.

.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Sony anuncia PlayStation Classic, versão mini do PS1 com 20 jogos na memória

A multinacional japonesa Sony anunciou nesta quarta-feira (19) o PlayStation Classic, uma versão "mini" de seu icônico console PS1 que foi lançado há 25 anos, e que contará com 20 jogos pré-instalados. 
O videogame, que será lançado no Japão, Estados Unidos e Europa em 3 de dezembro, é 45% menor que o console original lançado no mercado japonês na mesma data de 1994, e incluirá dois controles, um cabo HDMI e um cabo USB a Micro-b, detalhou a companhia. 
Dos 20 jogos pré-instalados no console, que pesará apenas 170g, a companhia só confirmou "Jumping Flash!" (1995), "Wild Arms" (1996), "Final Fantasy VII" (1997), "Tekken 3" (1997) e "R4 Ridge Racer Type 4" (1998). 
A Sony segue assim os passos de sua concorrente Nintendo, que lançou com sucesso seus NES Classic e Super NES Classic, em novembro de 2016 e outubro de 2017, respectivamente.
O primeiro PlayStation (PS1) foi lançado em 3 de dezembro de 1994 e sua produção foi encerrada em março de 2006. 
Com vendas de mais de 102 milhões exemplares, o PS1 é o quarto console mais vendido da história após seu sucessor, o PlayStation 2 (PS2), que acumula mais de 155 milhões, e os portáteis Nintendo DS e Game Boy/Game Boy Color de Nintendo.

SBT Emissora de televisão anuncia transmissão da Copa Nordeste 2019

Após a edição de 2018 com indicadores positivos de audiência, o SBT terá seis cotas comerciais nas praças para realização do feito.

SBT, em parceria com a CBF, anunciou nesta quarta-feira, 18 de setembro, a transmissão da Copa Nordeste 2019, que terá início no fim da primeira quinzena de janeiro e terminará em maio. Na primeira fase, 16 clubes disputarão a competição. Os jogos acontecerão às terças, às 21h45, e aos sábados, às 16h.
- A transmissão da Copa Nordeste é um fator de extrema importância que agrega à nossa programação, pois o futebol não é um produto comum em nossa grade. Com isso, conseguimos atrair anunciantes variados, além de consolidar a presença da emissora na vida das pessoas, cumprindo o papel fundamental de um veículo de comunicação - destacou Marcelo Parada, Diretor Comercial do SBT. A decisão de manter o Nordestão na grade das filiadas da emissora é resultado do bom desempenho de audiência deste ano. Somente nas três principais praças - Fortaleza, Bahia e Recife - o SBT ocupou o primeiro e o segundo lugar no ibope com a exibição dos jogos, e não ficou nenhuma vez com a terceira colocação. Ao todo, foram 30 horas de transmissão que atingiram cerca de 330 milhões de espectadores na região Nordeste. A capital baiana foi a que obteve melhor média de audiência, com 10,2 pontos, seguida por Fortaleza, que teve 8.8 pontos e por Recife, que somou 7.3 pontos de audiência, em média. Além disso, as cotas comerciais também tiveram uma boa representatividade em 2018, com anunciantes de nível nacional como Schin, Net/Claro, 51 e O Boticário. Para 2019 haverá um incremento: serão seis patrocinadores.

EDITAL VALE 2018: Inscrições para 600 vagas seguem abertas até o dia 21 de setembro, também aparecem oportunidades na Coca Cola e Caixa Economica

As inscrições para o Programa de Estágio Vale 2019 estão abertas! O processo de seleção vai até o final deste ano e a contratação dos selecionados acontece em janeiro de 2019. São cerca de 600 vagaspara diversos cursos de nível técnico e superior em seis estados: Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e Rio de Janeiro. Iniciar a sua carreira no Programa de Estágio da Vale significa ter a oportunidade de conhecer e participar dos desafios de uma empresa global, na qual você vai desenvolver habilidades essenciais para sua trajetória profissional.
De acordo com o edital, as inscrições poderão ser feitas até o dia 21 de setembro de 2018. A Vale é uma das maiores mineradoras do Brasil e do mundo. Atualmente é uma empresa privada e listada na Bolsa de Valores. Além da mineração, também atua em logística, energia e siderurgia. Tem como missão transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. E tem como objetivo alcançar o primeiro lugar no ranking mundial de empresas de recursos naturais no que se refere à criação de valor de longo prazo, com respeito às pessoas e ao planeta. A Vale está presente em cerca de 30 países.

Nível Técnico

Estudantes com formação prevista até 12/2020.
CARGA HORÁRIA
4h ou 6h com duração máxima de 1 ano
BENEFÍCIOS
  • Bolsa-auxílio (4h): R$ 664,20
  • Bolsa-auxílio (6h): R$ 996,30
  • Vale-refeição ou refeitório
  • Vale-transporte ou transporte
  • Seguro de vida
  • Assistência médica
  • Férias: 15 dias a cada 6 meses
ATENÇÃO: é necessário estar matriculado na instituição de ensino, estar formado na parte teórica ou não ter cumprido ainda a carga horária obrigatória de estágio.

Nível Superior

Estudantes com formação prevista entre 12/2019  e 12/2021.
CARGA HORÁRIA
4h ou 6h com duração máxima de 2 anos
BENEFÍCIOS
  • Bolsa-auxílio (4h): R$ 916,35
  • Bolsa-auxílio (6h): R$ 1375,14
  • Vale-refeição ou refeitório
  • Vale-transporte ou transporte
  • Seguro de vida
  • Assistência médica
  • Férias: 15 dias a cada 6 meses
    ATENÇÃO: é necessário apresentar a declaração da instituição de ensino autorizando a realização de estágio.
Para mais Informações, clique aqui
Para inscrição Programa de Estágio Vale, clique aqui

Coca-Cola também abriu oportunidades

A Coca-Cola FEMSA Brasil, a maior engarrafadora de Coca-Cola no país, faz saber aos interessados a abertura do Programa de Estágio Coca-Cola FEMSA para preenchimento de vagas no ano de 2019. De acordo com o anúncio, o candidato selecionado vai participar do desenvolvimento e execução de projetos inovadores e de impacto na área e negócio, assim como treinamentos técnicos e comportamentais voltados para aceleração da carreira.
Com aproximadamente 20 mil colaboradores, a Coca-Cola FEMSA Brasil atende diariamente 72 milhões de consumidores dos estados de SP, MG, PR, SC, RS, MS e parte do RJ, produzindo e distribuindo o mais completo portfólio de bebidas. Segundo informações da empresa, as oportunidades desta seleção são destinadas aos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.
“O estagiário é visto como talento dentro da FEMSA”, informa a empresa no anúncio de seleção. Os estagiários vão participar do desenvolvimento das atividades de uma das seguintes áreas: Marketing; Administração e finanças; Comercial; Recursos Humanos; ou Supply Chain. A faixa salarial é de R$1.400,00 e os candidatos serão contratados sob regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Saiba mais

CAIXA oferece oportunidades em Estágio

A Caixa Econômica Federal (CEF), através do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), faz saber aos interessados a abertura de cinco editais de processo seletivo (Estágio Caixa 2018) que têm objetivo de preenchimento de vagas na modalidade cadastro reserva. As contratações serão feitas conforme necessidade.
As oportunidades são destinadas a candidatos que estejam cursando o ensino médio ou ainda algum curso técnico integrado ao ensino médio nas áreas de Técnico em Administração, Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio, Técnico em Finanças Integrado ao Ensino Médio, Técnico em Secretariado integrado ao Ensino Médio, Técnico em Segurança do Trabalho. Além disso, o novo estágio da Caixa 2018 oferece oportunidades para graduandos nas áreas de Informática (Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Bacharel), Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Software e Sistemas de Informação), Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Elétrica, Engenharia Agronomia/Agrícola, Engenharia Mecânica, Engenharia de Telecomunicações e Direito.
O processo de cadastramento visa ao preenchimento de vagas para regiões que não possuem candidatos aprovados na lista de classificação dos processos anteriores.
  • Concurso: Caixa Econômica Federal (CEF)
  • Banca organizadora: CIEE
  • Escolaridade: médio, técnico e superior
  • Número de vagas: CR
  • Remuneração: Bolsas de até R$1.000,00 + benefícios
  • Pré-Inscrições: até 05 de outubro todos os cargos, com exceção do Direito (até 11 de outubro)
  • Provas: online
  • Situação: PUBLICADO

sábado, 15 de setembro de 2018

Açailândia Perdeu um Mito! Miro Ferraz


MIRO FERRAZ... 
Miro Ferraz



Hoje Sábado 15 de setembro de 2018,

Um sábado normal! Sábado que nos anos 80 e 90 era o SABADO! ! ! Todos, esperávamos esse dia ansiosamente para curtirmos no CLUBE GIGANTÃO, Miro Ferraz, sonhador, um lutar... Seu trabalho, sua arte fizeram parte da minha e de muitas infâncias em Açailândia... No Castelinho e Gigantão passei pelos anos 90, a melhor década de todos os tempos, infelizmente Miro nos deixou, mais sua história em nossa cidade com toda certeza ficou.
Vereador Jarlis Adelino...


Ficou a saudade e sua história!

Por: Jarlis Adelino

turno", diz especialista em pesquisas O Jornal de todos Brasis "

"Haddad com passaporte carimbado para 2º Haddad com passaporte carimbado para 2º turno", diz especialista em pesquisas

414
 
Jornal GGN - Autor do livro O Voto do Brasileiro (2018), especialista em pesquisa de opinião e sócio do Instituto Brasilis, Alberto Carlos Almeida analisou, a partir do Datafolha divulgado na noite de sexta (14), que Fernando Haddad tem "passaporte carimbado para o segundo turno", restando saber se ele disputará essa rodada com Geraldo Alckmin ou Jair Bolsonaro.
 
Tudo indica que Alckmin, assim como Marina, está no volume morto. Ciro Gomes tende, na visão de Alberto, a ficar de fora do segundo turno graças ao crescimento mais acelerado de Haddad. Ambos estão empatadas com 13% hoje, mas Alberto destacou que Haddad tem ganhado cerca de 1 ponto por dia na pesquisa, o que acrescenta 1,1 milhão de votos válidos a cada dia.
 
Além disso, há a expectativa de - com base no desempenho do PT nas últimas 3 eleições - Haddad dobrar a votação no Nordeste nas próximas semanas, garantindo mais 5 pontos percentuais.
 
Alberto também anotou que Haddad vem reduzindo a distância de Alckmin no segundo turno e, mais do que isso, quando analisadas todas as respostas nesse cenário, e não apenas votos válidos, é perceptível que o petista tirou votos do tucano, pois ele cresceu sem que o número de eleitores sem candidato de segundo turno tenha caído.
 
Leia o texto na íntegra: 
 
Por Alberto Carlos Almeida
 
Marina fora do jogo; Ciro indo na mesma direção, só uma questão de tempo. Alckmin na UTI e Bolsonaro saudável. Haddad com passaporte carimbado para o segundo turno.
 
Haddad cresceu 1 ponto percentual por dia, isso dá 1 milhão e 100 mil votos válidos a mais a cada dia dessa semana.
 
Seguindo minha linha de raciocínio: já considero o primeiro turno resolvido para o Haddad, isto é, ele já tem vaga assegurada no segundo turno. Portanto, minha proposta é pensarmos o segundo turno. Há dois possíveis, contra Bolsonaro ou contra Alckmin. Posto abaixo os dois gráficos com a evolução dos votos válidos nas simulações de segundo turno.
 
 
 
No confronto com Alckmin, Haddad retirou votos dele. Já no caso do confronto entre Haddad e Bolsonaro, a situação ficou inalterada. Há um motivo para isso, aqueles que estão propensos a votar em Haddad porque antes votavam em Lula ainda não sabem que o Haddad é o candidato do Lula e do PT
 
Veja abaixo que nos votos totais da simulação de segundo turno Haddad tirou votos de Alckmin, pois as proporções de eleitores sem candidatos não caiu:
 
 
 
Não poderia deixar de fazer uma singela homenagem à GloboNews. Pelos dados do Datafolha revelados por esse digníssimo canal de TV, Haddad vai crescer muito mais. Olhe que ele tem somente 20% no Nordeste, quando dobrar isso terá um impacto de 5 pontos percentuais na votação nacional. Outra coisa, dentre os mais pobres Haddad está empatado com Bolsonaro. Brevemente Haddad estará com uma vantagem monumental sobre ele nesse segmento. Há adiante muitas boas emoções a serem desfrutadas:
 
 
 
 

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Novo padrão de placas começará a ser usado no Brasil amanhã

Sistema unificado com outros países do Mercosul começará a ser adotado no Rio de Janeiro sem custo adicional
 As novas placas possuem visual similar ao adotado na União Europeia
As novas placas possuem visual similar ao adotado na União Europeia (Detran/RJ/Divulgação)
Depois de idas e vindas, a nova placa para os países do Mercosul finalmente começará a ser usada no Brasil. Um repentino comunicado do Detran do Rio de Janeiro confirmou a estreia do sistema a partir de amanhã (11/09).
O Estado fluminense será o primeiro a usar as novas placas no país. Segundo o órgão, elas terão o mesmo custo da placa atual (R$ 219,35).
placa mercosul argentina A Argentina já usa o padrão de placas do Mercosul
A Argentina já usa o padrão de placas do Mercosul (Divulgação/Fiat)
Inicialmente as novas placas serão usadas em veículos novos ou em automóveis que tiverem as placas atuais danificadas ou passarão por troca de categoria, transferência de proprietário, município ou estado.
Quem não se enquadrar nesses quesitos também poderá fazer a mudança voluntariamente, bastando pagar as taxas atuais.

O que muda

A principal mudança da nova placa está no padrão visual, que será sempre com fundo branco e uma faixa azul na parte superior. O que vai definir a categoria do veículo será as cores das letras e números (veja mais acima).
A sequência também foi alterada. O sistema atual, com três letras e quatro números (AAA-0000) dará lugar a um com quatro letras e três números (AAA0A00).
 Itens de Segurança da placa Mercosul
Itens de Segurança da placa Mercosul (Internet/Divulgação)
A plaqueta que identifica o estado e o município de registro também será aposentada. Em seu lugar haverá somente a inscrição “Brasil”.
Dois brasões irão identificar o município e o estado do automóvel, com o nome da cidade escrito em uma fonte menor sob o logotipo.
nova placa mercosul
 (Reprodução/Internet)
As novas placas terão mais mecanismos de proteção, com itens de segurança similares ao usados em cédulas. Um QR Code e um chip permitirão a rastreabilidade da placa por todos os países do Mercosul e dificultará a clonagem.

Ciro Gomes lidera no Nordeste, diz Datafolha

O maior salto foi de Fernando Haddad, que tinha 5% e pulou para 13%

De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (10), que apurou os percentuais de intenção de voto para presidente da República, o candidato Ciro Gomes (PDT) lidera isolado as intenções de votos na região Nordeste. No levantamento anterior ele tinha 14% e agora tem 20%.
Atrás de Ciro, aparecem empatados tecnicamente os candidatos Jair Bolsonaro (PSL), que manteve 14% das intenções de votos e Fernando Haddad (PT), que tinha 5% e pulou para 13%.
Marina Silva (Rede), que liderava a disputa na região com 19%, despencou e aparece agora com 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) tinha 5% e ficou com 7%.

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Dinheiro investido por Ronaldo no Valladolid financiaria 175 anos do São Cristóvão, clube que o revelou

Antes mesmo de avistar o muro interno que carrega o nome do filho mais ilustre, já é possível perceber um dos elementos mais fortes da tradição do clube que completará 120 anos o mês que vem. Embaixo da Linha Vermelha, na Rua Figueira de Melo, número 200, fica o São Cristóvão de Futebol e Regatas, campeão carioca de 1926. A maior glória, no entanto, aconteceu no início dos anos 1990, quando um dos grandes jogadores da história do futebol mundial deu seus primeiros passos no campo que fica debaixo do viaduto.
As histórias de São Cristóvão e de Ronaldo Fenômeno são indissociáveis. E todos que visitam o clube fazem a mesma pergunta: por acaso, ele está ajudando? No mesmo momento em que o ex-craque adquiriu 51% das ações do Valladolid, time da primeira divisão da Espanha, por 30 milhões de euros (cerca de R$ 140 milhões), a equipe que o revelou amarga o meio de tabela da Série B2 do Carioca, a terceira divisão estadual.
Macaque in the trees
Atrás de um dos gols, o São Cristóvão estampa seu maior orgulho: a revelação de Ronaldo Fenômeno, que dá nome ao estádio do clube (Foto: Marcos Tristão)












Nas finanças o cenário também é desanimador. Com um orçamento anual que oscila entre R$ 600 mil e R$ 800 mil, a receita fixa do clube gira em torno de R$ 144 mil graças às mensalidades de R$ 40 pagas por aproximadamente 300 sócios adimplentes.
Em rápidos cálculos, o valor gasto por Ronaldo nessa semana serviria para custear nada menos que 175 anos de operações do São Cristóvão. E uma porcentagem ínfima de 1% já aliviaria os cofres do clube por quase dois anos.
“Sobrevivemos por meio de doações. Tudo que está aqui foi doado por parceiros, comerciantes e sócios, pessoas que gostam do clube. Um vem e dá uma tinta, outro dá um piso. Para poder andar, tem que usar a imaginação. Se quiser só botar a mão no bolso, não consegue”, explica o presidente do clube, Anderson de Souza, conhecido pelo apelido de “Merrenga”. Ele se vangloria dos feitos de sua gestão. “Peguei o clube sem nada. Parecia filme de faroeste quando tem duelo de bang bang”.
Divergência interna
Iniciado em 2018, o mandato de dois anos de Merrenga tem como principal objetivo viabilizar a volta para casa. O São Cristóvão manda seus jogos na Rua Bariri, por meio de parceria com o Olaria, já que o estádio da Figueira de Melo não cumpre com as exigências da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros. O presidente não descarta pedir ajuda a Ronaldo, com quem nunca conversou, mas vê o caminho contrário como solução.
Macaque in the trees
Anderson de Souza, o Merrenga, em sua sala. Presidente quer atrair investimentos de Ronaldo (Foto: Marcos Tristão)












“Não tenho que pedir, tenho que escutar o que ele pode nos oferecer. O que a gente quer dele é ajuda. Financeira seria bom, mas sua imagem também pode gerar esse financeiro facilmente. Com um milhão de reais eu subo de divisão. As pessoas até falam para eu ir atrás e me apresentar, mas primeiro tenho que trabalhar, para o vento soprar a favor. Porque as coisas só tendem a acontecer quando se está trabalhando”, analisa.
Merrenga não viu Ronaldo jogar com a camisa do São Cristóvão, mas Renato Campos, o gerente administrativo, sim. Aos 55 anos, ele frequenta o clube desde que nasceu e presta serviços a ele há quase três décadas, inclusive como atleta. Renato pensa diferente em relação a pedir ajuda a Ronaldo.
“A falha é nossa por não irmos atrás dele. Quem tem fome tem pressa. Se eu ficar esperando, vou morrer. Tenho que buscá-lo de qualquer forma. A soberba não pode ser maior do que a necessidade. Não falo como gerente, mas sim como torcedor”, alerta.
Os desencontros com Merrenga não param por aí, e até o apelido é motivo de discórdia. “Ele gosta dessa situação de ser chamado de Merrenga. Cada um com seu cada um, mas eu, como presidente de um clube que tem uma história como a nossa, não gostaria jamais que me chamassem pelo apelido”.
De acordo com Campos, a visita mais recente do Fenômeno ao clube se deu em 2014. Antes disso, somente em 2000, quando o então jogador da Internazionale fez sua última contribuição, no valor de R$ 500 mil. O dirigente sonha com recursos que cheguem por meio dos patrocinadores de Ronaldo:
“Melhor do que pedir dinheiro é indiretamente fazer com que ele traga dinheiro, nos ajude a atrair patrocínio. Seja uma empresa que estampe sua marca na camisa ou coloque uma placa publicitária no campo. Vai entrar recurso financeiro se explorar nossa imagem. Qualquer coisa que envolva o nome do Ronaldo é benéfica. Que ele fale: ‘Um por cento do que você me pagar, direciona para o São Cristóvão’. Ficaríamos ricos com qualquer migalha que sobrasse”, acredita Renato.
Jogadores são motoristas
De dia, atletas. À tarde e à noite, motoristas de Uber. Essa é a realidade da maior parte dos 26 jogadores do São Cristóvão, que já foi a casa de craques como Leônidas da Silva e Ronaldo Fenômeno. Depois do treino no gramado precário e do almoço, eles aproveitam as instalações centenárias para um cochilo entre as duas jornadas.
O acúmulo de empregos tem explicação: ninguém quer abandonar o sonho de criança, mas o salário mínimo pago pelo clube os obriga a procurarem outra fonte de renda. Nisso, muitos trocam as chuteiras pelo volante.
Macaque in the trees
Da esquerda para a direita: o meia Pedro, o técnico Joel Lopes e o atacante Erick (Foto: Marcos Tristão)












