.

.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Rapidinhas do Presidente

                    Valor da cesta básica cai
e produção industrial sobe

O Dieese publica a pesquisa mensal sobre a variação do valor da cesta básica, e a notícia é boa. Em julho, o valor caiu em todas as 18 Capitais cobertas pelo levantamento.
Batata, tomate, óleo de soja, feijão e farinha de mandioca contribuíram mais fortemente para a queda nos preços.
Outra boa notícia vem da CNI – Confederação Nacional da Indústria. As horas trabalhadas na produção cresceram 2,6%. O faturamento também registrou alta. No caso, 1,2%.
As duas boas notícias, de fontes diferentes e em campos opostos, vêm se somar ao que já havia anunciado o IBGE, quanto ao aumento na produção industrial de julho, que subiu 0,7%.

As 10 maldades da terceirização
Em 28 de agosto de 2013, o Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região publicou e massificou texto destacando 10 pontos nefastos da terceirização. A entidade reagia ao PL 4.330, de Sandro Mabel.
Agora, que a terceirização volta com força, no programa da candidata Marina.

Garis e motoristas iniciam campanha por jornada menor

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes lançou, na última semana de agosto, a campanha nacional pela redução da jornada de trabalho dos garis e motoristas das empresas de coleta de lixo. 

A Fenascon pleiteia redução da jornada de 44 para 36 horas. Projeto de lei nesse sentido (PL 1.590/11) já foi aprovado na Câmara dos Deputados e aguarda deliberação do Senado.

Benefícios - A redução da jornada significará uma melhoria expressiva na qualidade de vida dos trabalhadores na coleta de lixo, que já trabalham em ambientes insalubres, com enorme esforço e desgaste físico.
Mais informações: fenascon.com.br


Vendas de gado vivo exportado sobem 42%

De janeiro a julho, as vendas externas de gado em pé já atingiram 455 mil animais, 42% mais que em igual período do ano passado. Esse resultado se deve a um ritmo maior de compras dos principais importadores brasileiros. Entre eles, Venezuela, Egito, Jordânia e Líbano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.