.

.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Bomba! Suzano Papel e Celulose Compra Siderurgica em Açailândia-MA por US$ 245 milhões. E centenas de Trabalhadores poderão ficar desempregados

A Suzano Papel e Celulose comprou ativos florestais e imobiliários da Companhia Siderúrgica Vale do Pindaré e da Cosima – Siderúrgica do Maranhão no valor equivalente a US$ 245 milhões.

São 75 mil hectares de imóveis nos Estados do Maranhão e de Tocantins, dos quais 40 mil agricultáveis e as florestas plantadas nelas.

Segundo fato relevante, o objetivo é aumentar o abastecimento de madeira da Unidade Imperatriz, para atender à expansão da produção de celulose na unidade; reduzir o raio médio das florestas que a abastecem e maior competitividade no seu custo de madeira no longo prazo.

Ambas as operações estão sujeitas a aprovações de autoridades.

Matéria vinculada em vários canais de comunicação como por exemplo:
www.valor.com.br/
exame.abril.com.br
IstoÉ Dinheiro
oglobo.globo..com
entre outros...    

O STIMA Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia e Região do Maranhão ainda não foi notificado oficialmente sobre o assunto. O Presidente em exercício Antonio Brito já notificou a diretoria executiva da entidade para uma reunião que acontecerá amanhã as 9hs na sede da entidade para discutir sobre o assunto, visando a defesa dos trabalhadores.

Vereador Jarlis Adelino (PMN)
O Vereador Jarlis Adelino, já orquestra uma contra partida em relação a essa negociação comercial, segundo o vereador essa negociação enfraquece o setor siderúrgico uma vez que a pretendente não atua no setor produtivo do ferro gusa, a conclusão dessa compra pode deixar mais de 800 pais de família desempregados de forma direta, sendo que o setor produtivo de ferro gusa gera cerca de 10 empregos de forma indireta, para cada um de forma direta, ou seja, serão praticamente 08 mil trabalhadores desempregados a mais no município. sabemos que o polo siderúrgico de Açailândia reflete direto na economia açailandense e na economia regional, quando o setor passa por crise todos os outros setores econômicos também sentem essa crise, por sabermos disso não podemos ficar de braços cruzados assistindo essa possibilidade se concretizar, o parlamentar lembrou ainda que essa situação não afetará apenas o município de Açailândia, como também atingirá os municípios vasinhos, Bom Jesus da Selvas, Buriticupu e Itinga do Maranhão, municípios onde a Siderúrgica Vale do Pindare possui áreas plantadas de eucaliptos disse o Vereador Jarlis Adelino.

Esta confirmado também uma reunião amanhã (27) as 20hs na sede da Associação Comercial de Açailândia com representantes da sociedade civil organizada, políticos entre outros.

Fonte: Assessoria Vereador Jarlis Adelino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário