.

.

sábado, 30 de novembro de 2019

Com preço da carne bovina nas alturas, frango também deve ficar mais caro

A alta deve acontecer por conta do aquecimento da demanda pela ave, já que a carne bovina está com preço elevado. O peixe também pode seguir a mesma tendência.


Com a carne bovina mais cara e sendo substituída por outras proteínas, o frango pode também sofrer um aumento no preço. A demanda pela ave está crescendo e a consequência direta deste comportamento é a valorização do produto.

O Ministério da Agricultura monitora o valor das carnes, além da vermelha, e confirmou que os preços podem subir.
De acordo com informações do Estado de S. Paulo, a alta do peixe e do frango já é vista como um "movimento natural do livre mercado". 
A ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro, Tereza Cristina, chegou a dizer que o valor da carne bovina pode não voltar ao patamar antigo.
De acordo com dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o custo do contrafilé subiu 5,86% em São Paulo, por exemplo.

‘Liga da Justiça’: Roteiristas de ‘Vingadores: Ultimato’ devem ficar responsáveis pelo reboot

De acordo com o We Got This Covered, a Warner Bros. já está planejando um reboot para Liga da Justiça. Mais do que isso, o projeto deve contar com a dupla Christopher Markus e Stephen McFeely para assinar o roteiro ao lado de Geoff Johns Chris Terrio.

Markus e McFeely são conhecidos por serem as grandes mentes por trás de vários filmes do Universo Cinemático Marvel e, recentemente, ficaram responsáveis pela narrativa de Vingadores: Ultimato.
Liga da Justiça, por sua vez, estreou em 2017 e trouxe no elenco Ben AffleckHenry CavillAmy AdamsGal GadotEzra MillerJason MomoaRay Fisher e outros.
Zack Snyder ficou responsável pela direção.
Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman, Bruce Wayne convoca sua nova aliada Diana Prince para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.

Apesar de ter feito quase 658 milhões de dólares, a arrecadação foi menor do que a esperada para a Warner e a DC. Além disso, o longa teve recepção mista por parte da crítica, amargando 40% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Estes são os novos super-heróis da Marvel que vão invadir o MCU

A Fase 4 da Marvel Studios não deve introduzir tantos heróis novos, mas sabemos que o futuro da editora nos cinemas será povoado de novas faces. Aqui, separamos alguns dos principais heróis que devem chegar ao MCU nos próximos anos, assim como explicações de quem são. Veja a Baixo

Namor

Com o sucesso de Aquaman na DC, talvez seja a hora de a Marvel apostar em seu próprio super-herói submarino. O Príncipe Namor foi sutilmente sugerido em Vingadores: Ultimato, e alguns rumores apostam que ele será introduzido na continuação de Pantera Negra. Assim como o herói da DC, ele também é o governante de Atlantis, uma nação submarina que foi esquecida pelas demais civilizações.

Nova

Ambos os filmes de Guardiões da Galáxia mencionaram a Tropa Nova de Xandar, então já é hora de termos o super-herói espacial do estúdio. Agindo como um patrulheiro solitário (e é, de certa. Forma, o Lanterna Verde da Marvel), Nova seria uma poderosa adição ao MCU, e o fato de Thanos ter destruído Xandar em Vingadores: Guerra Infinita já traz indícios de sua origem.

Adam Warlock

Uma das cenas pós-créditos de Guardiões da Galáxia Vol. 2 introduziu o casulo de Adam Warlock, que promete ser um dos grandes personagens do universo cósmico da Marvel. Ele é descrito nos quadrinhos como o “ser vivo perfeito”, e inclusive foi o responsável por derrotar Thanos na HQ original de Desafio Infinito.

Cavaleiro da Lua

Será que a Marvel tem coragem de trazer um de seus heróis mais sombrios e complexos para um universo que é, em grande parte, familiar? A resposta é sim, pos uma série do personagem foi anunciada pelo Disney+! O Cavaleiro da Lua é um ex-fuzileiro que se torna mercenário e então vigilante, sendo um combatente mortal com múltiplas personalidades. Um papel complexo e que certamente pode render uma grande série de TV… Se livre das coleiras PG-13 da Marvel Studios.

Miss Marvel

A Capitã Marvel já foi apresentada ao MCU no filme solo de Brie Larson, e nada mais justo do que sua sucessora também chegar às telas do cinema. Kamala Khan é a grande representante muçulmana da Marvel nos quadrinhos, e tem uma bela história de origem, visto que a jovem era uma fã de Carol Danvers. Uma série de TV da personagem já foi confirmada e será exibida no Disney+, o serviço de streaming da Disney. Mas isso não impede a Miss Marvel de migrar para as telonas em um futuro próximo.

Mulher-Hulk

Outra heroína confirmada pela parceria do MCU com o Disney+. Uma personagem relativamente popular nos quadrinhos, e que fará sua estreia no MCU em uma produção que ainda não tem muitos detalhes, mas que certamente já deixa os fãs bem empolgados – até mesmo Mark Ruffalo, o intérprete de Bruce Banner nos filmes do estúdio, desejou boas-vindas à personagem, que ainda não tem uma atriz anexada ao papel.
A prima de Bruce Banner foi introduzida nos quadrinhos de Savage She-Hulk #1 em 1980, com o nome de Jennifer Susan Walters. A personagem foi criada por Stan Lee e John Buscema, e ganhou diferentes versões nos quadrinhos desde sua estreia.

Gabigol recusa proposta do Flamengo e pede 6 milhões de euros anuais, diz jornal italiano

O Flamengo ainda tem jogos do Campeonato Brasileiro e do Mundial de Clubes para disputar, mas os dirigentes cariocas já planejam a temporada de 2020. Um dos intuitos da diretoria é de contratar em definitivo o atacante Gabriel Barbosa. Mas, de acordo com o principal jornal italiano de esportes La Gazzetta Dello Sport, a negociação não vai ser fácil.

O portal informou neste sábado (30) que a Inter de Milão, da Itália, dona dos direitos do atacante, pretende arrecadar 150 milhões de euros com os atletas emprestados. O planejamento é conseguir adquirir 25 milhões de euros (cerca de R$ 116 na cotação atual) com o artilheiro do Flamengo. Porém, os italianos e os brasileiros já têm um acordo, restando apenas o jogador sinalizar positivamente.
O jornal informou também que a primeira proposta do Flamengo foi de 4 milhões de euros por ano, o que daria algo em torno de R$ 18,6 milhões anual e R$ 1,5 milhão mensal. No entanto, Gabigol recusou a oferta e fizera uma contraproposta. O jogador pediu 6 milhões de euros por temporada, o que daria R$ 28 milhões por ano e R$ 2,3 de salário.
A possibilidade de um desfecho positivo com os valores pedidos pelo atacante é pouco provável. Além disso, há a expectativa entre os empresários de Gabriel Barbosa e também nos dirigentes italianos de surgir alguma proposta tentadora, com valores mais elevados, da Europa após a disputa do Mundial de Clubes, que acontece em dezembro.
O contrato de empréstimo do atacante termina no fim do próximo mês. Embora tenham se passado apenas 11 meses, Gabriel Barbosa conquistou a torcida do Flamengo. Além de ser carismático fora de campo, os números do jogador dentro das quatro linhas impressionam. Ele disputou 54 jogos e é o artilheiro do Rubro-Negro na temporada, com 40 gols e ainda tem 10 assistências.

Bolsonaro vira chacota após acusar Leonardo DiCaprio de 'tacar fogo' na Amazônia

As piadas são intermináveis nas redes sociais: "Se a Rose tivesse dado espaço pro Leonardo DiCaprio naquela tábua no naufrágio, a Amazônia ainda estaria de pé", escreveu jornalista.
Bolsonaro x Leonardo DiCaprio
A acusação feita por Jair Bolsonaro de que o ator dos Estados Unidos Leonardo DiCaprio teria responsabilidade nos incêndios da Amazônia, no Brasil, virou alvo de piada nas redes sociais.
Primeiro a acusação foi feita pelo deputado Eduardo Bolsonaro, um de seus filhos, e depois repetida por ele em live transmitida na noite desta quinta-feira 28, sem qualquer prova.
As piadas são intermináveis na internet. "Se a Rose tivesse dado espaço pro Leonardo DiCaprio naquela tábua no naufrágio, a Amazônia ainda estaria de pé", escreveu a jornalista Amanda Audi, do The Intercept.
"Mamadeira de piroca versão hollywoodiana!Bolsonaro acusa DiCaprio de dar dinheiro para 'tacar fogo na Amazônia'", postou o também jornalista Xico Sá. 

