.

.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Usina flex de etanol poderá ser instalada em Açailândia, projeto de viabilidade é aprovado.

Resultado de imagem para etanol de batata doce

Açailândia poderá ser o primeiro município Maranhense, a implantar a primeira usina flex de etanol do estado, produzido partir da batata­doce como matéria prima. O projeto de viabilidade técnico econômico solicitado pelo prefeito Juscelino Oliveira foi aprovado pela empresa detentora da tecnologia. 

Com esse projeto implantado, o prefeito Juscelino Oliveira pretende fortalecer a agricultura familiar, onde o mesmo tem a intenção de fazer parceria com os pequenos produtores, fortalecendo assim o setor agrícola, onde vai ser constituída a cadeia produtiva que vai abastecer a usina. 

A Usina Flex, além de ulizar a batata doce como matéria prima, também pode produzir Etanol de milho, ou mesmo o biodiesel a parr de sebo animal, durante a entressafra da batata‐doce. Esteve recentemente no município de Açailândia a técnica Mônica Lustosa da empresa Aldo Biodiesel, a mesma veio a convite do prefeito Juscelino Oliveira, colher dados e informações sócio econômicas, bem como recolher amostras do solo para serem analisadas em laboratórios. 

Essa semana, a direção da empresa Aldo Biodiesel, fez um comunicado de que o projeto é viável para ser implantado no município, e que a parr de agora, o mesmo irá marcar uma data especifica para apresentar o projeto ao prefeito municipal.

Na oportunidade, a Aldo Biodiesel vai formular um convite ao prefeito Municipal Juscelino Oliveira, um convite para que o mesmo faça uma visita ao estado do Mato Grosso, para que o mesmo conheça de perto a usina já funcionando. 

Para o prefeito Juscelino Oliveira, o projeto de uma usina flex para o município de Açailândia “traz um progresso muito grande, que também mostra para outros empresários que o nosso município tem potencial tanto agrícola como industrial”. 

A pedido do prefeito, até mesmo por uma questão de teste, a primeira planta da usina flex solicitada pelo projeto vai ter a capacidade de produzir cerca de 10.000 litros de etanol por dias, além de produção de ração animal extraída do subproduto. 

Por: http://www.rei12.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário