.

.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Juiz no Maranhão determina que Banco do Brasil não feche agências

A instituição financeira anunciou que encerraria atividades de cinco locais

Fachada de agência do Banco do Brasil (Foto:   Bruno Santos/Folhapress)
O juiz do Maranhão Douglas de Melo Martins determinou ao Banco do Brasil manter abertas cinco agências que seriam fechadas no estado a partir da reorganização da instituição financeira anunciada na semana passada. De acordo com Martins, o fechamento dessas unidades comprometeria o atendimento ao público. “O risco de dano irreparável ou de difícil reparação consiste no fato de que, caso não concedida a medida neste momento, os consumidores atingidos pelo fechamento das agências sofrerão graves danos, decorrentes da diminuição da qualidade do serviço prestado, além de ficarem sujeitos a longos deslocamentos para que utilizem os serviços bancários contratados...”, afirmou em um dos trechos de sua decisão.
Considerações como a do magistrado maranhense podem ser repetidas em vários locais do país. O Banco do Brasil anunciou que fecharia 400 agências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário