom), indústria do vestuário (CNTV) e alimentação (Contac). Além dele, a CUT estruturou mais três (serviço público, trabalhadores rurais, e comércio e serviços), com o objetivo de articular os ramos para ações estratégicas comuns. A Secretaria Geral da CUT é a responsável pelo acompanhamento dos macrossetores
Na reunião desta sexta, estiveram presentes o presidente da CNM, Paulo Cayres, e as presidentas da CNQ, Lu Varjão, e da CNTV, Cida Trajano, e o assessor Dario Carneiro, representando a Conticom.
O secretário geral da CUT, Sérgio Nobre, fez a abertura da reunião e destacou a importância dos macrossetores para articular as demandas comuns dos ramos e serem também instrumentos para que a Central cumpra seu papel de organizar a classe trabalhadora e lutar por suas reivindicações.
“O governo e os empresários não pensam o ramo industrial de forma dividida. Não separam metalúrgicos, químicos, construção, alimentação e vestuário. Pensam no conjunto da indústria. Este é mais um motivo para nos unir e lutar em conjunto”, afirmou Nobre.

O secretário geral da CUT lembrou também que a indústria brasileira está vivendo um momento difícil, deixando de produzir para importar produtos. “A Petrobras, por exemplo, está voltando a comprar plataformas de Cingapura, o que ameaça empregos e o desenvolvimento em nosso país. E os empresários daqui não estão perdendo, porque se associaram a empresas de Cingapura para atender a Petrobras e pagar salários menores”, exemplificou Nobre.

Ele ressaltou ainda que a indústria é a maior geradora de impostos no país e que é ela que impulsiona os outros setores da economia. “Portanto temos de interferir nesse processo”, salientou.

Crédito: CNM/CUT
A partir da esq., Cida, Cayres e Lu, na reunião da coordenação do MSI
A partir da esq., Cida, Cayres e Lu, na reunião da coordenação do MSI
Avaliação
Paulo Cayres assinalou que a CNM e as demais confederações do MSI estão empenhadas em articular suas ações para fortalecer as lutas dos mais de 2,5 milhões de trabalhadores que representam em todo o país.

Para ele, os encontros estaduais feitos até o momento contribuem para que os sindicatos das bases das cinco categorias também se unam localmente. “Com isso, estamos exercitando também o princípio da solidariedade de classe e da luta por igualdade de direitos”, avaliou o presidente da CNM/CUT.

Cida Trajano e Lu Varjão também avaliaram que os encontros impulsionam as lutas das categorias e que, em cada estado, elas também estão se articulando para apresentar a sua plataforma aos candidatos a governador.
(Fonte: Solange do Espírito Santo – assessoria de imprensa da CNM/CUT)

comentários

Dilma venceria eleição no primeiro turno com 43,7% dos votos, indica CNT/MDA

Na primeira pesquisa de 2014, Marina Silva continua a ser a adversária mais forte da presidente, com 20% das intenções

A presidente Dilma Rousseff aparece com 43,7% das intenções de voto na disputa presidencial contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada nesta terça-feira, 18. O primeiro levantamento deste ano traz um cenário parecido se comparado à última pesquisa, de novembro do ano passado.
Segundo a pesquisa mais recente, Aécio ficaria em segundo colocado, com 17%, seguido por Campos, com 9,9%. Em novembro, a presidente receberia 43,5% das intenções de voto, contra 19,3% do tucano e 9,5% do pernambucano. Com esse resultado, Dilma seria reeleita no primeiro turno.
No cenário em que a ex-ministra Marina Silva (PSB) é apresentada como candidata, a vantagem de Dilma diminui e ela teria 40,7%. A ex-ministra ficaria em segundo, com 20,6%, seguida de Aécio, com 15,1%. Apesar da redução, a petista também venceria na primeira etapa do pleito.
Na pesquisa anterior, divulgada em novembro, Dilma também ganharia na primeira etapa considerando esse mesmo cenário. A presidente alcançava 43,5% das intenções de voto, enquanto a soma das intenções de voto dos presidentes do PSDB e do PSB chegava a 28,8%. Aécio teve 19,3% e Campos, 9,5% das intenções de voto.
O levantamento, realizado em parceria com o MDA Pesquisa, ouviu cerca de 2 mil pessoas, em 137 municípios, em 24 Estados, entre os dias 9 e 14 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais.
Segundo turno. De acordo com a CNT, Dilma também venceria todos os concorrentes num eventual segundo turno. Contra a ex-ministra Marina Silva (PSB), Dilma teria a menor vantagem: 44,6% contra 26,6% de Marina.
Contra Aécio, a presidente aparece com 46,6% contra 23,4% do tucano. Na disputa com Campos, a petista venceria com 48,6% contra 18%.
Os resultados praticamente repetem os porcentuais verificados em novembro. Naquele mês, Dilma venceria Marina com 45,3% dos votos contra 29,1% da ex-ministra. Contra o tucano, a presidente seria reeleita com 46,6%, contra 24,2%. Já Campos receberia 17,5% ante 49,2% de Dilma.

Copa do mundo tem vaga de emprego em SP com salário de R$ 220 por dia


A cidade de São Paulo tem disponíveis 872 oportunidades de trabalho relacionadas à Copa do Mundo que terá seu primeiro jogo na capital, em junho. Os empregos são temporários e as vagas foram divulgadas pelo CAT (Centro de Apoio ao Trabalho) da cidade nesta terça-feira (18).

São oferecidas 300 vagas para atendente de lanchonete com salário de R$ 120 por dia trabalhado e 264 para a função de operador de caixa com a remuneração de R$ 140 por dia.

Também estão disponíveis 176 oportunidades para promotor de vendas com remuneração diária de R$ 120, 88 para líder de loja (supervisão) com salário diário de R$ 170 e 44 vagas para supervisor de loja com salário de R$ 220 por dia.

As oportunidades não exigem experiência dos candidatos e são referentes aos cinco dias de jogos do evento previstos para ocorrer na Arena Corinthians, o Itaquerão.

Quem for se inscrever para as vagas deve, entretanto, ter terminado o ensino fundamental na escola. Segundo a central trabalhista, também é desejável que o candidato tenha conhecimento na língua inglesa ao menos no nível básico.

Os contratados contarão com os benefícios de vale-transporte e refeição no local do evento. A carga horária será definida de acordo com os horários e dias estabelecidos pela FIFA.

Inscrições 

Quem quiser participar do processo seletivo para as vagas deve ter ao menos 18 anos e comparecer a uma das unidades dos CAT com o RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS. O centro trabalhista oferece os dois últimos documentos, caso o interessado não os possua.

Quem quiser entrar em contato com o PAT pode ligar para o número 156 ou acessar o sitewww.prefeitura.sp.gov.br/trabalho.

Endereços

CAT Luz
Av. Prestes Maia, 913/919

CAT Itaquera
Rua Gregório Ramalho, 12

O atendimento nas centrais é de segunda à sexta, das 8 às 17h

Rapidinhas do Presidente


   Segurança dos profissionais de imprensa é tema do Câmera Aberta de quarta (19)

A morte do cinegrafista Santiago Andrade reacendeu o debate sobre a segurança dos profissionais de imprensa. Nas grandes manifestações de rua, ano passado, vários profissionais sofreram agressões de policiais ou de grupos supostamente radicais.
Falta, porém, discutir que condições de trabalho as empresas oferecem aos profissionais levados à linha de frente das coberturas. A morte, agora, de Santiago Andrade (Band), bem como a de Tim Lopes (Globo), em 2002, revela a fragilidade dessas condições.
Além dos equipamentos e de técnicas de segurança para áreas de conflito, as empresas oferecem seguro de vida ou retaguarda jurídica às famílias? Elas acionam o Estado quando seus funcionários sofrem violência policial?
Câmera Aberta vai ouvir o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, José Augusto Camargo (Guto); o coordenador de Comunicação do Instituto Conectas de Direitos Humanos, João Paulo Charleaux; e o presidente da Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo, Inácio Teixeira.
Na linha - Por telefone, o presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Celso Schröder, fala sobre as ações da entidade por melhores condições de trabalho no setor.
Internet - Câmera é transmitido pela TV Aberta São Paulo (9 NET e 186 VivoTV), das 19 às 20 horas. Assista também no site www.tvaberta.tv.br

Dieese lista 11 categorias com direito a protetor solar
Na sexta (14), a Agência Sindical divulgou matéria dando conta da luta de trabalhadores para receber protetor solar dos empregadores. No sábado, dia 15, os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) de Guarulhos reuniram-se no Sindicato dos Servidores Municipais (Stap), quando elaboraram pauta de reivindicações onde o item direito a protetor solar desponta.
Na segunda, dia 17, o Dieese, em comunicado assinado por Daniel Ribeiro, nos informou sobre 11 categorias profissionais que já têm o benefício garantido em Convenção Coletiva.
São elas: trabalhadores dos Correios; na Construção Civil do Distrito Federal, de Pernambuco, do Rio de Janeiro e de São Paulo; Eletricitários de Furnas (MG); Purificação e Distribuição de Água Caesb (DF), Caern (RN), Casan (SC); Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU); e Limpeza Urbana da capital paulista.
Os dados foram apurados pelo Sistema de Acompanhamento de Informações Sindicais do Dieese.
Inca - O Instituto Nacional do Câncer aponta que 134.170 brasileiros tiveram câncer de pele só em 2012.

Desemprego na Grécia atinge recorde histórico
A taxa de desemprego na Grécia bate mais um recorde, chegando a 28%. Segundo o instituto Elstat, o desemprego cresce mês a mês.
A taxa de 28% foi 1,7 ponto percentual acima da registrada no mesmo período de 2012 e 0,3 ponto percentual além da verificada no mês anterior. Já há 1,38 milhão de desempregados.
(Fonte: agênciabrasil.ebc.com.br).

Toyota fará fábrica em Porto Feliz
A Toyota vai fabricar motores em Porto Feliz, Interior paulista. Serão gerados 700 empregos diretos.Os investimentos devem chegar a R$ 1 bilhão. A fábrica também quer nacionalizar cerca de 65% dos componentes, a fim de atender ao programa Inovar-Auto, do governo federal.

Vicentinho lidera bancada do PT
O Partido dos Trabalhadores escolheu Vicente Paulo da Silva para líder na Câmara. Metalúrgico de origem, que chegou à presidência da Central Única dos Trabalhadores, é também o primeiro negro a liderar a bancada petista. Vicentinho afirma: “Para mim, é fundamental a luta pela dignidade humana. Ser um líder operário e negro são fatores que caminham conosco, mas meu papel será o de representar toda a bancada”.
Mais informações, no site do Vicentinhowww.vicentinho.com

Desemprego continua alto entre jovens da América Latina
A Organização Internacional do Trabalho revela que 7,8 milhões de jovens latino-americanos entre 15 e 24 anos estão desempregados, o equivalente a 13,9% da força de trabalho nesta faixa. Segundo a OIT, 27 milhões de jovens trabalham na economia informal. Dados se referem a 2011.