Catarinense derruba árvore de 535 anos para fazer cerca com a madeira

Era alta como um prédio de dez andares, larga a ponto de só poder ser abraçada por seis pessoas juntas e mais antiga que a chegada do navegador Pedro Álvares Cabral ao Brasil.
Essa gigante imbuia, árvore símbolo de Santa Catarina, foi derrubada para virar cerca, segundo o cenário encontrado por policiais militares ambientais.
O crime ambiental foi cometido em um terreno na via Linha Coração, em Vargem Bonita (SC), em fevereiro de 2018, mas só agora uma análise ainda inédita apontou a idade da imbuia gigante: ao menos 535 anos.
“É um problema cultural do nosso país, onde as pessoas não sabem o valor de uma árvore. Aquelas que caem por ação da natureza deveriam ser exploradas de forma mais nobre, virar peça de museu. Mas fazer uma derrubada de uma árvore rara saudável para fazer palanque de cerca é duplamente criminoso”, afirmou o professor Marcelo Scipioni, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialista em árvores gigantes.
A idade foi estimada por Scipioni e outros dois pesquisadores a partir da análise dos anéis de crescimento das árvores, que servem de base para a datação por meio da ciência chamada dendrocronologia.
Como a umidade e outras variações climáticas interferem no tamanho desses anéis de um modo distinto ao longo do tempo, pesquisadores agora buscam outras imbuias antigas para uma análise de construção climática dos últimos séculos que permita determinar com mais exatidão a idade da árvore.
Essa árvore, de nome científico Ocotea porosa, pode ser encontrada em florestas de araucária no Paraná, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A espécie tem madeira de cor que varia do pardo-claro-amarelado ao pardo-acastanhado, folhas de até 10 cm, casca grossa, tronco tortuoso e copa arredondada.
E, por causa da exploração desenfreada, entrou para a lista de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção.
Ou seja, são proibidos “coleta, corte, transporte, armazenamento, manejo, beneficiamento e comercialização” da imbuia, à exceção dos “exemplares cultivados em plantios devidamente licenciados”.
O policial militar ambiental Teylor Comunello, que dá nome a uma espécie de flor que descobriu em sua pesquisa sobre orquídeas, relata ter sentido tristeza ao ver árvores raras no chão — foram derrubadas uma imbuia e 16 araucárias.
“Nunca tinha visto uma árvore assim, desse tamanho, cortada desse jeito. É bem triste porque, além de ser uma espécie ameaçada de extinção, é centenária e rara. Um desperdício”, afirmou à reportagem. Ele participou do trabalho de remoção da árvore, que agora está exposta na sede da Polícia Ambiental para fins educativos.

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Deputado Rildo Amaral Recebe o Vereador Jarlis Adelino Na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

O Vereador Jarlis Adelino se reuniu com o Deputado Estadual Rildo Amaral na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão na manhã desta quinta-feira 28, para Discutir Ações Politicas Pertinentes ao Município de Açailândia que possa contribuir com a Empregabilidade.
Vereador Jarlis Adelino e o Deputado Rildo Amaral
O Deputado Rildo Amaral é um dos Deputados Estadual que abraçaram a luta do vereador Jarlis Adelino e do Presidente do SICAM Cláudio Queiroz, na Assembleia do Estado do Maranhão juntamente com o Deputado Pastor Cavalcante, dentre outros da Região Tocantina. Os Parlamentares Jarlis e Rildo trataram de estratégicas politicas voltadas para a retomada do emprego no Estado e principalmente no Município de Açailândia por meio do polo industrial do Pequiá.

Estamos tratando de assuntos que podem fortalecer toda cadeia industrial produtiva de setores secundários importantes do setor de produtivo do ferro gusa, são ações imediatas que vão dar efeitos positivos a curto prazo, para que Açailândia possa voltar a empregar e receber novos investimentos na área industrial. A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão está contribuindo por meio de suas comissões permanentes como a Comissão de Constituição e Justiça , Comissão de Meio Ambiente, entre outras bem como a própria presidência da Casa, são ações que visa desburocratizar setores importantes dentro do seguimento industrial, destravando obstáculos que hoje atrapalham o desenvolvimento econômico e social no estado do Maranhão Disse o Vereador Jarlis Adelino.

O Deputado Estadual Rildo Amaral confirmou ao vereador Jarlis Adelino, sua ida ao município de Açailândia no próximo dia 06 de dezembro de 2019, para conhecer de perto as demandas de Açailândia.

Fonte: Assessoria Vereador Jarlis Adelino


quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Acompanhe o Trabalho do Vereador Jarlis Adelino em Todas as Plataformas Digitais


Vereador Jarlis: Obrigado a todos os meus amigos e minhas amigas pela força dado a minha pessoa, seja curtindo, comentando e compartilhando nossas publicações nas redes sociais, sou muito grato a cada um dos amigos.

Para quem ainda não conhece o trabalho do vereador Jarlis convido para visitar as nossas plataformas digital.


Blog www.jarlisadelino.blogspot.com vpcê tem acesso a videos, requerimentos, indicações, projetos de Lei e prestação de contas do mandato do Vereador e a biografia de Jarlis Adelino.

Nas plataformas digitais Facebook, twitter, Instagram, Blog e YouTube, basta digitar jarlis adelino ou por meio de jornal impresso que pode ser encontrado direto no gabinete do vereador na Câmara Municipal de Açailândia-MA, situado na Rua Ceará 662, Centro. Estamos de portas abertas pra sociedade de segunda a sexta-feira das 8h as 13h.

confira:






Fonte: Assessoria Vereador Jarlis Adelino

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Tecnologia da Toshiba detecta 13 tipos de câncer com gota de sangue

A Toshiba anunciou a criação de uma máquina capaz de detectar até 13 tipos de câncer a partir da análise de uma gota de sangue. A tecnologia é fruto de uma parceria entre a empresa japonesa, o Instituto Nacional de Pesquisa do Câncer e a Universidade de Medicina de Tóquio.
O equipamento será usado no diagnóstico do câncer de estômago, esôfago, vias biliares, pulmão, fígado, pancreático, intestinal, ovário, próstata, bexiga e mama, além de sarcoma (câncer de tecido) e glioma (tipo de tumor cerebral).
De acordo com os cientistas, o exame tem uma taxa de precisão de 99% e fica pronto dentro de duas horas, o que poderia reduzir o custo do rastreamento do câncer. Eles explicaram que o método foi projetado para examinar os tipos e a concentração de moléculas de microRNA secretadas no sangue pelas células cancerígenas.
A equipe envolvida na pesquisa está otimista e espera começar os testes com a nova tecnologia no próximo ano, mas ainda sem data para o lançamento no mercado.

A ideia é usar a metodologia para diagnosticar a doença ainda em estágio inicial, o que faz com que o tratamento tenha mais sucesso, aumentando as chances de cura.

Inter de Milão deve ignorar acerto com Flamengo e pedir o retorno de Gabigol

Segundo informações divulgadas pelo jornal La Repubblica, clube europeu considera solicitar o retorno do atacante após o fim do empréstimo ao Rubro-Negro

Anunciado por Marcos Braz no início de novembro, o acerto entre Flamengo e Inter de Milão por Gabriel Barbosa poderá ser ignorado pela diretoria italiana. Segundo as informações divulgadas pelo jornal La Repubblica, o clube europeu considera solicitar o retorno do atacante após o fim do empréstimo ao Rubro-Negro. E ainda de acordo com a publicação, o acerto firmado entre as partes por Gabigol pode ser deixado de lado pelos europeus no próximo mercado de transferências.
Segundo o jornal La Repubblica, Inter de Milão e Flamengo chegaram a um acordo na casa dos 22 milhões de euros (cerca de R$ 103 milhões) por Gabigol. Entretanto, de acordo com o jornal, o clube carioca entendeu que o atacante não teria propostas da Europa e, com isso, poderia diminuir a pedida da Inter. Mas, com a conquista da Conmebol Libertadores, os valores do jogador 'mudaram de patamar', e agora devem chegar aos 40 milhões euros (R$ 185 milhões).
Ainda de acordo com o La Repubblica, a Inter de Milão teria se incomodado com toda a situação envolvendo o atacante, e principalmente com a falta de uma definição do Flamengo para comprar Gabigol, e agora considera o retorno do ataque. A tendência, portanto, seria o jogador se reapresentar em Milão no mês de janeiro.
Decisivo na final da competição continental ao marcar os dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate nos minutos finais da partida, Gabigol tem vínculo de empréstimo com o Flamengo apenas até o fim do próximo mês. O time da Gávea, no entanto, acertou os termos para comprar os direitos do atacante junto à Inter de Milão, e aguardará a resposta do camisa 9 sobre seus planos para o futuro.
“Acabou o jogo, o primeiro que eu fui abraçar foi o Gabigol, a gente tem uma relação que ele sabe o quanto eu briguei, o quanto eu lutei para ele vir para o Flamengo. Sempre tive uma relação boa com ele. Em um determinado momento eu fiquei na posição de vice-presidente do Flamengo e ele de jogador, nossa relação é ótima. Vai dar tudo certo, eu tenho certeza absoluta que vai dar tudo certo”, disse Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, em entrevista ao FOX Sports.
Com a proximidade do fim do empréstimo de Gabigol junto à Inter de Milão, Marcos Braz tem corrido nos bastidores para acertar a permanência do atacante na Gávea. Em entrevista exclusiva ao FOX Sports, o cartola afirmou que a tranquilidade impera na relação. Segundo ele, as conversas com a Inter estão acertadas para uma compra, enquanto o Flamengo vai tratar com o atleta ao término das competições.
“A gente já vem conversando com a Inter de Milão, tudo certo. Conversamos com o jogador, está tudo muito tranquilo. Vamos tratar disso depois (das competições)”, afirmou o vice de futebol. Há algumas semanas, Marcos Braz deu uma declaração forte sobre o caso. Questionado sobre o imbróglio, ele disse que 'a bola está com o atleta'.
“Ele tem que decidir a vida dele, se quer estar aqui em 2020. A situação está com ele. Com a Inter, está tudo muito bem encaminhado, equacionado. Agora, a decisão é dele. O Flamengo fez a proposta, está tudo equacionado. Agora, vamos ver se ele quer jogar em 2020 no Flamengo”, disparou.
Com a camisa do Flamengo em 2019, o atacante de 22 anos já marcou 40 gols em 54 jogos. Além disso, é o artilheiro do Campeonato Brasileiro com 22 tentos e foi o máximo goleador da Conmebol Libertadores com nove.

Em decisão, juiz do CE declara inconstitucional Programa Verde e Amarelo

Uma decisão do juiz da 3ª Vara do Trabalho de Fortaleza, Germano Silveira de Siqueira, declarou que a decisão do último dia 22 foi tomada dentro de um processo movido por um trabalhador contra a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará. Ela vale apenas para esse caso. Para ser considerada inválida em todo o país, a MP precisa ser declarada inconstitucional pelo STF (Supremo Tribunal Federal).
Paulo Guedes
A MP tenta estimular a criação de empregos reduzindo direitos trabalhistas para quem tem entre 18 e 29 anos. Também cria uma taxa sobre o seguro-desemprego para bancar benefícios a empresas e altera alguns pontos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) para todos, não apenas para os jovens. Por isso, foi vista por especialista como uma nova reforma trabalhista. 'MPs não podem ser banalizadas' Na decisão, o juiz argumenta que a Medida Provisória não é o instrumento adequado para a legislação. Ele alega que a MP não deve prosperar "por ausência dos requisitos de relevância e urgência, deixando de aplicar quaisquer de seus dispositivos no presente feito nos temas eventualmente pertinentes que a ampla regulação proposta." Para o magistrado, os "índices alarmantes de desemprego", apontados como justificativa da MP —"de 13 a 14 milhões, e perto de 30 milhões, contando os desalentados"— "não são, infelizmente, novidade na cena brasileira." "Ao contrário, são números que estão presentes desde 2014, não caracterizando fato novo a motivar edição de Medida Provisória", disse. Ainda em sua decisão, o magistrado afirmou que MPs "não podem ser banalizadas, como se o presidente da República resolvesse, de uma hora para outra, em gesto autoritário descabido, fazer-se substituir ao Congresso Nacional." Segundo o juiz, a medida do governo federal não tem efeito prático a não ser tirar vantagens do trabalhador.

Reforma trabalhista foi "completo fracasso" O magistrado ainda critica a reforma trabalhista aprovada em 2016, no governo Michel Temer. O relator da reforma na Câmara foi o então deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), hoje secretário especial de Previdência e Trabalho da equipe do ministro Paulo Guedes. "Com esse mesmo discurso e com essa vocação de fazer o mais do mesmo da doutrina neoliberal [a máxima flexibilização de leis econômicas e trabalhistas], de 2016 até os dias de hoje, as ideias acolhidas pelo Congresso, a pretexto de abrir postos de trabalho, não foram além de suprimir direitos, como se fez na reforma trabalhista no governo Temer, resultando as falsas promessas em completo fracasso", afirma na decisão. Para o juiz, a nova MP "em essência reproduz os mesmos chavões adotados" pela reforma de Temer. De acordo com Siqueira, a única novidade dos argumentos, em comparação com a reforma, foi um novo diagnóstico "que instrui soluções que não conseguiram se materializar na realidade brasileira, depois de dois anos de sanção da Lei 13.467, com apoio nas teses de economistas neoliberais, fundadas na desconstrução progressiva de direitos sociais, restou provada apenas a incapacidade dessas iniciativas de gerar ou retomar empregos, na medida em que, aprofundando as formas de trabalho precário, maximizam o lucro empresarial, concentram renda e enfraquecem os pilares da economia em países tão desiguais como o Brasil. 

Governo confirma salário mínimo de R$ 1.031 em 2020

O governo confirmou nesta terça-feira uma previsão menor de salário mínimo para 2020. O valor agora divulgado pelo Ministério da Economia é de R$ 1.031 no próximo ano. O Orçamento inicial de 2020 encaminhado ao Congresso previa que o salário fosse de R$ 1.039.


A diferença é explicada por uma previsão menor de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), medido pelo IBGE, que costuma reajustar os salários.

A previsão oficial do governo caiu de 4% em agosto para 3,5%. Com isso, também cai o reajuste do salário mínimo. As informações foram divulgadas pelo governo junto com outras mudanças no Orçamento de 2020. Entre elas, está uma previsão maior de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), de 2,17% para 2,32%.


Atualmente, o piso nacional é de R$ 998. Mesmo assim, essa será a primeira vez que o salário mínimo, que serve de referência para mais de 45 milhões de pessoas, ficará acima da marca de R$ 1 mil.

- Haverá redução em R$ 8,00 no salário mínimo para 2020. O número cai de R$ 1.039 para R$ 1.031. O INPC foi reestimado para 3,5%. Aqui se preserva o poder de compra do salário mínimo. O INPC, por diversas medidas, foi reduzido. Então, se reduz o valor da correção do salário mínimo — disse o secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior.
Até este ano, o salário mínimo era reajustado pelo INPC mais a variação do PIB de dois anos antes, garantindo ganho acima da inflação, quando a economia cresce. Em 2017 e 2018, por exemplo, foi concedido o reajuste somente com base na inflação porque o PIB dos anos anteriores (2015 e 2016) teve retração.


Essa regra de reajuste venceu, e o governo ainda não decidiu outra fórmula para reajuste. Com isso, está aplicando apenas a regra prevista na Constituição, de reajuste pela inflação.



O salário mínimo menor vai ajudar nas contas do governo em 2020. Cada R$ 1 de salário representa um gasto extra de R$ 300 milhões.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

MEC lança aplicativo para emitir a carteirinha de estudante digital

O ID Estudantil é gratuito e garante o direito ao benefício de meia-entrada em shows, teatro e outros eventos culturais. Documento começa a ser emitido nesta segunda (25).


O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira (25) o lançamento do aplicativo de celular com o qual será possível emitir a carteirinha estudantil digital. O ID Estudantil é gratuito e garante ao aluno o direito ao benefício de meia-entrada em shows, teatro e outros eventos culturais.
Até esta segunda-feira, o ID Estudantil não estava disponível na versão iOS e aguardava a liberação da loja de aplicativos dos celulares e tablets da Apple. No caso do Android, o app já está disponível para uso, mas, por ter sido lançado recentemente, há um período para aparecer na lista de busca. De qualquer forma, o site oficial da carteirinha traz o link direto para instalação.
Antes deste novo app apresentado pelo MEC, a carteirinha, com um modelo único padronizado, era emitida mediante pagamento principalmente por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). Outras entidades, no entanto, também podiam prestar esse serviço.

A carteirinha em 5 pontos

  • Escolas precisam enviar dados dos alunos para o governo
  • Alunos podem checar se envio foi feito em idestudantil.mec.gov.br
  • Aplicativo de celular está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS
  • App vai fornecer QR Code que poderá ser usado para pagar meia-entrada
  • Carteirinhas tradicionais continuam a ser emitidas tanto pela UNE quanto pela Ubes e outras entidades
  • Escola precisa enviar dados

    O primeiro passo para a oferta do documento digital gratuito foi dado em setembro, quando o MEC anunciou a criação do Sistema Educacional Brasileiro (SEB). O SEB é um banco de dados que deverá conter informações dos estudantes de todo o país. A proposta foi regulamentada em outubro. Uma dos objetivos anunciados do sistema é permitir a criação da carteirinha digital.
    O SEB vai ser a base que comprova quem é estudante no país. Para abastecer o SEB com dados dos alunos, todas as instituições de ensino deverão enviar para o governo federal o número do Cadastro da Pessoa Física (CPF) de cada estudante, entre outros dados.
    Um representante de cada instituição de ensino, pública ou particular deve enviar as informações dos alunos para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que irá alimentar o SEB.

    Alunos podem verificar status

    No relatório sobre os alunos, além do CPF, as escolas devem enviar os seguintes dados: data de nascimento, curso, matrícula, ano e semestre de ingresso dos estudantes.
    Os alunos podem conferir se sua instituição passou os dados ao sistema em idestudantil.mec.gov.br. Caso não tenham sido cadastrados, os estudantes devem cobrar o envio diretamente na instituição em que estudam.
  • Para Daniel Rogério, diretor de Tecnologia da Informação do MEC, a medida é necessária para saber quem são os estudantes. O número de CPF, segundo o diretor do MEC, é exigido para integrar o cadastro do MEC ao cadastro único do governo federal, que é feito por meio deste número e de senha.
    “Talvez esse seja o maior desafio na emissão da carteira, deixar de ser uma autodeclaração, que é o que acontecia, para então o MEC saber quem é o estudante” - Daniel Rogério, diretor de Tecnologia da Informação do MEC

    Como emitir a ID Estudantil

    A emissão é feita sem custos por meio de um aplicativo de celular disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.
    Após baixar o aplicativo, os estudantes deverão tirar uma foto de rosto e da carteira de habilitação ou de um documento de identidade com foto, para comparação das imagens. Isso irá, segundo o MEC, evitar fraudes.
    No cadastro de menores de idade, um responsável legal poderá baixar o aplicativo para permitir o acesso. Em eventos com meia-entrada, a identificação do estudante será feita por meio da leitura de um QR Code emitido na tela do aplicativo.

    Carteirinha tradicional

    Atualmente, tanto a UNE quanto a Ubes cobram R$ 35 pela carteira tradicional, além do frete. Esse serviço é uma das principais fontes de recursos das entidades e já foi criticado pelo ministro da Educação. Por esse sistema, a UNE fica com 20% do valor (R$ 7), e a Ubes, com 25% (R$ 10,50).
  • Além disso, apesar de não estarem incluídos expressamente na lei, documentos de identificação estudantil emitidos pelas próprias instituições de ensino superior são aceitos como comprovante para o benefício da meia-entrada.
    Os critérios, porém, variam, e essas carteirinhas precisam ter uma lista de dados dos estudantes para terem validade, como foto do estudante e data de validade. Em alguns casos, estudantes apresentam a carteirinha e um comprovante de matrícula em bilheterias para terem direito ao benefício.

    Economia com gratuidade

    Em setembro, uma medida provisória do governo federal alterou a lei da meia-entrada, incluindo o próprio MEC e outras entidades estudantis atualmente excluídas da prerrogativa de emissores de carteirinha estudantil.
  • Com o ID Estudantil do MEC, os estudantes passam a ter a opção de emitir uma carteirinha digital gratuita. Já os alunos que quiserem manter a carteirinha tradicional emitida pelas entidades estudantis poderão solicitá-las às instituições e pagar o valor pedido.
    O ministro afirmou nesta segunda que os 57,9 milhões de estudantes brasileiros do ensino básico e superior estão incluídos no programa de carteirinha digital. Ele estima que pode passar de R$ 1 bilhão a economia decorrente da opção de se apresentar o documento em um smartphone.
    "Com isso, a gente espera gerar um ganho maior para a comunidade”, disse Weintraub.