A duração do contrato é outro fator complicador. Todo o elenco tem vínculo de apenas quatro meses, período em que o São Cristóvão disputa a Série B2 do Carioca. “Quem não se encaixa em um clube de primeira divisão joga só quatro ou cinco meses e fica desempregado no resto”, revela Joel Lopes, técnico da equipe.
Além dos salários baixos e dos contratos curtos, os atletas de clubes como o São Cristóvão precisam lidar com o cenário de abandono da Ferj, que pouco faz para auxiliar equipes tradicionais do estado. “O que a federação do Rio faz com os clubes pequenos é sacanagem”, dispara o gerente administrativo Renato Campos.
O time adversário é apenas um dos obstáculos que precisam ser driblados nas partidas de divisões inferiores do estadual. “Temos uma equipe técnica, que gosta de tocar a bola, mas como atuamos quase sempre em gramados ruins, somos obrigados a jogar na ligação direta”, conta o meia Pedro, um dos atletas que se dividem entre o futebol e as corridas pelo aplicativo de celular.
Sem condições de receber jogos no estádio Ronaldo Nazário, o São Cristóvão exerce seu mando de campo na Rua Bariri. O estádio do Olaria, no entanto, também passa por fase crítica. “Na Bariri o gramado está ruim. Muitos times jogam nele a semana toda. Até alguns da quarta divisão. No primeiro jogo nosso até que ele estava bom, mas com tanta equipe jogando ficou horrível”, revolta-se o atacante Erick.

‘Nada dura para sempre’, diz Silvio Santos ao ver lugares vazios no auditório

Apresentador do SBT reclama ao notar ausência de duas colegas no programa
O apresentador Silvio Santos

O apresentador Silvio Santos Foto: YouTube / @Programa Silvio Santos


‘Auditório mais feminino do Brasil’ e ‘colegas de auditório’. Esses são os termos mais usados por Silvio Santos desde que iniciou os trabalhos nos anos 80. Na noite de domingo, 9, o apresentador se assustou no momento em que iria distribuir notas de dinheiro em formato de aviãozinho: “Ô, Fabiano, tem duas cadeiras vazias, tá bom? É assim que começa a derrocada”, reclamou ao diretor Fabiano Wicher.
Silvio Santos foi avisado que as duas participantes foram ao banheiro. “É uma boa desculpa, tá? No outro dia tinham cinco cadeiras vazias. Está começando a esvaziar, está começando a acabar com meu programa, estou avisando”, enfatizou o dono do SBT.
A participação nos programas de auditório de Silvio Santos sempre foi disputada. Entre a década de 80 e o início dos anos 2000, o apresentador recebia grupos de caravanas de todo o Brasil. Agora, em 2018, ele considera que está perdendo audiência. “É assim que começa. Nunca faltaram duas pessoas, outro dia foram cinco. Cada dia está esvaziando mais. Nada dura para sempre, a gente tem a hora de começar, a de subir e a de descer. Estou descendo”, conclui.