.

.

sábado, 13 de maio de 2017

Senador Roberto Rocha entra no circuito para tentar evitar fechamento de mais siderúrgicas em Açailândia

Roberto Rocha e Jarlis
Senador Roberto Rocha (PSB-MA) recebeu em Brasília o Ver. Jarlis Adelino (PMN) e o Sr. Brito (presidente do sindicado dos metalúrgicos de Açailândia)
Representantes dos trabalhadores de siderúrgicas de Açailândia, liderados pelo Ver. Jarlis Adelino (PMN) estiveram essa semana com o senador Roberto Rocha (PSB-MA), em Brasília, e entregaram a ele um documento contendo uma série de preocupações quanto ao futuro da atividade de siderurgia na região, entre elas, o fechamento das empresas siderúrgicas no Sul do Maranhão.
Segundo o documento, entreguem ao senador pelo Vereador Jarlis Adelino, o fechamento dessas empresas seria em decorrência da entrada, no mercado local, de um complexo siderúrgico de Marabá/PA. De acordo com recente reportagem veiculada em Blogs,  emissoras de radio e TV em todos o estado, desde o início do ano, 22 fábricas de metalurgia foram fechadas.
Das cinco que compõem o chamado pólo siderúrgico, restaram apenas duas, sendo que uma delas deixou de exportar ferro. O resultado é que até agora mais de mil trabalhadores foram demitidos, só em 2017. “Recebi o documento e vou analisar criteriosamente a situação. Por hora, o que devemos é tentar evitar que outras demissões ocorram, uma vez que milhares de trabalhadores precisam do emprego para tirar o sustento de suas famílias”, disse o senador Roberto Rocha.
Nos próximos dias, o parlamentar maranhense se reunirá com os sindicatos, autoridades municipais de Açailândia, lideranças e empresários locais para debater mais sobre o assunto. “A minha intenção é ouvir todos os envolvidos e depois tentar buscar uma solução”, finalizou Roberto Rocha.

http://www.amarcosnoticias.com.br
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário