.

.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Mulher finge ter câncer terminal e aplica golpe de R$ 87 mil

Créditos: Reprodução/Facebook
Mulher aplica golpe de R$ 87 mil ao fingir estar com câncer
A australiana Hanna Dickenson, de 24 anos, foi condenada a três meses de detenção após fingir ter câncer em estado terminal e mobilizar a família para arrecadar dinheiro que a ajudasse a custear o tratamento “fora do país”.
Tudo começou em 2013. Na época, a jovem tinha 19 anos, e deu o golpe para viajar por países da Europa. À família, ela contou que havia sido diagnosticada com Leiomiossarcoma, um raro tumor cancerígeno.

A australiana confessou o crime e foi condenada a 3 meses de prisão

Nenhum comentário:

Postar um comentário