.

.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Sem jogar há quase um ano, Dedé renova contrato com o Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou na tarde desta terça-feira, em coletiva na Toca da Raposa II, a renovação do zagueiro Dedé. O vínculo, que terminaria em abril de 2017, vai agora até o fim de 2018. O jogador está entregue ao departamento médico desde fevereiro, tratando de uma fratura na patela do joelho direito. O defensor, que passou por seu último procedimento cirúrgico em agosto, nos Estados Unidos, falou da expectativa de voltar a vestir a camisa azul em jogos oficiais. 
"Estou muito bem nos trabalhos de recuperação, de academia. Em campo, faço trabalhos de pouco movimento, mas estimulando bastante o meu joelho. Estou com mais mobilidade. A resposta é muito boa. Estou esperançoso em voltar logo. Não sei se na pré-temporada, mas talvez em fevereiro posso jogar. Não sei. É difícil prever data da volta, pois preciso me recuperar bem. Afinal, estou há oito ou nove meses parado. Mas penso que no Estadual já terei condições de jogo", declarou o jogador.
Dedé também destacou a alegria de renovar contrato com o Cruzeiro e lembrou a última vez que encarou os jornalistas de frente, na sala de imprensa da Toca da Raposa II, quando anunciava que iria aos Estados Unidos para fazer outra cirurgia.
"Um dia muito feliz para mim, uma nova conquista na minha vida essa renovação com o Cruzeiro. Última vez que vim aqui (na sala de entrevistas) foi para anunciar minha cirurgia. Foi triste não apenas para mim, mas para todos que me acompanham desde o começo. Hoje estou feliz. Tenho uma história muito bonita no Cruzeiro e quero dar continuidade a essa história. Quero fazer mais nessas duas temporadas. A torcida cruzeirense merece ver. Se Deus quiser, sem nenhuma contusão", concluiu.
O defensor chegou ao Cruzeiro em 2013 e foi peça importante no grupo de Marcelo Oliveira que conquistou o bicampeonato brasileiro em 2013 e 2014. O jogador, no entanto, vive sérios problemas físicos e alterna entre o departamento médico e tentativas de recuperação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário